Alpha assume a gestão do P.A Guido Guida em Poá. Na segunda-feira cinco UBSs terão horário estendido
Na manhã dessa quinta-feira, a prefeita Marcia Bin e a secretária de Saúde, Claudia Cristina de Deus, acompanharam as reformas e mudanças nas instalações realizadas pela nova gestora/ Foto: Rodrigo Nagafuti/Secom Poá
Campanha Tudo novo

De acordo com a Secretaria de Saúde de Poá, o Instituto “Alpha de Medicina para a Saúde” assume oficialmente a gestão do Pronto Atendimento Municipal Guido Guida, nesta sexta-feira, 21, a partir das 19 horas.

Na manhã dessa quinta-feira, 20, a prefeita Marcia Bin e a secretária de Saúde, Claudia Cristina de Deus, acompanharam as reformas e mudanças nas instalações realizadas pela nova gestora.

Atualmente, o espaço recebe intervenções de melhoria pela empresa, com a reorganização de fluxo de atendimento e modernização do sistema, bem como pintura nova.

“A expectativa é muito boa, visto que a partir de agora iremos melhorar o atendimento à população, que poderá contar com um sistema mais moderno, mais profissionais da Saúde e exames 24 horas por dia. Além disso, com a novidade, será possível oferecer um pacote de melhorias na rede básica de saúde”, ressaltou a chefe do Executivo, Marcia Bin.

A partir das 19 horas desta sexta-feira, os pacientes poderão contar com um sistema 100% informatizado, com distribuição de senhas para triagem e atendimento médico com quatro clínicos gerais e dois pediatras por plantão dia e noite.

“Além disso, haverá atendimento inicial com controlador de acesso, exames laboratoriais e raio-X disponíveis 24 horas para os pacientes que passarem por consulta no P.A”, detalhou.

Com a contratação do instituto, haverá ainda uma grande economia aos cofres públicos.

“A terceirização do Guido Guida é um grande avanço para a Saúde do município, pois o custo para manter este atendimento de 100% hoje é de, aproximadamente, R$ 4,5 milhões mensais para os cofres municipais e com a OSS, teremos um atendimento de excelência por cerca de R$ 2,5 milhões ao mês, ou seja, ofertamos um serviço de qualidade à população e ainda proporcionamos uma economia anual de R$ 24 milhões no período de 12 meses”, destacou a prefeita Marcia Bin.

Rede Básica de Saúde

Com o início da Organização Social de Saúde (OSS) na gerência do Guido Guida, todos os profissionais serão transferidos para a rede básica de saúde fortalecendo os serviços e atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Sendo assim, a partir da próxima segunda-feira, 24, cinco postos terão horário estendido de oito para 12 horas, ou seja, das 7 às 19 horas.

São eles: Dr. Cypriano Oswaldo Monaco (Jardim Nova Poá); Edvaldo Lupettis (Cidade Kemel); Tito Fuga (Calmon Viana); Wellington Lopes (Jardim América) e Nelson Pozzani Filho (Vila Varela).

Além disso, também a partir da próxima semana, todas as UBSs oferecerão testes rápidos (antígeno) da Covid-19 sem necessidade de agendamento, de acordo com o horário de atendimento de cada unidade.

“Antes os exames eram realizados apenas nas Estratégias de Saúde da Família (ESF), das 7 às 9 horas. Agora este serviço também será ampliado, sendo muito importante neste momento que registramos um aumento no número de casos da doença”, frisou a secretária.

A secretária ressaltou ainda que a UBS Julieta (Sebastião Arrecignelli) será voltada exclusivamente para atendimentos da Equipe Multidisciplinar de Atendimento Domiciliar (EMAD) e de ambulatório de feridas e o CSII mudará de local.

“Os moradores da região do Jardim Julieta poderão se dirigir para as unidades do Kemel e da Wellington Lopes. Além disso, o atendimento do CSII será transferido para a UBS Vila Júlia (Doutor Murilo Mendes Soares), visto que o prédio é muito antigo, considerado insalubre pelo barulho dos trens da CPTM e também um local que sofre alagamentos em dias muito chuvosos”, explicou.