15 de abril de 2021
Publicidade
Fale com o OI no WhatsApp
Início Autores Posts por Gabriel Souza

Gabriel Souza

Gabriel Souza
951 POSTS 0 COMENTÁRIOS
Estudante de Jornalismo - Uninter Estudante de Licenciatura em História - Unisa Repórter e Social Media em Política

Moção de apelo para vacinação de profissionais do transporte público e escolar é aprovada pela câmara de Suzano

Durante a sessão desta quarta-feira (14) na câmara de Suzano, os vereadores aprovaram por unanimidade, a moção de apelo que cobra vacinação para motoristas e cobradores do transporte público e escolar, realizada pelo vereador Fabio Diniz (PTB) ao Prefeito Rodrigo Ashiuchi.

Para enfatizar o apelo, o parlamentar utilizou a tribuna e afirmou que é de extrema importância esta moção, haja vista, que a categoria do profissionais que atuam no transporte público diariamente, estão evidentemente expostos ao contágio.

“Nosso pessoal do transporte cada dia nós ficamos sabendo que um está morrendo, outro está contaminado . Os tios escolares também, agora que deve voltar as aulas, precisamos vaciná-los também. Então, peço para que o nosso executivo que nos apoie nesse pedido para que possamos conseguir vacinar nossa categoria do transporte complementar de Suzano e os tios do escolar. Venho aqui humildemente pedir, pois estamos na linha de frente desde o começo, perdendo muitas vidas.” Declarou o vereador Fábio Diniz.

Nos próximos dias, a categoria dos profissionais que atuam no transporte público e escolar, devem aguardar um posicionamento do prefeito Rodrigo Ashiuchi referente a vacinação de ambas as categorias.

Por 13 votos a três, vereadores de Poá arquivam denúncia da oposição contra a prefeita Marcia Bin

Durante a sessão da Câmara desta terça-feira, 13, os vereadores de Poá votaram pelo arquivamento da denúncia protocolada pela advogada Erivânia El Kadri contra o governo da prefeita Marcia Bin (PSDB).

A denúncia apontava para a necessidade de se apurar possível ato de improbidade administrativa na contratação irregular de quase uma centena de funcionários para atuação em cargos comissionados mesmo após a prefeita Márcia Bin (PSDB) decretar Estado de Calamidade Financeira, que segundo a denúncia, impossibilitaria novas contratações.

A fundamentação da denúncia foi lida na íntegra durante a sessão desta terça-feira, a primeira após a suspensão dos trabalhos da Câmara por conta da alta de infecção pela Covid-19. A denúncia foi rejeitada em plenário por 13 votos a três.
Votaram contra a denúncia os seguintes vereadores: Tio Deivão (PL), Emerson Dentinho (PTB), Fábio Suru (PROS), Henrique Novaes (PRTB), Fabrício Brasa Chopp (PSDB), Lucas Ferrari (PSC), Edinho (Podemos), Marcílio Duarth (PL), Márcio da Ranni (Republicanos), Patrícia Bin do Testinha (PSDB), Beto Melo (SD), Saulo Dentista (DEM) e Welson Lopes (PL).

Votaram a favor da aceitação da denúncia os seguintes vereadores: Jilmara Kirino Protetora (Avante), Rogério Mathias (PTB) e Dr. Saul Souza (Avante).

Se a denúncia fosse recebida pelos parlamentares, seria aberta uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar a denúncia contra a prefeita Márcia Bin.

Secretário Pedro Ishi destaca esforço do governo para não deixar faltar leitos de Covid e salvar vidas em Suzano

No início de tarde desta quarta-feira, 14, o jovem secretário de Saúde de Suzano, Pedro Ishi, concedeu uma entrevista exclusiva ao Jornal Oi Ao Vivo.

Na conversa o secretário detalhou as ações da pasta e de todo o governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) para enfrentar a pandemia de Covid, falou de mudanças na gestão que estão sendo implementadas na Secretaria de Saúde para torná-la mais eficiente e resolutiva e também reforçou o compromisso do prefeito reeleito em transformar o sistema de saúde de Suzano em uma referência de qualidade para a região.

No site e em sua edição digital, o Oi vai dividir a entrevista em duas ou três partes com a finalidade de destacar os trechos mais relevantes.

