15 de abril de 2021
Publicidade
Fale com o OI no WhatsApp
Início Autores Posts por Redação

Redação

Avatar
11691 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Gambale indica não estar nem aí com a alça do Rodoanel em Suzano que também é do interesse de Ferraz

Gambale indica não estar nem aí com a alça do Rodoanel em Suzano que também é do interesse de Ferraz
O deputado do PSL parece estar querendo deixar bem claro que, da mesma forma que a Artesp, não está nem aí com Suzano/ Foto: Divulgação

Neste início abril, mês em que Suzano completou 72 anos de emancipação política e administrativa, o Jornal Oi está promovendo mais uma rodada de cobranças e questionando aqueles que têm a responsabilidade de acelerar a construção da alça de saída no trecho Leste do Rodoanel na cidade.

Na quarta-feira, 14, o Jornal Oi publicou uma reportagem com as informações da Artesp em relação ao projeto.

CLIQUE AQUI E CONFIRA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA

Em linhas gerais a Artesp, cujo presidente é Milton Persoli, segue  na estratégia de empurrar o projeto com a barriga sem qualquer definição deste projeto que é essencial para o desenvolvimento econômico de Suzano e região.

Diante da demonstração de descaso da Artesp, o Jornal Oi questionou os deputados estaduais do Alto Tietê sobre o que eles fizeram/estão fazendo ou pretendem fazer para que a obra seja executada ainda no atual mandato do governo João Doria e do vice-governador Rodrigo Garcia, que se comprometeram em atender ao pedido de Suzano e região.

A partir desta quinta-feira, 15, o Jornal Oi destaca as manifestações de cada um dos deputados estaduais da região começando por Rodrigo Gambale, que até o fechamento dessa reportagem não se manifestou.

Aliás, o deputado do PSL parece estar querendo deixar bem claro que, da mesma forma que a Artesp, não está nem aí com Suzano.

Há 15 dias que o Jornal Oi pediu ao deputado que apresentasse um balanço de suas ações em benefício do povo e da cidade de Suzano por ocasião do aniversário de 72 anos. Tal balanço ainda não foi revelado por Gambale.

Abaixo o Jornal Oi destaca as perguntas enviadas sobre esses dois temas ao deputado. No caso do Rodoanel o descaso de Gambale é ainda mais inexplicável, pois se trata de um projeto/obra que é do interesse de Ferraz, Poá, Suzano e toda a região.

As perguntas do Jornal Oi para o deputado sobre a alça ao Rodoanel: 

Jornal Oi – Nos primeiros 100 dias deste ano quais foram às intervenções feitas pelo deputado para garantir a obra da alça do Rodoanel em Suzano?

Jornal Oi – Quais os resultados dessas intervenções?

Jornal Oi – O senhor avalia que a obra da alça ao Rodoanel  em Suzano ficará pronta até o final do seu atual mandato?

Jornal Oi – O deputado acredita que a obra ficará pronta até o final da gestão do governador Doria e do vice Rodrigo Garcia?

Jornal Oi – No caso de o governador e do vice não entregarem a obra até meados do ano que vem, mesmo assim o deputado apoiará Doria ou Rodrigo Garcia na eleição de 2022 ao governo do Estado? Explicar.

As perguntas do Jornal Oi enviadas no mês passado ao deputado Gambale sobre o aniversário de Suzano: 

Jornal Oi – Nesta data em que a cidade Suzano comemora 72 anos (dia 2) quais foram até este momento às principais ações (envio de emendas, liberação de obras e serviços do governo do Estado) em benefício da cidade que o deputado pode destacar?

Jornal Oi – Pode apontar de forma resumida as principais ações dos últimos dois anos?

Jornal Oi – Para este ano de 2021 e também para 2022 quais são as principais metas e compromissos que o deputado tem com  a cidade e o povo de Suzano no que se refere a emendas e conquista de obras e novos serviços públicos?

Jornal Oi – Neste momento difícil da história da cidade por causa da pandemia qual é a mensagem de aniversário do senhor para o  povo de Suzano?

