Em visita à Câmara, Bertaiolli anuncia R$ 2,5 milhões para construção de clínica-escola. Presidente Otto destaca união de lideranças por Mogi
Na visita, o deputado anunciou uma emenda parlamentar de R$2,5 milhões para a construção de uma clínica-escola no Alto do Ipiranga/ Foto: Reprodução
Hospital Santa Maria

A Câmara Municipal de Mogi das Cruzes recebeu, na tarde desta terça-feira, 12, o deputado federal Marco Bertaiolli (PSD), que se reuniu com os vereadores no gabinete da presidência.

Na visita, o deputado anunciou uma emenda parlamentar de R$2,5 milhões para a construção de uma clínica-escola no Alto do Ipiranga.

“Se trata da disponibilização de uma verba que fiz ao prefeito Caio Cunha para que Mogi das Cruzes possa construir a primeira clínica-escola para tratar especificamente do Transtorno do Espectro Autista”, explicou Bertaiolli.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal, Otto Rezende (PSD), a construção da clínica-escola será um diferencial no Município, pois mostra uma parceria política em prol da cidade. Rezende também enalteceu a visita do deputado.

“Foi uma visita muito proveitosa, em que os vereadores vieram recebê-lo. É disso que nós precisamos: dos deputados, prefeito e Câmara Municipal trabalhando para Mogi das Cruzes”, argumentou.

No fim da reunião Marcos Bertaiolli colocou seu gabinete à disposição dos vereadores para possíveis parcerias que favoreçam Mogi das Cruzes.

“Temos que trabalhar pela qualidade de vida de Mogi das Cruzes. Por isso vim também me colocar à disposição dos vereadores para fazer esse trabalho conjunto”.

Além do presidente do Legislativo, Otto Rezende, também participaram da reunião os vereadores Edson Santos (PSD), Edinho do Salão (MDB), professor Eduardo Ota (Pode), Malu Fernandes (SD), Maurinho do Despachante (PSDB), Mauro do Salão (PL), Bi Gêmeos (PSD), Osvaldo Silva (Republicanos), Vitor Emori (PL) e Juliano Botelho (PSB).

Marco Aurélio Bertaiolli foi secretário municipal de Indústria e Comércio, vereador por dois mandatos (de 1996 a 2004), vice-prefeito entre 2005 e 2006, quando se elegeu deputado estadual.

Em 2008, elegeu-se prefeito, sendo o mais jovem a ocupar a cadeira. Em 2018 foi eleito deputado federal pelo Partido Social Democrático – PSD.