23 de janeiro de 2021
Publicidade
Fale com o OI no WhatsApp
Início Autores Posts por Gabriel Souza

Gabriel Souza

Gabriel Souza
834 POSTS 0 COMENTÁRIOS
Estudante de Jornalismo - Uninter Estudante de Licenciatura em História - Unisa Repórter e Social Media em Política

Alto Tietê deve retornar para fase vermelha e comércio só deve funcionar até às 20h

O Governo de São Paulo deve endurecer a quarentena devido ao agravamento da pandemia causada pela covid-19 no estado. A partir desta sexta-feira (22), a fase vermelha vale para todas as cidades paulistas a partir das 20h, todos os dias na semana. Aos fins de semana e feriados, a medida deve valer durante o dia e a noite.

Desta forma, comércio não essencial como Shopping e serviços como salões de beleza, além de bares e restaurantes estão proibidos de funcionar até a manhã seguinte, o horário será anunciado nesta sexta.

A informação sobre funcionamento restrito nos finais de semana foi revelado pelo Jornal o Estado de São Paulo.

Eventos também ficam proibidos durante a medida.

 

Momento Histórico! Suzano imuniza primeira pessoa contra a Covid-19; Enfermeira Geraldina Gabriel é a primeira vacinada!

A aplicação da vacina contra o novo coronavírus (Covid-19) começou em Suzano na noite desta quarta-feira (20/01), após o recebimento do lote inicial enviado pelo governo do Estado de São Paulo. Geraldina Cristina Gabriel, de 42 anos, foi a primeira pessoa imunizada na cidade. A enfermeira é servidora municipal atuante na linha de frente no combate à pandemia na cidade.

Geraldina, mais conhecida como Dina, é moradora do Jardim Graziela e faz parte do grupo de risco da Covid-19. Além de trabalhar na Saúde, como enfermeira e gerente da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. André Cano Garcia, no distrito de Boa Vista, ela é hipertensa. “Estou muito contente e ansiosa pela ampla imunização contra o novo coronavírus. Fiquei bastante surpresa e agradecida por ser escolhida para tomar a primeira dose. É uma grande responsabilidade, mas tenho certeza de que a ação vai incentivar outras pessoas. Quando um profissional da Saúde se dispõe a tomar a dose, mostra confiança. Este é o primeiro passo para a conscientização de todos e rumo ao fim da pandemia”, declarou.

Dina, que vive ao lado de seus dois filhos adolescentes, de 14 e 15 anos, disse que a rotina de trabalho foi bastante impactada pela Covid-19. “O cuidado tem sido mais que redobrado nos últimos dez meses. A proteção pessoal, para evitar contrair o vírus e levar para outras pessoas, é fator primordial. Felizmente, até o momento, ninguém em casa apresentou sintomas. Porém, todos os dias acompanho de perto o drama de dezenas de famílias”, compartilhou.

A enfermeira conta que, atualmente, a unidade que gerencia separou uma ala distinta para atender os pacientes com sintomas da Covid-19. “Nossa rotina mudou muito. Não podemos deixar de acolher pacientes com outras enfermidades, por isso buscamos traçar essa logística. Em média, recebemos 18 casos relacionados à doença, sendo que pelo menos 70% são de novos pacientes diários. Também chegamos a realizar, por dia, de dez a 12 coletas de exame swab (RT-PCR)”, explicou.

Moradora da zona norte de Suzano desde os nove anos de idade, Dina está há mais de uma década trabalhando na Saúde, passando pelas redes públicas estadual e municipal. “Eu me formei como técnica e auxiliar de enfermagem na Escola Técnica Mogiana (ETM) e logo ingressei na faculdade de enfermagem na Universidade Cruzeiro do Sul, me graduando em 2014, aos 35 anos. Por 12 anos estive na rede básica de Saúde da capital, no centro de São Paulo, passando também pelo Hospital Geral de Guaianazes”, contou.

Há quatro anos Dina se dedica à rede municipal de Saúde em Suzano. “Aqui já trabalhei na unidade do Tabamarajoara, depois fui para Palmeiras, até chegar à UBS Boa Vista. Para mim é uma honra fazer parte deste momento histórico da cidade. Acho que a gente precisa de esperança e a vacina é a possibilidade de mudança, é a melhora que todos nós esperamos para que a vida possa seguir adiante”, enfatizou.