Mogi vai estrear no Dia Mundial da Criatividade. Saiba quem serão os inspiradores

Mogi vai estrear no Dia Mundial da Criatividade. Saiba quem serão os inspiradores
Aqui no Alto Tietê, Mogi das Cruzes vai estrear nesse grande movimento sob a liderança local de Rodrigo Fernandez que faz a curadoria do evento junto com a Bianca Ortiz pelo Instituto Léa Campos para reunir as ideias mais inspiradoras da cidade/ Foto: Divulgação

Com a pandemia da Covid-19 o último ano foi desafiador para pessoas do mundo todo que tiveram que reinventar hábitos cotidianos e, mais do nunca, exercitar a criatividade para promover o bem-estar entre outras melhorias, inclusive financeiras.

Essa onda mundial de atitudes criativas invadiu o globo terrestre e pela primeira vez o Dia da Criatividade acontecerá nos seis continentes, totalizando 121 cidades em 16 diferentes países participantes.

São milhares de atividades construindo na ação a verdadeira revolução criativa pela educação.

O World Creativity Day (Dia Mundial da Criatividade) é uma iniciativa global liderada pela World Creativity Organization e foi idealizado em 2014 pelo brasileiro Lucas Foster, referência internacional em economia criativa.

A partir de 2017, a Organização das Nações Unidas incluiu o Dia Mundial da Criatividade e Inovação em seu calendário oficial e, desde então, o festival passou a ser celebrado no dia 21 de abril.

Aqui no Alto Tietê, Mogi das Cruzes vai estrear nesse grande movimento sob a liderança local de Rodrigo Fernandez que faz a curadoria do evento junto com a Bianca Ortiz pelo Instituto Léa Campos para reunir as ideias mais inspiradoras da cidade.

A dupla terá muito trabalho pela frente e com a ajuda de outros voluntários vai reunir profissionais inspiradores, empresas atuantes e atividades de destaque colocadas em prática no município.

As iniciativas reunidas pelo grupo de liderança mogiano serão convidadas a fazer suas atividades num formato dinâmico através de vídeos de até trinta minutos cada, contando as experiências e inspirando criatividade para toda a população.

Esse material será exibido nos dias 21 e 22 de abril pelo App do evento – World Criativity Day, em um grande encontro online mundial, já que em virtude da pandemia não será possível realizar os encontros locais presenciais.

É necessário se inscrever pelo site do evento para poder acompanhar e participar de todas as atividades inspiradoras: https://www.worldcreativityday.com/brazil/mogi-das-cruzes/home.

Confira a lista de inspiradores e dos temas que serão abordados no World Creativity Day 2021: 

  • O Papel da Tecnologia e do Design no funil  de Marketing e Vendas 2.0 com Fabio Duran
  • O Mundo por meio das minhas aulas com Adriana de Brito
  • Eu crio! EU realizo! com Glauco Rocha
  • Mãe e Filha: o legado dos fazeres artísticos com Juliane Maia, Carla Pozo e Bia Pozo
  • Liderança Inspiradora com Johnny Fernandes e Silvia Rangel
  • Como o pensamento crítico favorece a criatividade com Janaina Gouvêa
  • Revendo conceitos com Rosângela Albissu e Janaina Ferreira
  • Tecnologia é remédio? com Rodrigo Garzi
  • Moda consciente e suas transformações com Gilsy Isidoro e Maria Franco
  • As diásporas do corpo na Cidade e o caminho da igualdade com Italo Leal
  • O processo criativo por trás da música com Mari Ana
  • Desenvolva seu pensamento analítico e supere o bloqueio criativo com Carlos Eduardo Damian
  • Solucionando Problemas Complexos com Bianca Colepicolo

Como vai funcionar? 

Durante os dias 21 e 22 de abril acontecerá o World Creativity Day, totalmente online e gratuito, em parceria com algumas das melhores escolas livres do país, o maior festival colaborativo de criatividade inaugura a primeira feira de experiências educacionais criativas.

Comprometidos com a educação para as habilidades do novo mercado de trabalho, o World Creativity Day, maior festival colaborativo de criatividade e inovação do mundo, está liderando a maior campanha de doação de bolsas de estudos já realizada e reuniu algumas das melhores e mais influentes escolas de cursos livres do país para apoiar a nova educação com foco no desenvolvimento das habilidades do futuro.

Juntos, irão oferecer milhares de bolsas de estudos gratuitas para os participantes do festival como forma de incentivar o processo de aprendizagem contínua e ampliar a capacidade criativa da sociedade para acelerar a retomada da economia pautada pela inovação e pelo conhecimento em rede.