Nesta primeira parte, o Oi trabalha com as informações transmitidas pelo secretário em relação ao luta contra o avanço da pandemia.

Pedro Ishi que foi eleito vereador na disputa do ano passado com mais de 3,4 mil votos, licenciou-se do Legislativo para ocupar a secretaria mais demandada em uma prefeitura em tempos de Covid.

“Com a ocupação dos leitos de UTI crescendo de forma dramática no mês de março, procuramos o governo do Estado juntamente com o prefeito Rodrigo Ashiuchi, para que houvesse a abertura de leitos do Hospital Arnaldo Pezutti e do Hospital das Clínicas. Conforme foi se agravando, o prefeito de forma instantânea já fez o contato conosco da secretaria, para que pudéssemos abrir mais leitos no Pronto Socorro e com isso, inauguramos também, um Covidário para atender a população”, explicou o secretário.

Pedro Ishi destacou também, que para superar esta segunda onda da covid-19, foi de extrema importância a parceria com dois hospitais particulares da cidade, o Santa Maria e o Saint Nicholas, que garantiu aproximadamente 49 leitos para os municípes.

“Conseguimos formar uma estrutura em nosso município que conseguiu atender a todos que precisavam de um leito. Nós ficamos preocupados, pois observávamos em cidades vizinhas, pessoas aguardando na fila para receber oxigênio, então procuramos uma forma para atender a todos e não deixar ninguém na fila”, ressaltou Ishi.

Internações em queda na cidade

O secretário afirmou que é possível notar uma diminuição no número de internações, mas destacou que ainda é cedo, para que a vida possa retornar ao normal na cidade. Sobre a questão da vacinação, o secretário afirmou que ainda recebe um número muito pequeno de vacinas do governo do estado e que por tal motivo, a cidade não está imunizando diversas pessoas.

A entrevista completa do secretário pode ser vista no Link a seguir: https://oidiario.com.br/pedro-ishi-secretario-de-saude-de-suzano-no-jornal-oi-ao-vivo-confira/

Fernando Haddad deve ser candidato a governador pelo PT em São Paulo

Em São Paulo, os bastidores para as eleições de 2022 ao governo do estado já começaram em alguns partidos. O PT busca convencer Fernando Haddad para entrar na disputa, segundo O Globo.

No mês de Fevereiro, Fernando Haddad havia afirmado que começaria a visitar todos os cantos do país como pré-candidato do PT à presidência. Mas, o destino e a decisão do ministro do STF Luiz Edson Fachin que tornou o ex-presidente Lula elegível, deixou Haddad em segundo plano.

Mesmo teoricamente fora da disputa presidencial, Haddad pretende manter suas viagens pelo Brasil para divulgar as propostas do PT.

Em recente pesquisa divulgada pelo Jornal Gazeta de São Paulo, Fernando Haddad (PT) tem aparecido bem nas pesquisas e deixando o atual governador João Doria (PSDB) comendo poeira na disputa pelo governo do estado.

Outros nomes que almejam o cargo são, Marcio França (PSB), Arthur do Val (Patriotas) e Guilherme Boulos (PSOL).

 

 

 

 

Caio Cunha: “Pela primeira vez, os mogianos terão auxílio para por comida na mesa”

Durante o início de noite desta terça-feira (13), os vereadores de Mogi das Cruzes aprovaram o auxílio emergencial mogiano para comerciantes e famílias em situação de vulnerabilidade social. A aprovação do projeto foi comemorado pelo prefeito Caio Cunha (Podemos) nas redes sociais.

Nas redes sociais, o prefeito Caio Cunha (Podemos) ressaltou que pela primeira vez, os mogianos vão ter auxílio financeiro para dar um suporte nesse momento difícil e destacou que em breve, deve fornecer informações sobre forma de cadastro e recebimento do benefício.

Abaixo, a manifestação positiva do prefeito Caio Cunha publicada há pouco nas redes sociais.

“Pela primeira vez, os mogianos terão auxílios financeiros para dar um suporte neste momento difícil. Prefeitura e Câmara Municipal se uniram para encontrar formas de apoiar financeiramente as famílias em vulnerabilidade e as pequenas empresas de nossa cidade.
Uma vitória em meio à crise sanitária que estamos vivendo. Nos próximos dias, daremos mais detalhes sobre o cadastro e datas de recebimento do Auxílio Emergencial e do Auxílio Empresarial.”