Para o secretário municipal de Saúde, Pedro Ishi, a escolha da enfermeira deve-se ao fato também do trabalho aos finais de semana nos plantões de Pronto Atendimento, que está sendo realizado na UBS do Boa Vista. “Temos uma grande população na região norte de Suzano e a Dina tem desempenhado um papel fundamental na gerência da unidade, que, além de ser referência no distrito do Boa Vista, tem recebido muitos pacientes”, explicou.

Em sua fala, o prefeito Rodrigo Ashiuchi comemorou o início da vacinação, reforçando a importância do imunizante neste momento de pandemia. “Hoje, 20 de janeiro, Dia de São Sebastião, padroeiro de Suzano, vai ficar para a história de nossa cidade com a primeira vacina aplicada contra a Covid-19. Agradeço a todos pelo empenho e seguimos nessa empreitada de imunização”, concluiu.

Doses
O primeiro lote da vacina em Suzano foi recebido pelo secretário Pedro Ishi e pelo prefeito Rodrigo Ashiuchi. Ao todo, 2,8 mil doses foram repassadas ao município. A quantidade será totalmente destinada aos servidores da rede municipal de Saúde que atuam na linha de frente no combate à doença. “Depois de quase um ano de luta, é com muita alegria que compartilhamos este momento. A enfermeira Dina representa todos os trabalhadores da Saúde, que são os verdadeiros heróis dessa história”, declarou Ashiuchi.

Por motivos de segurança, as doses foram armazenadas em local não divulgado. Logo após a cerimônia de apresentação e primeira aplicação, no Cineteatro Wilma Bentivegna, o lote foi encaminhado para início imediato da imunização no próprio local de trabalho dos profissionais da Saúde contemplados nesta primeira fase.

Todo o processo de manipulação e aplicação está sob responsabilidade da Vigilância Epidemiológica, que conta com sete câmaras de refrigeração, dois refrigeradores, dois freezers e um veículo refrigerado.

“Pedimos a colaboração de todos para que se atentem somente às informações oficiais. Assim que possível, todos os detalhes sobre a campanha serão amplamente divulgados pela administração municipal, conforme as orientações do Ministério da Saúde e do governo do Estado”, reforçou o secretário.

Doses de vacina devem chegar em Ferraz nesta quarta-feira; Prefeita Priscila Gambale reitera que o município está preparado para vacinar!

Durante a manhã desta quarta-feira (20), a prefeita de Ferraz de Vasconcelos, Priscila Gambale (PSD), anunciou por meio das redes sociais da prefeitura, a possível chegada das doses da vacina contra o covid-19 no município.

“Hoje é o possível dia para chegada das doses da vacina e em breve devemos iniciar nossa vacinação e venho informar, que a administração está preparada para esta campanha.” Ressaltou Priscila.

A prefeita reiterou que foram adquiridos também os insumos necessários e também os equipamentos de saúde aos profissionais de saúde. Neste momento inicial, as doses recebidas do governo do estado serão suficientes somente para aplicação nos profissionais da saúde.

“Recomendamos a todos que não procurem as unidades de saúde neste momento, em que precisamos reforçar o distanciamento social. Tenham certeza que a prefeitura está organizada e pronta para mais esta luta.” Declarou Gambale.

Assim como Ferraz, outras cidades do Alto Tietê também deve receber doses da vacina nesta quarta-feira (20) e iniciar sua campanhas de vacinação nas próximas horas.

Acompanhe o vídeo da Prefeita abaixo:

Novo governo de Itaquá decreta intervenção na UPA e CS 24h e confirma que todos contratos serão auditados!

Durante o início de tarde desta segunda-feira (18), o prefeito de Itaquaquecetuba, Delegado Eduardo Boigues (PP), anunciou por meio de suas redes sociais, alterações na administração da UPA Caiuby e do Centro de Saúde 24 Horas, que passam a ser responsabilidade da prefeitura do município.

Anteriormente, a gestão das duas unidades era responsabilidade da Santa Casa de Misericórdia de Birigui. O prefeito relatou na publicação, que a administração realizada pela entidade contava com diversas irregularidades nas contas e um serviço de má qualidade.

Boigues decretou intervenção no contrato e anunciou que a administração a partir deste momento, será realizada pela prefeitura, desde a contratação de profissionais até a compra de insumos e equipamentos.

Confira o vídeo abaixo publicado diretamente da rede social do Prefeito Eduardo Boigues. O Jornal Oi deve nas próximas horas levantar mais informações sobre o assunto.

