17 de maio de 2022
Publicidade
Fale com o OI no WhatsApp
Início Autores Posts por Redação

Redação

16867 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Projeto Monitoramento do Cuidado chega a todos os postos de saúde de Suzano

Projeto Monitoramento do Cuidado chega a todos os postos de saúde de Suzano
Trabalho pioneiro da rede municipal envolve o acompanhamento de mais de 1,3 mil vítimas da violência em Suzano/ Foto: Glaucia Paulino - Secop Suzano

A Secretaria de Saúde de Suzano concluiu a implantação do projeto Monitoramento do Cuidado em toda a rede de atendimento primário, contemplando os 24 postos da cidade.

O trabalho pioneiro teve início há pouco mais de um ano, com o objetivo de fortalecer a prevenção à violência contra segmentos populacionais mais vulneráveis, por meio da análise e do acompanhamento multidisciplinar de cada caso.

Ao todo, 1.370 vítimas são acompanhadas neste trabalho, encabeçado pela Diretoria de Atenção à Saúde, por meio da Rede de Atenção à Pessoa Vítima de Violência Doméstica e Sexual (RAPSVDS) e a Rede de Urgência e Emergência (RUE).

O último posto a receber a implementação do Monitoramento do Cuidado foi a Unidade de Saúde da Família (USF) Onésia Benedita Miguel, do Jardim Suzanópolis.

O encontro de capacitação dos profissionais ocorreu na última quinta-feira,12, e contou com a participação do secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, da diretora de Atenção à Saúde, Flávia Verdugo, e da coordenadora da RAPSVDS, Magna Barboza Damasceno.

A implantação do projeto contempla o treinamento dos profissionais das unidades de atendimento, a fim de que todo o grupo esteja apto a identificar os eventuais casos de violência acolhidos.

A capacitação desenvolvida pela própria Diretoria de Atenção à Saúde, em parceria com a RAPSVDS, se estende a agentes comunitários de saúde, médicos, enfermeiros, farmacêuticos, auxiliares de enfermagem, psicólogos, auxiliares de limpeza e funcionários do setor administrativo.

Entre os principais temas abordados durante o treinamento estão os conceitos da violência, instrumentos de trabalho, rede intersetorial e outros assuntos importantes que englobam toda a linha de cuidado oferecido às pessoas em situação de violência.

Neste primeiro ano de atuação, a iniciativa já identificou 1.370 casos de violência que passaram a ser acompanhados pelas equipes multidisciplinares capacitadas.

Desta quantidade, 38,8% do público tem perfil de vulnerabilidade em nível moderado, outros 33,4% apresentam nível extremo e 27,7% nível grave de vulnerabilidade.

De acordo com a diretora Flávia Verdugo, até então, a maioria das ocorrências era identificada pelos equipamentos de urgência e emergência, como o Pronto-Socorro Municipal (PS) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), por exemplo.

“Quando capacitamos a atenção primária e garantimos o olhar treinado de nossas equipes nas unidades básicas, atuamos também na prevenção de novas ocorrências. É muito importante que acompanhemos de perto esses casos para que todas as necessidades da vítima sejam sanadas”, comentou.

A coordenadora da RAPSVDS, Magna Barboza Damasceno, também reforçou a importância da ação: “A partir desse monitoramento, articulamos um núcleo de prevenção para a busca ativa e a discussão junto às equipes para dar direcionamento e orientação sobre as demandas e necessidades de cada caso”.

Por fim, o secretário Pedro Ishi parabenizou o trabalho realizado e destacou a integração das equipes.

“Esta é uma mobilização dentro e fora da Saúde. A partir do acolhimento e da identificação do caso de violência, o acompanhamento multidisciplinar engloba também políticas públicas que contam com o apoio das Secretarias de Governo, de Assistência e Desenvolvimento Social e de Segurança Cidadã e de outros órgãos capazes de auxiliar a vítima, a fim de uma vida digna e segura”.

Maio Amarelo: Inscrições para 8º Passeio Ciclístico de Suzano se encerram nesta quinta-feira, 19 

Maio Amarelo: Inscrições para 8º Passeio Ciclístico de Suzano se encerram nesta quinta-feira, 19
O passeio é uma atividade em família para todas as idades, buscando conscientizar os participantes sobre a responsabilidade no trânsito/ Foto: Wanderley Costa - Secop Suzano

As inscrições para a 8ª edição do Passeio Ciclístico seguem disponíveis até esta quinta-feira, 19.