Além disso, teremos milhares de atividades desenvolvidas por criativos das 121 cidades disponíveis no aplicativo oficial, chamado Dia Mundial da Criatividade, que pode ser baixado gratuitamente na Apple Store ou Play Store.

Projeto ‘Restitua Amor’ prevê a destinação de parte do IR ao Conselho da Criança de Suzano

Projeto ‘Restitua Amor’ prevê a destinação de parte do IR à Conselho da Criança de Suzano
Iniciativa prevê a destinação de parte do imposto de renda para o conselho da criança e do adolescente/ Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social de Suzano, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdicas), lançou nesta quarta-feira, 14, o projeto “Restitua Amor”.

A iniciativa prevê que os munícipes e empresas destinem parte da restituição do Imposto de Renda ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FMDCA), que seguirá com projetos para assistir os suzanenses menores de 18 anos em situação de vulnerabilidade.

O órgão municipal orienta que o cidadão, no momento da declaração do imposto de renda para a Receita Federal, converse com o contador sobre a possibilidade de destinar parte da restituição à causa das crianças e dos adolescentes.

Caso o munícipe faça a declaração sozinho, a Receita Federal disponibiliza em seu site um campo para o cidadão indicar o valor que gostaria de destinar ao FMDCA.

Vale ressaltar que apenas as pessoas físicas, que realizam declaração completa do IR podem fazer a restituição ao fundo.

O período para a declaração do imposto é até 31 de maio, mas a campanha pode receber doações durante todo o ano para que o cidadão apresente em sua declaração do ano seguinte.

Para tornar as informações de fácil acesso, a pasta de Assistência Social criou uma cartilha explicativa, onde elucida todos os passos para poder auxiliar o munícipe que deseja contribuir, além de contatos para sanar dúvidas.

O conteúdo está disponível no site da prefeitura (bit.ly/RestituaAmorCartilha). O secretário Geraldo Garippo comenta que a expectativa é deixar o conteúdo prático para consulta.

“Converter as informações em um material de fácil acesso é de suma relevância para o suzanense saber que pode ajudar a mudar o futuro de tantas crianças”, explicou.

A presidente do Comdicas, a advogada Jaqueline Ferreira, explica que toda a verba destinada ao conselho é liberada no ano seguinte, quando os conselheiros deliberam sobre os projetos prioritários a serem colocados em prática.

“Toda a verba e ações ficam disponíveis para o munícipe saber aonde a sua destinação está sendo utilizada”, reforçou, ao lembrar que não é possível fazer doações diretamente ao conselho, mas sempre ao FMDCA.

O chefe do executivo suzanense, Rodrigo Ashiuchi, que esteve presente no lançamento do projeto, comentou que a expectativa para a iniciativa, implementada pela primeira vez na cidade, é muito positiva.

“As ações da secretaria e do conselho já ajudaram inúmeras famílias em nossa cidade. Acredito que esse trabalho poderá ampliar a assistência às crianças e transformar a vida de muitas famílias”, concluiu.

Projeto Suzano Mais Emprego tem 142 vagas para ensinos médio, técnico e superior

Projeto Suzano Mais Emprego tem 142 vagas para ensinos médio, técnico e superior
Interessados em se candidatar devem enviar currículo via e-mail para o projeto municipal/ Foto: Irineu Junior/Secop Suzano

O Projeto Suzano Mais Emprego conta nesta semana com 142 vagas disponíveis para candidatos com níveis variados de escolaridade.

São 41 funções diferentes para cargos que exigem ensino médio, técnico ou superior completo. Mais informações podem ser obtidas por meio do site oficial da Prefeitura (http://bit.ly/suzano-emprego).

Entre as funções com mais disponibilidade estão atendente de fast food, técnico de infraestrutura e mecânico de veículos a diesel.

Para quem tem o ensino médio completo existem 122 vagas, que atendem diversas áreas comerciais.

As oportunidades são para corretor de imóveis (20), gerente comercial – ramo imobiliário (20), servente de obras (10), atendente de fast food (10), técnico de infraestrutura (10), técnico de fusão (10), mecânico de veículos movidos a diesel (10), mecânico automotivo (4), mecânico de veículos leve e a diesel (2), assistente ou operador de galvanoplastia (1), coordenador de administração de condomínios (1), instrutor de treinamento para motoristas (1), agente funerário (1), entre outros.

Já para quem tem capacitação técnica, as ofertas são para ajudante de produção (10), técnico de saúde bucal (2), analista de sistemas (1) e mecânico de caminhões (1).

