Vereadores denunciam a ‘pressa do governo de Ferraz’ para autorizar a construção de prédios na cidade
Os vereadores Eliel Fox e Renatinho Se Ligue participaram nesta segunda do “Café na Redação”/Foto: Reprodução

Os vereadores Eliel Fox (PR) e Renatinho Se Ligue (PPS) participaram nesta segunda-feira, 11, do “Café na Redação” para debater a retomada das sessões na Câmara de Ferraz e a falta de planejamento, de competência e de transparência do governo do prefeito Zé Biruta  (PRB).

Por cerca de 50 minutos eles conversaram com o jornalista Bras Santos e responderam perguntas encaminhadas por moradores da Ferraz e da região que acompanharam a Live.

O ativista cultural e social, Anderson Dias dos Santos, o Gustavinho, que coordena a página no Facebook “Salve Ferraz” e promoveu no mês passado um protesto contra o governo de Ferraz, também participou do debate.

Por telefone ele destacou o trabalho dos dois vereadores e criticou a postura do prefeito Zé Biruta e do assessor de Comunicação da prefeitura, Fernando Felippe, que teriam ‘se acovardado’ no dia da manifestação promovida com o objetivo de forçar o prefeito a trabalhar mais e apresentar ‘resultados’ de sua gestão para  a cidade e o povo.

Os dois vereadores voltaram  a criticar a falta de planejamento, de transparência e de resultados do governo Biruta e garantiram que neste ano de 2019 vão intensificar as cobranças junto ao governo que tem uma das piores avaliações em toda a região do Alto Tietê.

Levantamento feito pelo Instituto Bras Santos e publicado com exclusividade pelo Oi Diário no mês passado revelou que mais de 85% dos ferrazenses avaliaram os dois primeiros anos do governo do prefeito Biruta como sendo ruim ou péssimo.

Os vereadores observaram que existem concorrências abertas pela prefeitura e isso indica que o governo poderá ser um pouco mais eficiente neste ano do que em 2018 e 2017.

Questionados sobre a construção de prédios em vários pontos da cidade, apesar de a prefeitura estar ‘sentada sobre o plano diretor’ desde o início de 2017 e impedindo que ele seja revisado, os vereadores denunciaram que a prefeitura (desde as gestões de Acir Filló e José Izidro) tem sido bastante rápida em autorizar/liberar empreendimentos imobiliários da iniciativa privada, mas segue muito lenta (especialmente a Secretaria de Obras) na hora de resolver questões que afetam a população que dependem do trabalho da prefeitura.

Como a reforma de postos de saúde, de escolas e creches e solução para o caso do prédio fantasma do Centro de Convenções.

A prefeitura poderá se manifestar nas próximas horas sobre essa incoerência denunciada pelos vereadores, ou seja, pressa para liberar empreendimentos imobiliários (apesar das restrições do Plano Diretor vigente) e demora para resolver problemas que devem ser tratados pela prefeitura.