O evento organizado pela Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana ocorrerá na manhã do próximo domingo (22/05) e o cadastro pode ser feito na sede da pasta (rua José Correa Gonçalves, 152 – Centro), das 9 às 16 horas, mediante a entrega de um quilo de alimento não-perecível.

O início do passeio está previsto para as 7h30, no Parque Municipal Max Feffer (avenida Senador Roberto Simonsen, 90 – Jardim Imperador), e visa orientar os participantes sobre a importância dos cuidados no trânsito enquanto pedestres e motoristas, para prevenir acidentes.

A ação faz parte da programação para a campanha “Maio Amarelo”, período destinado para conscientização e prevenção de mortes no trânsito.

Saindo do parque, o trajeto percorrerá a avenida até o cruzamento com a rua Sete de Setembro, de onde os ciclistas seguem por vias como avenida Armando de Salles Oliveira, rua Presidente Nereu Ramos e rua Nove de Julho, antes de voltar ao local de largada.

Segundo o Secretário municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, Claudinei Valdemar Galo, a participação no passeio também premia os primeiros inscritos com uma camisa especial.

“No dia do evento, distribuiremos uma camisa especial, exclusiva para os primeiros 500 a entregarem os alimentos não-perecíveis. Ainda dá tempo de garantir uma, então sugiro que se inscrevam assim que possível”, relatou.

De acordo com ele, o passeio é uma atividade em família para todas as idades, buscando conscientizar os participantes sobre a responsabilidade no trânsito.

“Estamos optando por um percurso de fácil acesso, muito bem localizado, para que todos possam participar sem dificuldades. O mais importante é levar a ideia da conscientização no trânsito ao passo que incentivamos a prática do exercício físico e a colaboração social com a arrecadação de alimentos”, concluiu Galo.

O passeio será acompanhado por agentes de trânsito e da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e as vias do percurso serão interditadas no momento da passagem dos ciclistas, sendo liberadas pelos na sequência. Para mais informações, o telefone é (11) 4746-1166.

Governo Marcia Bin reabre UBS Sebastião Arrecignelli e Poá passa a contar com 12 unidades de saúde

Governo Marcia Bin reabre UBS que fechou e Poá passa a contar com 12 unidades de saúde
Com a reabertura, o município passa a contar com 12 UBSs para atendimento à população, além do Pronto Atendimento Municipal Guido Guida/ Foto: Rodrigo Nagafuti – Secom Poá

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Sebastião Arrecignelli, no Jardim Ivonete, foi reaberta na manhã desta segunda-feira, 16, pela prefeitura de Poá.

Fechado desde o início de janeiro deste ano, o equipamento foi reativado pela administração municipal para atender as solicitações feitas pelos moradores do entorno.

Com a reabertura, o município passa a contar com 12 UBSs para atendimento à população, além do Pronto Atendimento Municipal Guido Guida.

Acompanhada pelo secretário de Saúde, Alexandre Provisor, a prefeita Marcia Bin fez questão de acompanhar os primeiros minutos de funcionamento do equipamento, onde aproveitou para conversar com munícipes e servidores.

“Desde o início deste ano, o prédio estava sendo utilizado como sede da EMAD (Equipe Multiprofissional de Atendimento Domiciliar), em virtude das medidas adotadas pela administração com o intuito de reorganizar a área da saúde como, por exemplo, a terceirização do Guido Guida. A transformação da UBS em EMAD não agradou aos moradores do entorno que fizeram inúmeras solicitações e até um abaixo-assinado pelo retorno da UBS. Diante da situação, fomos sensíveis às reivindicações e, hoje, estamos reativando o equipamento”, afirmou.

De acordo com o responsável pela Pasta, o primeiro dia foi focado no agendamento das consultas clínicas e na realização das campanhas de vacinação contra a Covid-19, Sarampo e Influenza.

“Cerca de 700 prontuários que pertenciam à unidade retornaram, beneficiando assim os munícipes que eram atendidos no local e que haviam sido transferidos para a UBS da Cidade Kemel, com a readequação promovida no início do ano. Vale ressaltar que, a princípio, o atendimento clínico não será feito diariamente e, conforme a demanda for aumentando, iremos ampliar os serviços também”, finalizou Alexandre Provisor.

A UBS Sebastião Arrecignelli está localizada na rua Coroado, 90, no Jardim Ivonete, e terá atendimento de segunda a sexta-feira, das 7 às 16 horas.