Presidente da Câmara defende união de secretarias, novas leis e menos burocracia para destravar Suzano após a pandemia

O presidente da Câmara de Suzano, Leandro Alves de Faria, o Leandrinho (PL), participou de uma entrevista virtual Ao Vivo no Jornal Oi e falou de maneira franca e objetiva sobre as virtudes e eventuais problemas da cidade.

Por conta da importância das avaliações e declarações do presidente do Legislativo o Oi dividiu a entrevista em três reportagens diferentes para as edições virtuais.
Nessa terceira reportagem o Oi destaca os alertas e cobranças do presidente do Legislativo para a necessidade de união (na prática) das secretarias municipais, da elaboração de novas leis e do combate a burocracia para que a cidade seja realmente uma referência no processo de desenvolvimento econômico no pós-pandemia.

Ao ser questionado sobre os caminhos para a cidade se recuperar financeiramente, o presidente da Câmara ressaltou que é necessário haver uma união das secretarias do município e realizar a criação de leis para desburocratizar a instalação de empresas.

“As secretarias devem se unir mais! Temos que pensar em fazer algumas leis, que são exemplos de outras cidades e que deram certo, e trazer para o nosso município. É necessário flexibilizar e desburocratizar um pouco, pois nós temos algumas dificuldades em nosso sistema que trava nossa cidade”, afirmou o presidente.
Leandrinho ressaltou que a prefeitura pode facilitar ainda mais vida dos comerciantes e investidores: “Eu penso, que devemos fazer alguma forma para que realmente as secretarias possam andar em conjunto, e dessa forma elas vão desburocratizar quando o empresário vem montar uma indústria ou comércio. Hoje, temos que deixar esse processo rápido, pois atualmente o empresário quando quer investir na cidade tem dificuldades”,, alertou.

O presidente do Legislativo salientou que Suzano já é uma cidade atraente para os empresários, haja vista, que atualmente há alça do Rodoanel e fácil acesso a outras rodovias.

“Nossa cidade é de muito fácil acesso, temos hoje, por exemplo, o Rodoanel. Há um projeto da nova alça do rodoanel também, e temos que pensar e ter a certeza, que isso vai somar para a economia e repito, se haver a desburocratização, isso vai auxiliar para recuperamos logo a economia após a Covid”, ressaltou Leandrinho.

O presidente da Câmara comentou também sobre outros assuntos no decorrer da entrevista, que podem ser visto no Link: https://www.facebook.com/oidiario

Auxílio para comerciantes e famílias em vulnerabilidade social é aprovado em Mogi

Durante a longa sessão desta terça-feira (13), os vereadores de Mogi das Cruzes aprovaram os projetos de lei que devem conceder auxílio emergencial para comerciantes e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

O projeto de lei 30/21, que é de autoria do prefeito Caio Cunha (Podemos), vai instituir a criação de uma auxílio emergencial para as famílias em situação de vulnerabilidade social, com o objetivo, de minimizar os impactos do enfrentamento da crise causados pela covid-19.

O outro projeto é o 29/21, que também é de autoria do prefeito Caio Cunha, que vai instituir a criação do auxílio aos contribuintes do Simples Nacional. Este projeto trata-se do Auxílio Empresarial Mogiano, e deve ser pago em duas parcelas correspondentes aos meses de Abril e Maio. Os valores aos comerciantes e empresários da cidade, devem variar entre R$ 300 a R$ 1,5 mil, de acordo com as características do empreendimento.

O prefeito deve sancionar o projeto nos próximos dias e disponibilizar as informações para inscrição e recebimento do benefício.

Vereadores se manifestaram sobre os projetos de lei durante a votação:

O vereador John Ross (Podemos), parabenizou o prefeito Caio Cunha (Podemos), pela iniciativa que contempla as empresas que segundo o parlamentar, estão em momentos de desesperos e destacou a importância deste auxílio, que pode ajudar para que empregos sejam mantidos.

A vereadora Malu Fernandes (SD), afirmou estar feliz pelo fato de estar aprovando um projeto tão importante, que deve auxiliar diversas famílias carentes e parabenizou a prefeitura.