Em Live, Caio Cunha afirma que Mogi está preparada para iniciar a vacinação contra covid-19

O prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Podemos), se pronunciou durante a tarde deste domingo (17) sobre a liberação emergencial realizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) das vacinas contra a Covid-19. O chefe do executivo mogiano garantiu, que o município está preparado para iniciar a vacinação.

Em Live realizada no seu Facebook diretamente da Prefeitura, o prefeito Caio Cunha iniciou seu discurso tranquilizando a população e ressaltando os fatos ocorridos durante este domingo referente a aprovação das vacinas e também a primeira mulher, vacinada no hospital das clínicas.

Caio Cunha procurou também ressaltar que a partir deste momento só aguarda o lote das vacinas chegarem a cidade.

“Agora, nos resta esperar a chegada dos lotes da vacina em Mogi!” Ressaltou Caio Cunha.

O prefeito ressaltou que possui o intuito também de vacinar os profissionais da saúde e também da segurança pública. Na Live, o prefeito aproveitou a oportunidade para parabenizar sua equipe de secretariado.

“Mogi já está preparada e com a estratégia de vacinação muito bem definida. Aproveito a oportunidade para parabenizar todo o secretariado de Mogi das Cruzes, inclusive o doutor Henrique Naufel que há tempos está preparado e acompanhando todos os processos.” Declarou durante a Live o prefeito Caio Cunha.

O prefeito afirmou que na próxima segunda-feira (18), deve haver um vídeo ou Live juntamente com o secretário de saúde para aquisição de maiores informações.

Primeira brasileira recebe vacina contra Covid-19 em São Paulo; Mônica Calazans, enfermeira, negra e moradora da Zona Leste de São Paulo

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), iniciou durante a tarde deste domingo (17) a vacinação no país, após aprovação dos imunizantes realizada pela Anvisa. A primeira brasileira a receber a vacina contra o Covid-19, é uma enfermeira do hospital Emilio Ribas e moradora do Bairro de Itaquera, Zona Leste de São Paulo, trata-se de Mônica Calazans, de 54 anos.

Ela é obesa, hipertensa e diabética. Mônica recebeu a vacinação no Hospital das Clinicas, ao lado do governador João Doria. Antes de ser aplicada a vacina, a enfermeira, que estava extremamente emocionada, relatou ao governador que foram dez meses de puro sofrimento e mortes.

Ela foi vacinada por Jéssica Pires de Camargo, 30 anos, enfermeira de Controle de Doenças e Mestre de Saúde Coletiva pela Santa Casa de São Paulo.

Apesar de ter vários fatores de risco, a enfermeira Mônica, em maio do ano passado, no auge da primeira onda da doença, se inscreveu para vagas de CTD (Contrato por Tempo Determinado), escolhendo trabalhar no Emílio Ribas, no epicentro do combate à pandemia.

Quando começaram os testes clínicos da vacina Coronavac pelo Instituto Butantã, ela também se voluntariou para os testes. No começo deste ano, ela contou em reportagem ao site do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren) que já tinha tomado duas doses e não teve nenhum tipo de reação.

 

Anvisa libera uso emergencial de vacinas contra a covid-19; Vacinação já pode ser iniciada no Brasil

Neste domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o uso emergencial das vacinas contra a covid-19, sendo elas, a Coronavac e a desenvolvida pela faculdade de Oxford. Os imunizantes vão ser distribuídos no país pelo Instituto Butantã e pela Fiocruz.

No inicio da tarde deste domingo (17), o parecer técnico dos servidores da Anvisa fez a recomendação para aprovação do uso emergencial dos imunizantes, desta forma, o primeiro parecer já havia sido favorável ao uso das vacinas. A aprovação da Anvisa, era a última etapa para disponibilizar a população o uso emergencial das vacinas. .

Durante a pandemia, a Anvisa esteve no centro de discussões políticas. O governo do estado de São Paulo levantou suspeitas sobre interferências políticas do governo federal no órgão regulamentador quando, no mês de Novembro, os estudos da Coronavac foram suspensos, uma decisão comemorada pelo presidente Jair Bolsonaro. A agência chegou a soltar uma nota garantindo sua autonômia.

Manifestações…

Quinze pessoas se reuniram na manhã deste domingo (17) em frente a sede da Anvisa, liderado pelo Movimento Povo Sem Medo, do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST). O grupo está protestando em prol da vacina e contra o presidente Jair Bolsonaro.