A reabertura do equipamento beneficia os moradores do próprio Jardim Ivonete, bem como do Jardim Julieta, Jardim Picosse e Jardim Dulce.

Alto Tietê não tem registro de óbitos por Covid-19 durante fim de semana 

Alto Tietê não tem registro de óbitos por Covid-19 durante fim de semana
O acumulado na data desta segunda-feira, 16, desde o início da pandemia, é de 11.355 vítimas fatais/ Foto: Divulgação

Os municípios da região do Condemat – Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê não registraram óbitos por Covid-19 durante o fim de semana. O acumulado na data desta segunda-feira, 16, desde o início da pandemia, é de 11.355 vítimas fatais.

A região contabiliza ainda 296.674 confirmações para a doença desde março de 2021.

Visualização da imagem

Defesa Civil alerta população para frente fria que vai castigar todo o Estado a partir desta terça-feira

Defesa Civil alerta população para frente fria que vai castigar todo o Estado a partir desta 3ª feira
Segundo dados do CGE, uma massa de ar frio de origem polar deve avançar por São Paulo derrubando as temperaturas, com mínimas previstas de até 1º C, na Serra da Mantiqueira/ Foto: Allan Modesto/PortalR3

A Defesa Civil do Estado de São Paulo alerta toda a população para uma onda de frio que atingirá o estado a partir desta terça-feira, 17.

Segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), uma massa de ar frio de origem polar deve avançar por São Paulo derrubando as temperaturas, com mínimas previstas de até 1º C, na Serra da Mantiqueira.

No Capital, as temperaturas mínimas podem chegar a 6º C, menor registro para o mês de maio, desde 1990.

Já no interior do estado a região norte merece atenção, com mínima prevista de 3º C para Ribeirão Preto e 5ºC para São José do Rio Preto.

Já no litoral sul a previsão será de frio intenso, com temperatura mínima de 10º C, além de ventos de até 75 KM/h, o que aumenta a sensação de frio.

Recomendações

A Defesa Civil Estadual recomenda que as defesas civis municipais permaneçam atentas e reforcem a divulgação de informações para alertar a população, visando a adoção de medidas de autoproteção.

Orientações a toda população

A queda abrupta de temperatura intensifica a sensação de frio, aumentando o risco de incidentes e danos à saúde.

No frio extremo, as pessoas podem sofrer de hipotermia e, devido à diminuição das chuvas e redução da umidade relativa do ar, doenças que atacam o aparelho respiratório.

Crianças e idosos são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio. Mantenha-os agasalhados.

Em virtude das doenças oportunistas que incidem mais no período do frio (gripe, resfriado, pneumonia e meningite), é essencial tomar medidas simples como evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além de higienizar frequentemente as mãos.

Também recomendamos especial atenção às pessoas mais vulneráveis, como as em situação de rua.

O Governo do Estado e o Fundo Social de São Paulo iniciaram, no último dia 10, a Campanha Inverno Solidário 2022, com a arrecadação de cobertores.

As doações poderão ser feitas nos pontos de coleta instalados nas estações de trens e metrô, terminais de ônibus da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) e unidades do Poupatempo. A Defesa Civil participa da ação recolhendo doações e auxiliando na distribuição dos itens doados.

Para obter mais orientações sobre o que fazer antes, durante e depois ao período de baixas temperaturas e, também, os demais tipos de desastres, a Defesa Civil mantém o aplicativo Alerta SP, disponível para download nos sistemas Android e IOS.

Para mais informações ou pedidos de entrevista, entre em contato pelo e-mail defesacivil@sp.gov.br ou pelo telefone 11-2193-8612/8613.

 

Entrega dos cartões Unilivre reúne mais políticos que estudantes em Ferraz 

Entrega dos cartões Unilivre reúne mais políticos que estudantes em Ferraz
Passe Unilivre é entregue em Ferraz de Vasconcelos/ Foto: Jonathan Andrade / Secom Ferraz

A prefeitura de Ferraz de Vasconcelos, por meio da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana, entregou nesta segunda-feira, 16, em uma cerimônia especial, os cartões do Unilivre, no qual possibilita aos estudantes universitários da cidade, passagem gratuita no transporte municipal. O evento ocorreu no anfiteatro, no Paço Municipal.

O projeto consiste em conceder transporte público gratuito para os estudantes universitários que moram ou trabalham a pelo menos 1,5 quilômetros de distância da instituição pública ou privada.