Todas as vagas exigem experiência prévia de ao menos 6 meses de trabalho na área específica. A necessidade de comprovação em carteira varia para cada vaga.

Aos suzanenses que concluíram o ensino superior, existem oportunidades para líder de manutenção elétrica (1), engenheiro calculista (1), esteticista (1), assistente comercial (1), avaliador esteticista (1) e biomédico esteta (1), que exige pós-graduação na área de estética.

Os interessados que se enquadram nas vagas devem enviar currículo em arquivo “PDF” ou “Word” por e-mail, no endereço eletrônico suzano.vagas@gmail.com, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Geração de Emprego.

Em caso de dúvidas, o setor realiza atendimento por meio do telefone (11) 4742-5515, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Segundo o chefe da pasta, André Loducca, no momento o atendimento está sendo feito à distância por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), portanto os currículos podem ser enviados por e-mail.

“No campo do ‘Assunto’, coloque a vaga de interesse. Assim que recebido, já fazemos a triagem e encaminhamos à empresa interessada. Todo o processo ocorre de forma ágil. Caso haja dúvida, ligue à central do Suzano Mais Emprego”, afirmou.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 4745-2264 (Centrus) e 4934-5490 (Centrus Norte) ou por e-mail (suzano.vagas@gmail.com).

As oportunidades mudam semanalmente e também podem ser conferidas em tempo real no ícone “Suzano Mais Emprego”, no bloco de acesso rápido, localizado na página principal do site da Prefeitura de Suzano.

 

Fundo Social de Suzano recebe doação de 1,6 toneladas de alimentos

Fundo Social de Suzano recebe doação de 1,6 toneladas de alimentos
Arrecadações partiram do Shibata Supermercados e do CDP de Suzano/ Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano

O Fundo Social de Solidariedade de Suzano recebeu nesta semana duas grandes doações de alimentos que somam 1,6 toneladas de mantimentos que deverão abastecer os estoques do órgão municipal, atendendo a centenas de famílias cadastradas.

As arrecadações partiram do grupo Shibata Supermercados, com a doação de 500 cestas básicas, e dos funcionários do Centro de Detenção Provisória (CDP), que direcionaram 150 quilos de alimentos por meio de uma ação especial da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) da unidade suzanense.

A entrega do Shibata Supermercados ocorreu no Paço Municipal Prefeito Firmino José da Costa, contando com a presença do gerente Wagner Wilson e do prefeito Rodrigo Ashiuchi.

As doações dos funcionários do CDP de Suzano também chegaram diretamente à prefeitura, com o diretor-geral da unidade, Pedro Pataro Júnior.

De acordo com a primeira-dama e presidente do Fundo Social, Larissa Ashiuchi, os mantimentos chegam em um momento importante diante da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

“Os alimentos chegam em boa hora porque sabemos das dificuldades enfrentadas por centenas de famílias neste momento. Temos intensificado nossas ações, contando com o auxílio indispensável desses parceiros. Deixo aqui meus agradecimentos pela empatia com aqueles que mais precisam e pelo respeito ao nosso trabalho social desenvolvido no município”, afirmou.

Já o prefeito Rodrigo Ashiuchi reforçou o sentimento de solidariedade que une as pessoas.

“A bela atitude desses parceiros nos lembra que estamos repletos de bons exemplos na cidade. Em meio a tantos desafios, não estamos sozinhos. Temos sempre com quem contar. Além dessas doações diretas, a campanha ‘VacinAção Solidária’ também já arrecadou mais de duas toneladas de alimentos ao longo dos dias de imunização contra a Covid-19. Vamos em frente, trabalhando por quem mais precisa”, finalizou.

Para saber como ajudar e eventualmente contribuir com a doação de mantimentos e outros itens, como materiais de higiene pessoal, cobertores e agasalhos, o Fundo Social de Solidariedade pode ser contatado pelo telefone (11) 4745-2195.

A contemplação das famílias ocorre por meio de cadastro junto ao órgão municipal ou por meio de entidades parceiras.

 

Região do Alto Tietê tem 74 óbitos nas últimas 24 horas

Região do Alto Tietê tem 74 óbitos nas últimas 24 horas
As 74 vítimas fatais registradas nesta quarta-feira pertenciam aos municípios de Arujá, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano/ Foto: Divulgação

A região do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê registrou nesta quarta-feira, 14, 74 óbitos por Coronavírus. Desde o início da pandemia já são 6.318 vítimas fatais da doença.