 

 

Quem será? Prefeito da região é indicado ao prêmio de “Melhor Prefeito do Mundo”

Uma notícia chamou atenção nesta segunda-feira (12) na região do Alto Tietê, isso porque, um dos prefeitos da região foi o único brasileiro a receber a indicação, para concorrer ao prêmio de “melhor prefeito do mundo”.

Trata-se de Guti (PSD), prefeito de Guarulhos, que recebeu a indicação ao prêmio World Mayor 2021, premiação que celebra prefeitos de destaque ao redor do mundo no combate à pandemia da covid-19.

O prefeito de Guarulhos, que está no início do segundo mandato, foi o único político brasileiro e um dos três sul-americanos a ser indicado ao prêmio.

De acordo com informações do O Dia, a premiação internacional neste ano escolheu candidatos “que convenceram seus concidadãos de que lutam por uma sociedade civíl mais igualitária, unida e tolerante.

O Jornal Oi, deve acompanhar os resultados dessa premiação e informar se houve ou não vitória do prefeito Guarulhense. Nesta indicação há também da américa do sul, a prefeita de Bogotá e o prefeito de Buenos Aires.

 

Vereador Fábio Diniz faz moção de apelo para que profissionais do transporte público e escolar sejam vacinados

O vereador de Suzano, Fábio Diniz (PTB), deve apresentar na próxima quarta-feira (14) uma moção de apelo ao prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL), para que inclua no grupo prioritário de vacinação contra a covid-19, os profissionais que atuam no transporte público do município e também, aos condutores escolares.

De acordo com argumentos do parlamentar Fábio Diniz na moção de apelo obtida com exclusividade pelo Jornal Oi, os profissionais do transporte público possuem uma possibilidade de ser contagiados em 71%, segundo informações do pesquisador Yuri Oliveira Lima da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Fábio Diniz, também colocou no grupo de vacinação prioritária na moção de apelo realizada, os transportadores escolares e alegou que é de extrema importância a imunização destes profissionais, haja vista, que em breve as aulas devem retornar, e eles podem estar em risco realizando sua atividade profissional.

A moção será colocada em votação na sessão da próxima quarta-feira (14), e segundo informações obtidas nos bastidores da Câmara, deve ser aprovada por unanimidade entre os parlamentares.

 

Sem reconhecer o trabalho de Naufel, gestão Caio Cunha cumpre decisão do MP e confirma a demissão do secretário de Saúde

Na manhã desta segunda-feira, 12, o Jornal Oi teve acesso a informação de que o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode) decidiu demitir o secretário de Saúde, Henrique Naufel. Ainda pela manhã a reportagem do Oi questionou a Coordenadoria de Comunicação da prefeitura mogiana para confirmar ou não a demissão de Naufel. Somente no final da tarde e sem defender o trabalho do agora ex-secretário a prefeitura se manifestou sobre o assunto.

Confira a seguir as perguntas do Oi e os esclarecimentos da gestão Caio Cunha 

Jornal Oi: O secretário Henrique Naufel foi demitido ou pediu demissão ?

Jornal Oi: Em qualquer um dos casos, qual foi o motivo?

Jornal Oi: Qual a avaliação do prefeito, Caio Cunha (Podemos), para o desempenho do secretário nestes 100 dias?

Jornal Oi: Quem é o novo secretário/a? Quando tomará posse?

Segue abaixo a nota emitida pela prefeitura de Mogi das Cruzes 

“A Prefeitura Municipal de Mogi das Cruzes informa que o secretário municipal de Saúde, Dr. Henrique Naufel, foi desligado da função nesta segunda-feira (12/04).
A medida atende a recomendação do Ministério Público do Estado de São Paulo, que orientava para a exoneração do chefe da pasta da Saúde.
O Executivo esclarece que os trabalhos no combate à pandemia seguirão de forma intensa, baseados na ciência e na razão.
Uma comissão interna vai assumir temporariamente a Secretaria da Saúde para que não haja prejuízo aos serviços prestados e também para conduzir um diagnóstico da pasta. Estes dados irão subsidiar o novo nome que vai assumir a função e que, no momento, segue em tratativas.”

 

Prefeitura de Guararema