Vale salientar que os participantes estão devidamente matriculados e com frequência efetiva na instituição escolar, na qual tenha aulas em regime presencial.

A chefe do Executivo, Priscila Gambale, juntamente com seu secretariado participou do evento. Participaram também o capitão Carbonel e o sargento Augusto, representando o Corpo de Bombeiros.

Os estudantes Gabriel Santos de Oliveira e Évelyn de Souza Nunis, representaram todos os universitários contemplados recebendo o cartão do Unilivre das mãos das autoridades locais.

De acordo com a prefeita, o projeto visa auxiliar a vida estudantil dos participantes.

“Estou extremamente emocionada, pois me recordo de todo o esforço que passei na minha época de estudante. Sei muito bem as dificuldades que os universitários enfrentam, por ter vivenciado também tal situação. Hoje esta realidade começa a mudar em Ferraz. O Unilivre é um auxílio importante para reforçar, de forma econômica, a formação acadêmica dos alunos”, disse Priscila.

Na ocasião, participaram do evento os secretários Marcelo Dearo, Dom Souza, Daniel Balke, Jackson Santos e Hodirlei Martins, de Transportes e Mobilidade Urbana, Comunicação, Governo e Planejamento, respectivamente.

Também participou da solenidade o vereador Álvaro Costa, o Kaká, que é pré-candidato a deputado estadual.

Associação Comercial é parceira da Semana do Microempreendedor Individual em Mogi 

Associação Comercial é parceira da Semana do Microempreendedor Individual em Mogi
A entidade é uma das parceiras do evento que tem o objetivo de fortalecer e capacitar os empreendedores/ Foto: Divulgação

A Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) marcará presença entre os dias 17 e 20 de maio na Semana do Microempreendedor Individual (MEI) promovida pela prefeitura de Mogi.

A entidade é uma das parceiras do evento que tem o objetivo de fortalecer e capacitar os empreendedores. A ação será realizada no prédio sede da administração municipal.

A ACMC apresentará os seus serviços e atendimentos voltados aos MEIs no saguão do auditório da prefeitura, das 9 às 16 horas.

“Oferecemos diversos produtos para os associados, como atendimento do AC Ambulatorial, assessoria jurídica, consulta ao SCPC, cursos EAD e treinamentos, além do ACCredito, que é um programa de gestão de crédito”, detalhou a presidente da ACMC, Fádua Sleiman.

A presidente ressaltou a importância do associativismo para o desenvolvimento dos negócios e da economia.

“Muitas pessoas acham que para se associar é preciso ser uma grande empresa, mas não, existimos para apoiar todos os empreendedores, independente do seu tamanho. Durante o evento, ofereceremos vantagens para o MEI que se associar utilizando nosso AC Ambulatorial e faremos o sorteio de brinde”, frisou.

Em 2021, o Brasil bateu recorde de abertura de Micro e Pequenas Empresas (MPEs). Segundo levantamento realizado pelo Sebrae com base em dados da Receita Federal, o país ganhou mais de 3,9 milhões de empreendedores, dos quais 3,1 milhões optaram por ser MEI, o que representa 80% dos negócios abertos. De acordo com a prefeitura de Mogi, a cidade conta com 13.039 mil MEIs cadastrados.

Fádua analisou que os números expressivos se devem, em parte, pela necessidade de empreender em decorrência da pandemia de Covid-19.

“Muitas pessoas perderam os empregos e viram no empreendedorismo uma maneira de conquistar sua renda. Dois anos depois, vemos esses empreendedores se formalizando, ampliando seus negócios e contratando funcionários”, avaliou.

Para a presidente, a mudança do perfil dos brasileiros também colaborou para este salto. “Uma recente pesquisa do Instituto Locomotiva apontou que o desejo de abrir um negócio superou o sonho da casa própria”, afirmou.

A programação da Semana do MEI contará com uma unidade móvel do Sebrae no estacionamento da prefeitura entre os dias 16 e 19.

Já de 17 a 20, a administração municipal fará o atendimento de regularização de MEIs no saguão do prédio das 9 às 16 horas. Acontecerão ainda ciclos de palestras e orientações.

Fortalecimento dos MEIs

Para alavancar cada vez mais esses números, incentivar e capacitar os MEIs mogianos, a ACMC vai realizar no dia 14 de junho a palestra “Como se tornar um grande empreendedor”, comandada pela presidente da entidade.