O número de notificações da doença chegou a 485.525, enquanto os casos positivos são 135.147.

As 74 vítimas fatais registradas nesta quarta-feira pertenciam aos municípios de Arujá, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano.

ARUJÁ

201: Mulher – 66 anos

  1. Homem – 68 anos
  2. Homem – 59 anos
  3. Mulher – 48 anos
  4. Homem – 55 anos
  5. Homem – 76 anos
  6. Mulher – 61 anos

GUARULHOS

48 ÓBITOS

ITAQUAQUECETUBA

  1. Mulher – 73 anos
  2. Homem – 56 anos
  3. Homem – 67 anos
  4. Mulher – 70 anos

* EXCLUSÃO DE UM (01) ÓBITO DE UMA MULHER DE 66 ANOS

MOGI DAS CRUZES

  1. Homem- 69 anos
  2. Mulher – 69 anos
  3. Mulher – 72 anos
  4. Homem – 46 anos
  5. Homem – 71 anos
  6. Mulher – 61 anos

POÁ

  1. Mulher – 68 anos
  2. Mulher – 80 anos

SUZANO

  1. Mulher – 42 anos
  2. Homem – 30 anos
  3. Homem – 47 anos
  4. Mulher – 61 anos
  5. Homem – 69 anos
  6. Homem – 70 anos
  7. Mulher – 31 anos
  8. Homem – 49 anos

Visualização da imagem

Programa de recapeamento de vias chega aos 26% de conclusão em Mogi. Investimento chegará aos R$ 24,5 milhões 

Programa de recapeamento de vias chega aos 26% de conclusão em Mogi. Investimento chegará aos R$ 24,5 milhões
Até o momento, dez vias públicas, de um total de 41 previstas no pacote, já estão com os serviços 100% finalizados/ Foto: Divulgação/PMMC

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Mogi das Cruzes está dando continuidade ao programa de recapeamento de vias da cidade, iniciado no mês de fevereiro.

Até o momento, dez vias públicas, de um total de 41 previstas no pacote, já estão com os serviços 100% finalizados.

Isto é, além da substituição da capa asfáltica, as vias também receberam sinalização de solo, serviços de limpeza e foram devidamente entregues à comunidade. As obras estão dentro do prazo e dos custos inicialmente previstos.

As ruas que estão com o trabalho 100% finalizado são: avenida Doutor Cândido Xavier de Almeida e Souza (Centro Cívico), ruas Matathias Nogueira Novaes e Vereador Benedicto de Oliveira Flores (Jardim Esperança), avenida Felipe Sawaya e rua Manjar Celeste (Botujuru), ruas Francisco Martinez Casanova e João Assi (Jardim Santa Tereza), avenida Edith Inácia da Silva (antiga avenida dos Bandeirantes), rua Suiguetoshi Suzuki e avenida Paulista (Vila Paulista).

Os trabalhos se concentram neste momento na rua Odilon Afonso, na Vila Cintra, e na rua Kazumo Sumizono, no Jardim Santa Tereza.

Com isso, o cronograma, que deve se estender pelo menos até o final deste ano, está com 26% de conclusão, passados quase dois meses de trabalhos.

Em termos de metragem, já são 7,1 quilômetros de vias públicas atendidos pelo pacote. A via com a maior extensão atendida até o momento foi a avenida Felipe Sawaya, que teve 1,7 quilômetro contemplado com nova capa asfáltica.

A avenida recebeu também limpeza de calçadas, guias e sarjetas, alteamento de poços de visita, manutenção de bueiros e ajustes em lombada.

Serão cerca de 30 bairros da cidade atendidos pelo trabalho como um todo. Podem ser citados Jardim Esperança, Vila Rachel, Mogi Moderno, Jardim Santa Tereza, Vila Cintra, Jundiapeba, Vila Natal, Vila Nova União, Vila Cléo, Vila da Prata, Oropó, Vila Paulista, Jardim Rodeio, Cezar de Souza, Socorro, Vila Nova Mogilar, Alto do Ipiranga, Vila Rubens, Vila Lavínia, Vila Industrial e Botujuru.

O programa atenderá 34,9 quilômetros de extensão de vias, abrangendo uma área total de 313,5 mil metros quadrados.

