Arena Suzano recebe público pela 1ª vez após a pandemia. Suzano Vôlei perde para o Sesi
O time suzanense foi superado por 3 sets a 1, mas o grande destaque da noite foi o retorno do público à praça esportiva/ Foto: Reprodução
Governo do Estado de São Paulo

O Suzano Vôlei entrou em quadra pela primeira vez após o término do Campeonato Paulista, contra o Sesi-SP.

O time suzanense foi superado por 3 sets a 1 (parciais de 22×25, 17×25, 25×22 e 21×25), mas o grande destaque da noite foi o retorno do público à praça esportiva.

Para a primeira partida com público em casa, o técnico Alessandro Fadul escolheu rodar o elenco, dando oportunidades aos atletas da equipe com uma formação mesclada entre os atletas da campanha do estadual.

Com muita festa e animação da torcida, os primeiros pontos do jogo lembraram o duelo da Vila Leopoldina pelo Campeonato Paulista, com o bom ritmo e equilíbrio que marcou o encontro.

Valendo-se da grande qualidade que marca o time, os paulistanos investiram em explorar o bloqueio para pontuar.

Ao lado da torcida pela primeira vez desde a criação da nova equipe, o Suzano Vôlei foi embalado pelos gritos e incentivos do público, mantendo as ações parelhas na parcial que terminou 25 a 22 para os visitantes.

Na segunda parcial, o Suzano manteve a intensidade para buscar o jogo, mas contra uma equipe de Superliga A pela frente, o time da casa fez o possível para se manter próxima no placar.

A partida bem jogada dos adversários não contrastava com a dos suzanenses, que usavam de suas melhores qualidades para lutar pelo resultado. Ainda assim, o Sesi soube sustentar boa vantagem na parcial para fechar o placar em 17×25.

Com um 2×0 contra no placar, era necessário um algo a mais para reagir em quadra; o pedido vindo das arquibancadas era para não desistir.

Batendo de frente com um dos melhores times do Estado, o clube do Alto Tietê encontrou a chave para voltar firme para a partida e o Suzano Vôlei soube acertar a parte final das jogadas para imprimir bom ritmo no ataque.

A força dos suzanenses deu efeito e na base da raça, a equipe venceu o set por 25×21. Explosão de alegria dos mais de mil torcedores na Arena!

De volta ao jogo após vencer o set anterior, o time da casa ganhou novo fôlego para brigar pela vitória.

Na busca pelo resultado, o time de Suzano começou a parcial na frente, ainda que o Sesi tenha recuperado o equilíbrio visto na primeira parcial.

A diferença entre os times no placar não foi além dos três pontos de vantagem. No final, o Sesi soube usar a vantagem ao seu favor, para terminar a parcial em 21×25, conquistando a vitória por 3 sets a 1.

Após o acirrado amistoso, o técnico Alessandro Fadul analisou o encontro, citando também a torcida.

“Fomos bem, eficientes em alguns pontos importantes contra um time de Superliga A como o Sesi. Mas no geral, saímos muito felizes com a presença dos torcedores, eles foram o principal dessa noite”, disse.

Os amantes do vôlei na cidade de Suzano acompanharam com muito entusiasmo a partida, incentivando o time da casa desde o começo da partida até o final.

Para a torcedora Nair Bassi, o jogo foi de grande emoção. “Estar acompanhando o amistoso presencialmente foi de grande alegria. Vibramos muito com cada ponto. Estava tudo muito organizado, com distanciamento e uso de máscara. Espero voltar mais vezes”, contou.

Agora, a equipe foca seus esforços na preparação para Superliga C, que começa em novembro deste ano.

A disputa será na Arena Suzano, onde o time enfrenta as equipes de Iacanga/RH Fitness e Unisantana/Diadema pela fase de grupos. Se vencer os dois confrontos, garante vaga para a semifinal e final, onde apenas o vencedor da chave Sudeste conquista uma vaga na edição de 2022.