O evento será realizado no auditório da Associação Comercial, às 18 horas. As vagas são limitadas e o ingresso é um agasalho para a campanha Inverno Solidário.

Deputado Lucena chama atenção para a ampliação do atendimento às pessoas com doenças raras

Deputado Lucena chama atenção para a ampliação do atendimento às pessoas com doenças raras
O deputado Federal Roberto de Lucena tem uma atuação reconhecida em defesa das pessoas com doenças raras/ Foto: Divulgação

Uma doença rara é definida como aquela que afete menos do que 2 mil pessoas. É um termo genérico que abrange (entre outras coisas) formas raras de doenças neurológicas, doenças metabólicas, dificuldades intelectuais, certos canceres, distúrbios reumatológicos, epilepsias complexas, deficiências imunológicas e doenças auto inflamatórias

Essas doenças geralmente são crônicas, progressivas, degenerativas e muitas vezes com risco de morte. Não existe uma cura eficaz existente, mas há medicamentos para tratar sintomas e melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

No Brasil, mais de 7 mil doenças raras já foram identificadas. Elas acometem cerca de 13 milhões de pessoas, em sua grande maioria jovens e crianças, que apresentam necessidades assistenciais diversas, além de cuidados contínuos de equipes multiprofissionais.

Política Nacional

Mesmo após a efetivação da Política Nacional de Atenção Integral às Pessoas com Doenças Raras (PNAIPDR), em vigor desde 2014, os pacientes ainda carecem de serviços referenciais para diagnóstico dessas doenças.

“O acesso ao diagnóstico, o acompanhamento e o monitoramento desses pacientes, seus tratamentos e reabilitações só ocorrem, na maioria dos casos, de maneira tardia e, geralmente, no âmbito da saúde pública, onde o acesso a especialistas, exames e terapias é demorado”, explica a Dra. Luciana Rodriguez, especialista em Saúde Suplementar.

O deputado Federal Roberto de Lucena (Republicanos/SP) tem uma atuação reconhecida em defesa das pessoas com doenças raras. Idealizador e presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Direitos Humanos e pela Justiça Social, ele afirma que a conscientização da população sobre o tema vai fortalecer a aplicação da Política Nacional e ampliar as ações e serviços para atender esses pacientes, tanto no âmbito público, quando no setor privado.

“Apoiei a criação da Frente Parlamentar das Doenças Raras da Câmara Municipal de São Paulo, em março deste ano e considero este um grande passo. Um dos mais importantes parlamentos da América demonstrando senso de Justiça para atender pessoas que são muitas vezes invisíveis para a sociedade, e portanto precisam de uma atenção diferenciada”, disse.

Escassez de centros de referência e necessidade de investimentos em pesquisas

Em todo o Brasil, foram habilitados até agora somente 17 serviços de referência em doenças raras, e ainda há muito o que se avançar.

O nutrólogo Dr. Matheus Caputo está, desde 2016, à frente do HDia (Centro de Atendimento Médico Hospitalar), em Brasília.

A instituição vem se dedicando ao acolhimento, diagnóstico preciso e à provisão da sobrevida (tratamento) de pacientes com doenças raras.

De acordo com ele, somente por meio de pesquisas haverá avanços no cuidado desses pacientes.

“É preciso trabalhar com um programa efetivo, evidenciado cientificamente, que reúna a experiência dos especialistas em toda a rede para identificar as melhores orientações sobre tratamentos existentes ou desenvolver novas orientações”, explica o médico.

Em Ferraz ‘somem’ os cachorros e parece que a transparência do governo Priscila Gambale vai junto. Entenda

Em Ferraz ‘somem’ os cachorros e parece que a transparência do governo Priscila Gambale vai junto. Entenda
Os eleitores da prefeita, do deputado e a população em geral, podem ficar sem a informação ou na melhor das hipóteses esperarem que a prefeita e o deputado decidam quando um assunto que é do interesse público seja revelado/ Foto: Divulgação

Na última sexta-feira, 13, o Jornal Oi questionou o governo da prefeita Priscila Gambale (PSDB) e do deputado Rodrigo Gambale (Pode) sobre o possível ‘sumiço’ de cachorros que circulavam pelo entorno da praça da Independência.

Segundo o vereador Squizatto, o sumiço teria sido provocado pelas obras iniciadas pela prefeitura no local.