O investimento da prefeitura nos trabalhos é de aproximadamente R$ 24,5 milhões e os recursos provêm de um financiamento junto ao Banco do Brasil.

Vale destacar que os trabalhos são feitos numa parceria entre a Secretaria de Serviços Urbanos e demais Pastas, bem como empresas envolvidas, como Transportes, Semae e também Comgás.

O objetivo é criar sinergia entre a atuação de todos, otimizando o serviço e garantindo maior durabilidade ao asfalto novo.

Câmara aprova requerimentos do presidente Leandrinho para que a Prefeitura conceda auxílio emergencial em Suzano

Câmara aprova requerimentos do presidente Leandrinho para que Prefeitura conceda auxílio emergencial em Suzano
Os documentos são de autoria do presidente da Casa de Leis Leandrinho/ Foto: Vivian Turcato

A Câmara de Suzano aprovou na tarde desta quarta-feira, 14, dois requerimentos que solicitam ao Executivo a implementação de auxílio emergencial no município.

Os documentos são de autoria do presidente da Casa de Leis, Leandro Alves de Faria (PL), o Leandrinho.

O primeiro requerimento pede estudo para implementar o auxílio emergencial a comerciantes e prestadores e serviços do município.

Leandrinho explicou que, há cerca de 15 dias, tomou conhecimento de um projeto semelhante apresentado na Câmara de Mogi das Cruzes, quando participou da reunião que criou a Frente Legislativa Intermunicipal.

“O que é bom tem que ser copiado. Solicito ao prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) que faça o estudo com sua equipe para que possa verificar se vamos ter como fazer em nossa cidade”, explicou. “Sabemos que nosso município tem as contas bastante equilibradas”, completou.

Já o segundo requerimento solicita a implementação de auxílio emergencial para famílias de baixa renda em Suzano.

Na justificativa do documento, o parlamentar esclareceu que houve um aumento significativo de indivíduos e famílias em situação de vulnerabilidade social e/ou em situação de insegurança alimentar pelos reflexos da pandemia.

Leandrinho ainda teve aprovada na sessão uma moção de apelo de sua autoria para que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), o governador João Doria (PSDB) e o prefeito de Suzano adotem medidas visando à vacinação prioritária contra o novo coronavírus para cidadãos que comprovem comorbidades.

Ele citou o caso de pacientes de hemodiálise ou em tratamento oncológico. “É de suma importância que essas pessoas sejam assistidas de uma forma diferente, que tenham prioridade”, disse.

Também foi aprovada na sessão uma moção de apelo ao prefeito, de autoria do vereador Fábio Diniz (PTB), para que sejam inseridos no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19 os profissionais que atuam no transporte público do município e os condutores escolares. “Eles estão na linha de frente e estamos perdendo muitas vidas”, afirmou.

Os vereadores também votaram favoravelmente a um requerimento do vereador Denis Claudio da Silva (DEM), o filho do Pedrinho do Mercado, que solicita que sejam incluídos no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19 os motoristas e monitores de transporte escolar.

“Este requerimento vem ao encontro do que foi iniciado na segunda-feira, 12, com a vacinação dos profissionais de Educação. Não podemos nos esquecer dos transportadores escolares, porque eles mantêm contato diário com nossos alunos”, explicou.

Transporte coletivo recebe 37 novos ônibus. Prefeitura diz que Mogi tem a frota mais nova da Grande SP

Transporte coletivo recebe 37 novos ônibus. Prefeitura diz que Mogi tem a frota mais nova da Grande SP
Os veículos têm um novo layout, trazem novidades tecnológicas e substituem veículos mais antigos que operavam no sistema dentro da renovação da frota prevista para este ano/ Foto: Divulgação/PMMC

A prefeitura de Mogi das Cruzes apresentou, na manhã desta quarta-feira, 37 novos ônibus que passam a operar no sistema municipal de transporte coletivo.

Os veículos têm um novo layout, trazem novidades tecnológicas e substituem veículos mais antigos que operavam no sistema dentro da renovação da frota prevista para este ano.

Os novos ônibus começam a circular a partir desta quinta-feira, 15, e atenderão corredores importantes do transporte em Mogi das Cruzes, como os distritos de Jundiapeba e Braz Cubas, o Jardim Layr, o Conjunto Santo Ângelo, Cezar de Souza e Botujuru.

