Arujá abre espaço exclusivo para identificar pacientes com Covid e convoca idosos acima de 77 anos para vacinação neste sábado
Neste sábado, 6, excepcionalmente, as equipes estarão atendendo os idosos que receberam o link pelo WhatsApp, para o agendamento da aplicação da primeira dose/ Foto: Divulgação
Tenda Atacado

A Secretaria Municipal de Saúde de Arujá está enviando desde quinta-feira, 4, mensagens via WhatsApp, para os idosos pré-cadastrados no site da prefeitura (prefeituradearuja.sp.gov.br ) e no Vacina Já do governo estadual, convocando-os para fazerem o agendamento, clicando no link enviado pelo aplicativo, para a vacinação neste sábado no ginásio Habib Tannuri.

Neste sábado, 6, excepcionalmente, as equipes estarão atendendo os idosos que receberam o link pelo WhatsApp, para o agendamento da aplicação da primeira dose.

“Aqueles que não souberem usar o celular, seja para fazer o pré-cadastro ou o agendamento no site da Prefeitura, podem pedir ajuda na Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, que estaremos auxiliando”, informou a diretora técnica de Saúde, Margareth Murteira.

Já aqueles que fizerem o pré-cadastro no site da prefeitura e receberem a mensagem de que devem aguardar, é porque o lote de vacinas vindo para Arujá, destinado à sua faixa etária, já está com os agendamentos esgotados e a pessoa precisará, portanto, aguardar ser chamada via WhatsApp, quando chegar a sua vez na fila de espera do cadastro.

“Se houver vacinas disponíveis, mesmo com todos os agendamentos feitos e aparecer algum idoso no ginásio, de 77 anos ou mais, fazemos o pré-cadastro dele na hora, mediante apresentação do comprovante de endereço, cartão do SUS e documento de identidade com foto e vacinamos. Mas, se não houver vacinas disponíveis, não temos como vacinar, porque primeiro estamos vacinando só os que foram chamados e fizeram o agendamento no site da Prefeitura”, explicou Margareth.

Mais informações sobre a vacinação contra a Covid-19 na cidade podem ser obtidas no chat online no site da prefeitura.

Espaço exclusivo no PS Central, em local aberto, identifica pacientes suspeitos de Covid

Montado na entrada do Pronto Socorro Central, o espaço tem como missão, inicialmente, individualizar o atendimento, selecionando os usuários que não estão com quadro gripal, daqueles que estão com suspeita de Covid.

Agilizando e humanizando o atendimento, além de prevenir a aglomeração em local fechado, o que aumenta o risco de transmissão do vírus.