A partir da denúncia feita pelo vereador na Câmara, o Jornal Oi questionou a prefeitura sobre o tema.

O ‘esclarecimento’ da gestão da prefeita Priscila não revela onde foram parar os bichos e aponta para o sumiço da falta de transparência do governo que primeiro vai responder a um requerimento do vereador e depois a imprensa sobre o paradeiro dos bichos.

Os eleitores da prefeita, do deputado e a população em geral, podem ficar sem a informação ou na melhor das hipóteses esperarem que a prefeita e o deputado decidam quando um assunto que é do interesse público seja revelado.

Vergonha. Será que a prefeita tem conhecimento e autoriza esse tipo de manifestação (tão ruim para o governo) da Secretaria de Comunicação? Com a palavra o deputado Gambale.

Jornal Oi – A prefeitura sumiu com os cachorros?

Jornal Oi – Quantos cachorros estavam na praça e no entorno quando a obra começou?

Jornal Oi – Quem tirou os animais do local e para onde eles foram levados?

As respostas da prefeitura

A Prefeitura irá responder os questionamentos do requerimento do vereador e, posteriormente, a imprensa.

Deputado ‘forasteiro’ bem votado na região e o PL ‘são os campeões’ de denúncias no Conselho de Ética no Congresso 

Deputado ‘forasteiro’ bem votado na região e o PL ‘são os campeões’ de denúncias no Conselho de Ética no Congresso
Conselho de Ética é dominado por Bolsonaro e o Centrão/ Foto: Divulgação

Deputado federal que obteve cerca de 30 mil votos somente em Mogi das Cruzes e Suzano na eleição de 2018 e prestes a ser investigado por ironizar uma sessão de tortura sofrida pela jornalista Míriam Leitão na ditadura, Eduardo Bolsonaro (PL-SP), e seu partido – o mesmo do pai – são os campeões de denúncias protocoladas no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados na atual legislatura (2019-2022).

De acordo com reportagem publicada pelo site UOL, no período, o órgão recebeu 55 representações protocoladas contra 26 deputados.

Com dez casos, Eduardo Bolsonaro lidera o ranking, seguido pelo também bolsonarista Daniel Silveira (PTB), com nove. Os dados foram coletados pelo gabinete do deputado Elias Vaz (PSB).

Conselho de Ética é dominado por Bolsonaro e o Centrão

Embora Eduardo Bolsonaro seja o líder em denúncias no conselho, é raro que as representações contra ele se transformem em processo, como aconteceu no caso Míriam Leitão.

Órgão encarregado de aplicar penalidades aos deputados que descumprem as normas de decoro (ética), o conselho, composto por 23 deputados, é dominado pela base governista: 16 do centrão —base de apoio a Jair Bolsonaro (PL)—, um do PSDB, um do Novo e cinco de partidos de esquerda.

“A seleção dos nomes para compor o Conselho de Ética deveria contemplar os parlamentares comprometidos com a pauta de integridade e moralidade, mas no Congresso brasileiro há negligência nos conselhos, que não punem seus membros de acordo com o que prevê a Constituição e o regimento interno”, avaliou o cientista político Antonio Augusto de Queiroz, do Diap (Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar).

Procurado por e-mail e mensagem no WhatsApp pelo UOL, o filho do presidente não respondeu até a publicação da reportagem.

Nos últimos dois anos o Jornal Oi procurou o deputado Bolsonaro por cerca de dez vezes para que ele informasse quais projetos e ações desenvolveu, no Congresso Nacional, em benefício das cidades do Alto Tietê que lhe renderam dezenas de milhares de voto.

O filho do presidente nunca respondeu aos questionamentos.

PL é campeão também 

Ainda de acordo com a reportagem  do UOL, o partido político com mais parlamentares representados no Conselho de Ética é o PL, do presidente Jair Bolsonaro e do filho zero três.

Das 55 denúncias, 28 (51%) atingem nove deputados filiados atualmente à legenda, ou 34% dos parlamentares representados.

Se contar apenas uma representação por parlamentar, o PL segue na frente, com nove, seguido de Republicanos (quatro) e PSOL (três).

Além do PT, com uma, os outros partidos representados são da centro-direita: PP, PROS, PSD, PTB e União Brasil.

Procurada por e-mail e WhatsApp, a sigla comandada pelo ex-deputado federal mogiano Costa Neto não respondeu até a fechamento da reportagem pelo UOL.

 

Campanha Tudo novo