Um boneco gigante com a imagem de Bolsonaro e suas mãos sangrando foi colocada em frente a sede da Agência regulatória. Durante a noite deste sábado (16), a sede da agência também teve algumas manifestações em prol da vacina e pichações que acusavam o presidente Bolsonaro de genocida.

Ministro da Saúde, diz a prefeitos que vacinação contra o Covid deve começar no dia 20 de janeiro. Condemat deve fazer anúncio em breve!

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, realizou uma reunião com prefeitos nesta quinta-feira (14) e afirmou, que a vacinação contra a Covid-19 deve ter início no próximo dia 20. O ministro participou de reunião com a Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e contou com a participação de 130 chefes de municípios que acompanharam virtualmente a discussão.

O ministro mencionou aos prefeitos presentes, que oito milhões de doses da vacina devem estar disponíveis nos próximos dias, dessas doses, dois milhões de Oxford/Astrazeneca e seis milhões da Coronavac.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) deve decidir no próximo domingo (17), se libera ou não o uso emergencial de ambas as vacinas. Somente após a confirmação da Anvisa, as doses vão poder ser aplicadas na população.

Pazuello afirmou aos prefeitos que as doses da vacina de Oxford/AstraZaneca devem chegar aos Estados na próxima segunda-feira (18).

Fato é, que nos bastidores políticos da vacina, há uma disputa entre os governos federal e de São Paulo pela vacinação do Brasil. O ministério da saúde planeja realizar um evento no Palácio do Planalto para começar a campanha. A ideia era realizar o evento no dia 19.

O presidente Bolsonaro, já afirmou que não vai tomar a vacina, do outro lado, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou na última quarta-feira (13), que vai abrir a vacinação no seu Estado imediatamente após a decisão da Anvisa.

O Condemat e os prefeitos da região devem anunciar nos próximos dias o planejamento para a aplicação da vacina.

Com apoio de Bertaiolli, Caio Cunha anuncia construção de Clínica-escola para autistas

Durante o início da tarde desta quinta-feira (14), o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Podemos) anunciou uma importante conquista para Mogi das Cruzes, a construção de uma clínica-escola para autistas, algo muito cobrado por municipes da causa durante o pleito eleitoral aos candidatos.

O prefeito anunciou, em foto publicada nas suas redes sociais, que o feito só vai ser possível, graças há uma emenda liberada pelo deputado federal Marco Bertaiolli (PSD) de R$ 2,5 milhões. No início desta semana, Bertaiolli e Caio se reuniram na prefeitura para discussão de projetos importantes para a cidade.

Na publicação, o prefeito de Mogi reiterou que sempre buscou defender a causa autista, e reiterou a importância da conquista para o município.

“Defender a causa Autista sempre foi parte importante do nosso projeto e a implementação de uma clínica-escola em Mogi já estava no nosso plano de governo. É um honra batalhar por essa causa e colher os resultados. Vamos pra cima!!” Declarou Caio Cunha.

Em seu Facebook, o deputado ressaltou a liberação da emenda e afirmou, que vai trabalhar junto com Caio Cunha pelo bem da cidade.

A publicação de Caio Cunha foi motivo de comemoração para diversos internautas, como é o caso de Gustavo Rocha, que comentou na publicação, “Parabéns Prefeito Caio Cunha, Mogi agora estar no caminho do desenvolvimento e crescimento, a inclusão é muito importante para nossa cidade. Educação é prioridade”

Sem previsão para vacinação, Ministro da Saúde adia reunião com governadores

O ministro da saúde, Eduardo Pazuello, adiou nesta terça-feira (12) uma reunião com governadores para discutir sobre o planejamento da campanha de imunização contra a pandemia no país.

A reunião, considerada de extrema importância por alguns governadores, foi remarcada para a próxima terça-feira (19), de acordo com Wellington Dias (PT), governador do Ceará.

Pazuello pediu o adiamento por estar em Manaus (AM), cidade que novamente passa a viver a grave a crise por causa da Covid-19.

Durante cerimônia realizada na última segunda-feira (11), em Manaus, o ministro Pazuello afirmou que a vacinação deve começar no “dia D, na hora H”, e que todos os estados vão receber de forma simultânea a vacina, no mesmo dia.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) avalia pedidos de uso emergencial de dois imunizantes: A Coronavac e o modelo de Oxford/AstraZeneca. Ambas as vacinas vão ser distribuídas pelo país, respectivamente, pelo Instituto Butantã e pela Fiocruz.