Novo prefeito de Itaquá afirma que, de forma muito humilde, pretende participar da diretoria do Condemat e não ser o presidente em 2021
O posicionamento do prefeito eleito de Itaquá demonstra que ele quer participar do Condemat, mas em nenhum momento ele afirmou que vai concorrer à presidência do Consórcio/ Foto: Reprodução
Tenda Atacado

Em mensagem enviada ao Jornal Oi na noite desta quarta-feira, 18, o novo prefeito de Itaquá, Eduardo Boigues (PP), destaca que pretende colocar o seu nome à disposição dos prefeitos eleitos e reeleitos de toda  região para fazer parte da diretoria do Condemat a partir de 2021 e que não pretende ser o novo presidente do Consórcio.

Com relação ao tema Consórcio Municipal de Desenvolvimento do Alto Tietê (Condemat), a declaração dada pelo prefeito eleito de Itaquaquecetuba, Delegado Eduardo Boigues (PP), em entrevista aos jornalistas da bancada do Jornal Oi Ao Vivo, programa transmitido via Facebook, na terça-feira, 17, foi a seguinte:

“Concomitantemente (ao trabalho na prefeitura de Itaquaquecetuba), vou fazer esses dois trabalhos, em Itaquá e, também, no nosso Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê”.

“Quero estar presente, sim, quero fazer parte da diretoria. Por que, não? De uma maneira humilde, responsável, também tratando com todos os prefeitos eleitos aqui do Alto Tietê, faltando apenas aqui na nossa região Guarulhos, que está no segundo turno, e o Marcus Melo e Caio Cunha (aguardam a definição de segundo turno), em Mogi das Cruzes, para que a gente possa, sim, colocar em lugar de destaque a cidade porque Itaquaquecetuba sempre foi esquecida”.

“A gente quer elevar o patamar (de Itaquaquecetuba) dentro do Condemat; é uma prioridade, porque a nossa cidade é uma das mais carentes da região, junto com Ferraz de Vasconcelos. A gente quer tratar, sim, com os prefeitos eleitos essa possibilidade de encabeçar esse Consórcio”.

“Tal posicionamento do prefeito eleito demonstra que ele quer participar do Condemat, mas em nenhum momento ele afirmou que ‘vai concorrer à presidência do Consórcio’, diferentemente do que está na manchete e no título da reportagem da edição desta quarta-feira, 18, do Jornal Oi Diário”, disse Boigues por meio de sua assessoria.

“Minha meta não é ser presidente do Consórcio, mas, sim, cuidar de Itaquá. O Condemat é importante, quero, sim, participar, aprender por lá, trocar experiências, mas não tenho condições de, hoje, ser presidente do Consórcio. Itaquá precisa de atenção integral”.