A surra que Lula aplica em Bolsonaro (51% a 20%) merece ser comemorada; o Brasil tem futuro
Os números indicam que os jovens sabem e sentem que não terão futuro algum caso o Brasil continue neste caminho das trevas/ Foto: Divulgação
PREFEITURA MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES

Entre adolescentes e jovens de 12 capitais, o ex-presidente Lula (PT) tem detém a preferência.

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quarta-feira, 27, indica que o petista acumula 51% das intenções de voto junto a este eleitorado, contra 20% do atual presidente, Jair Bolsonaro (PL).

De acordo com reportagem publicadas no site Congresso em Foco, em terceiro lugar na pesquisa aparece o pedetista, Ciro Gomes registrou 12%.

Já Simone Tebet (MDB) aparece em quinto lugar, com 1%. Ela fica atrás de André Janones, que registrou 2% das intenções de voto.

Dividida por estratos, a pesquisa indica ainda que no grupo mais jovem, de 16 a 24 anos, a preferência por Lula sobe para 54%; Bolsonaro fica com 24% e Ciro com 10%. Este grupo representa 15% da população.

Os percentuais acima dizem respeito à pesquisa estimulada, isto é, quando é apresentada aos entrevistados uma lista de possíveis candidatos para que ele escolha o de sua preferência.

Na entrevista espontânea, sem apresentação de nomes, Lula também mantém a dianteira e acumula 41% das intenções de voto, contra 17% de Bolsonaro. Ciro cai para 3%.

A pesquisa Datafolha entrevistou pessoas entre 16 e 29 anos entre os dias 20 e 21 de julho. Foram ouvidos 935 eleitores em São Paulo, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Recife, Porto Alegre, Curitiba, Goiânia, Brasília, Manaus e Belém.

O levantamento tem margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Eis uma grande notícia: esses números indicam que os jovens estão vendo e sentindo a situação do Brasil.

Indicam que eles sabem e sentem que não terão futuro algum caso o Brasil continue neste caminho das trevas, indicam que ainda pode continuar sendo ou poderá voltar a ser o País do futuro.