“Estamos desenvolvendo um trabalho integrado para termos um transporte com mais qualidade e eficiência. O objetivo é a valorização do transporte coletivo para que ocorra a mudança de um processo cultural e mais pessoas possam utilizar os ônibus no seu dia a dia”, afirmou o prefeito Caio Cunha, que esteve em um dos novos ônibus ao lado da secretária municipal de Transportes, Cristiane Ayres.

O prefeito lembrou ainda que o novo layout dos ônibus foi desenvolvido pela equipe da própria Prefeitura e que a chegada dos novos ônibus não traz custos para a administração municipal, uma vez que já estava prevista em contrato.

Foram apresentados 19 ônibus da empresa Mogi Mob e 18 da empresa Princesa. Com os novos veículos, a idade média dos ônibus do transporte coletivo de Mogi das Cruzes chega a 2 anos e 7 meses, a mais baixa da Grande São Paulo e uma das mais baixas do estado, de acordo com os dados disponíveis.

Entre as novidades está a disponibilização aos passageiros de tomadas no formato USB, que poderão ser utilizadas para o carregamento de aparelhos eletrônicos, como celulares e tablets.

Os ônibus também contam com sistema de acesso à internet por wi-fi. A renovação da frota também oferece mais conforto para os passageiros, além de diminuir a ocorrência de atrasos e perdas de partida causada por quebras de ônibus ou problemas mecânicos.

A apresentação dos 37 novos ônibus faz parte de uma série de ações realizadas pela prefeitura de Mogi das Cruzes para a melhoria do serviço prestado à população.

No início do ano, após intensas negociações com as empresas concessionárias, o valor da tarifa do transporte coletivo foi mantida na cidade, sem reajuste.

A Secretaria Municipal de Transportes também ampliou o número de ônibus que atendem aos principais corredores da cidade.

Foram beneficiadas as regiões da avenida Japão, que atende bairros como o Conjunto Santo Ângelo, da avenida Francisco Rodrigues Filho, que recebe os veículos do Botujuru e do distrito de Cezar de Souza, da avenida Lourenço de Souza Franco, por onde passam os ônibus de Jundiapeba, e da avenida Shozo Sakai, que atende a região do Jardim Layr.

Funcionários das empresas concessionárias e da secretária também foram deslocados aos principais pontos para orientar os passageiros e fiscalizar o serviço.

Com o reforço, os principais corredores estão com ônibus passando nos pontos com intervalos entre dois e três minutos nos horários de pico.

Mesmo com a adoção de fases com maior restrição social para o enfrentamento à pandemia, a Prefeitura manteve o número de ônibus em circulação nos horários de pico para atender aos passageiros de Mogi das Cruzes.

O objetivo é garantir o transporte dos passageiros no caminho entre a casa e o trabalho, evitar que os ônibus fiquem cheios e não prejudicar os mogianos que dependem do transporte coletivo.

Outra ação neste sentido é o monitoramento sobre a lotação dos ônibus com equipamentos que utilizam imagens de câmeras para verificar a movimentação de passageiros.

Quatro veículos já contam com o sistema, que está em fase de levantamento inicial de dados. O objetivo é que o serviço seja ampliado gradativamente para o restante do transporte coletivo municipal.

Novos abrigos

A prefeitura de Mogi das Cruzes também está instalando 42 novos abrigos em pontos de ônibus da cidade, que contam com placas com sistema QR Code com informações para os passageiros.

Os novos abrigos já estão beneficiando o corredor que liga a região central aos distritos de Braz Cubas e Jundiapeba, formado pelas rua José Bonifácio e pelas avenidas Voluntário Fernando Pinheiro Franco, Fernando Costa, Francisco Ferreira Lopes e Lourenço de Souza Franco.

Também serão beneficiados pontos de parada na praça Oswaldo Cruz e no trecho inicial da avenida Francisco Rodrigues Filho.

Nos locais em que os equipamentos estão sendo substituídos, os abrigos antigos serão recuperados pela Secretaria Municipal de Transportes e implantados em outras regiões da cidade.

Todos os novos abrigos receberão placas informativas com sistema QR Code. O passageiro deverá apontar a câmera do celular para o código e terá acesso a informações sobre o ponto de parada, as linhas e os trajetos que passam pelo local.

