Suzano fecha parceria com Estado para custeio de 49 leitos de Covid-19; Repasse será de R$ 3,5 milhões
O prefeito Ashiuchi destacou a importância do apoio do Estado neste momento de pico de casos e das altas taxas de internação/ Foto: Paulo Pavione/Secop Suzano
Prefeitura de Guararema

Em reunião no Palácio dos Bandeirantes, na capital paulista, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi, fechou uma parceria com o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, para custeio de 49 leitos destinados às pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19), sendo 30 de enfermaria e 19 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O repasse será pela modalidade “fundo a fundo”, no valor de R$ 3.546.000,00 para 90 dias.

Na oportunidade, acompanhado do secretário-executivo do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), e dos prefeitos Caio Cunha, de Mogi das Cruzes; Eduardo Boigues, de Itaquaquecetuba; e Gustavo Henric Costa, de Guarulhos, Ashiuchi destacou a importância do apoio do Estado neste momento de pico de casos e das altas taxas de internação.

“Estamos vivendo um período muito difícil e todos os prefeitos da região estão focados em conseguir ofertar leitos para a população. Suzano, por exemplo, chegou a 100% de ocupação do Pronto-Socorro Municipal nesta semana, mas já conseguimos abrir novas vagas por meio de parcerias, o que fez o índice cair para 69% nesta sexta-feira”, informou.

O chefe do Executivo suzanense explicou ainda que a parceria do repasse “fundo a fundo” vem para apoiar justamente as locações de leitos das unidades da rede privada, sendo que o Estado deverá enviar R$ 300 para a diária das reservas de enfermaria e R$ 1,6 mil para das de UTI.

“Como a cidade conta com nove UTIs no Hospital Saint Nicholas e mais dez no Hospital Santa Maria, haverá o custeio do governo paulista com implemento da verba municipal, uma vez que cada unidade de terapia avançada tem um custo de R$ 2,5 mil, e de enfermaria R$ 1,4 mil”, detalhou.

Ainda do encontro, as autoridades trataram da abertura de leitos em hospitais do Estado, sendo pelo menos 70 unidades – 40 enfermarias e 30 UTIs.

O pedido, que partiu do consórcio, foi para diversos hospitais da região, incluindo o Hospital Auxiliar das Clínicas, o HC de Suzano.

“O local tem espaço para acolher mais pacientes. Esperamos que o governo do Estado estude essa possibilidade e coloque em prática o quanto antes. O secretário Marco Vinholi já sinalizou que o pedido está em andamento e que possivelmente conseguirá realizar a abertura”, finalizou.

Dados

Nesta sexta-feira, Suzano registrou 11.437 casos de infecção, com 385 óbitos e 8.970 recuperados.

A taxa de ocupação é de 69%, sendo que o Pronto-Socorro Municipal está trabalhando com 90% de sua capacidade.

A cidade registrou também 11.127 pessoas imunizadas com a primeira dose e 3.708 com as duas.