Caixa preta? Sem informar gastos, governo de Ferraz confirma mudanças reveladas por Gambale na saúde
O governo da Priscila Gambale simplesmente ignorou os questionamentos sobre os custos da Secretaria de Saúde e da prefeitura com as mudanças destacadas pelo deputado/ Foto: Divulgação

Na semana passada o deputado estadual Rodrigo Gambale (PSL) publicou um vídeo onde dirigia um carro e ao mesmo tempo falava um monte de coisas sobre a cidade de Ferraz e o governo da irmã, a prefeita Priscila Gambale (PSD).

Entre outras coisas o deputado desafiava os adversários políticos e/ou pessoas a constarem eventuais melhorais na área da saúde em razão de mudanças que teriam sido feitas pela nova gestão da prefeitura.

A partir das revelações de Gambale, o Jornal Oi questionou o governo de Ferraz que fez alguns esclarecimentos parciais sobre o assunto indicando mudanças nos serviços prestados à saúde por uma empresa terceirizada, mas sem confirmar se houve ou não troca da que foi contratada no governo do ex-prefeito Zé Biruta.

Além disso, o governo da Priscila Gambale simplesmente ignorou os questionamentos sobre os custos da Secretaria de Saúde e da prefeitura com as mudanças e/ou com os novos serviços.

As respostas que o Jornal Oi destaca na íntegra mais abaixo são da secretária de Saúde, Kelly Hungria. Confira:

Jornal Oi – Na semana passada o deputado Gambale informou em vídeo que houve mudanças na empresa terceirizada que presta serviços para a Secretaria de Saúde. A prefeitura confirma essa mudança ou não?

Jornal Oi – Se sim, quando ela ocorreu?

Jornal Oi – Qual era a empresa que prestava os serviços antes?

Jornal Oi – Quais serviços eram prestados?

Jornal Oi – Qual era o valor e a duração do contrato?

Jornal Oi – Qual é a nova empresa?

Jornal Oi – Qual a forma de contratação?

Jornal Oi – Quais serviços foram contratados?

Jornal Oi – Qual é o valor e a duração do contrato com a nova empresa?

Os esclarecimentos parciais do governo da prefeita Priscila Gambale

A Secretaria de Saúde de Ferraz de Vasconcelos informa que as mudanças promovidas pela atual entidade que gerencia 05 unidades Básicas de Saúde no município são notórias aos olhos da população e da gestão.

A secretária destaca os seguintes pontos:

Regularização do número de Profissionais Médicos Contratados; assegurando aumento efetivo do número de consultas nas unidades;

Implantação de sistema informatizado no gerenciamento das unidades, o que agiliza a informação bem como os atendimentos aos usuários;

Implantação de identificação visual interna nas unidades; assegurando fluxo organizado dos usuários;

Adequação do número equipamentos de Informática, assegurando a implantação integrada do sistema de gestão;

Regularização do processo de Prestação de Contas, uns dos pontos primordiais por essa gestão,  que oferece  melhores condições de avaliação e monitoramento do contrato de gestão.