Por meio do serviço, também poderão ser disponibilizadas outras informações de interesse dos usuários, como obras que interferem no funcionamento do ponto ou no trajeto das linhas de ônibus, desvios de trânsito ou a não operação temporária do local de parada.

Outra intervenção que está sendo adotada pela prefeitura de Mogi das Cruzes é a implantação de rampas de acessibilidade no distrito de Jundiapeba, em pontos de interesse para a população e próximo aos locais servidos pelo transporte coletivo.

Assim, o trabalho é integrado com a implantação dos novos abrigos, oferecendo melhores condições para que pessoas com deficiência, dificuldade de locomoção e idosos tenham mais facilidade para acesso ao transporte coletivo e para circular pelo distrito.

O projeto para a implantação foi feito pela equipe da Secretaria Municipal de Transportes, enquanto os trabalhos de execução é feito pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos.

Cultura de Suzano transmite ‘Trajetória Literária’ nesta quinta-feira. Convidado é o professor e escritor Marco Maida 

Cultura de Suzano transmite ‘Trajetória Literária’ nesta quinta-feira. Convidado é o professor e escritor Marco Maida
Para falar sobre obras e assuntos do universo literário, o convidado nesta primeira edição de 2021 é o professor e escritor, Marco Maida/ Foto: Wanderley Costa/Secop Suzano

A Secretaria de Cultura de Suzano dando continuidade às celebrações de aniversário de 72 anos de emancipação político-administrativa do município transmite nesta quinta-feira, 15, a partir das 19 horas, a primeira edição do ano do projeto “Trajetória Literária”.

A transmissão acontecerá no Facebook (@culturadesuzano) da pasta e no canal no Youtube da Prefeitura de Suzano (bit.ly/TVPrefeituradeSuzano).

Nesta edição comemorativa, o idealizador e mediador do projeto, o escritor Ademiro Alves de Sousa, o Sacolinha, traz como convidado para um bate-papo sobre a carreira, seus projetos e outros assuntos ligados ao universo literário, o também escritor, professor universitário e filósofo Marco Aurélio Pinheiro Maida.

Marco Maida é formado em Filosofia pela Faculdade do Sagrado Coração de Jesus e mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

Leciona no curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade Unisuz e no curso de Bacharelado em Filosofia da Faculdade de Filosofia e Teologia Paulo VI.

Compõe ainda o coletivo do Instituto de Pesquisa em Educação, que tem por objetivo estudar a História da Educação de Suzano. Membro do Fórum Municipal de Educação é também autor do livro de contos “Memórias de Onã”.

O projeto Trajetória Literária foi criado em 2005 e tem por objetivo incentivar a leitura trazendo para a cidade escritores nacionalmente conhecidos para falar ao público de seus livros, seus projetos e outros assuntos ligados ao universo literário. Em síntese é um projeto que aproxima os leitores dos escritores.

Nomes como Conceição Evaristo, Ignácio de Loyola Brandão, Paulo Lins, Xico Sá, Ferreira Gullar, Antônio Skarmeta, Cidinha da Silva, Jarid Arraes e Ariano Suassuna já participaram de outras edições. Desde sua origem, a mediação dos encontros é feita pelo escritor Sacolinha, que é escritor, autor de romances, livros de contos e crônicas.

Formado em Letras pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC), já esteve em programas de televisão como Jô, Provocações, Metrópolis e Manos e Minas. Ganhou vários prêmios por seus livros e projetos. Desenvolve ainda uma palestra por semana nas escolas públicas do estado de São Paulo.

Seu último livro “Entre amar e morrer, eu escolho sofrer” é uma ficção que acontece nesse momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e que provoca o público para refletir sobre o papel da sociedade e da política, além de trazer discussões sobre questões raciais.

Atualmente, Sacolinha realiza o projeto “Literatura e Paisagismo – Revitalizando a Quebrada”, que tem por objetivo a intervenção em espaços públicos na periferia com literatura, grafite e o plantio de árvores.

O secretário municipal de Cultura, o vice-prefeito Walmir Pinto, explica que, com o agravamento da pandemia, foi identificada a necessidade de apoiar os escritores da cidade, por isso, a prioridade para esta e para as próximas edições é de trazer cada vez mais autores locais.

“Neste ano, devido à pandemia, estamos dando prioridade aos autores da cidade, como uma forma de gerar renda a esses escritores que estão sendo bastante prejudicados”, explicou.

 

Governo do Estado de São Paulo