Vereadores cobram mais rapidez na limpeza do rio Tietê e melhoria na qualidade da água
Parlamentares de Mogi apresentaram na sessão de ontem que o Estado agilize o licenciamento ambiental para concluir o processo de limpeza do Rio Tietê/Foto: Glaucia Paulino/Oi Diário

Foi aprovada, na sessão ordinária dessa terça-feira, 4, a Moção 65/2018, apresentada pelo vereador mogiano Diegão Martins (MDB), que pede ao Governo do Estado que seja agilizado o licenciamento ambiental para que o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) possa concluir o projeto de limpeza do Rio Tietê, no trecho de Mogi das Cruzes.

Diegão argumenta que a medida vai melhorar a qualidade e a captação da água para os munícipes.

“O crescimento da vegetação aquática tem gerado transtornos na captação de água pelo Serviço Municipal de Águas e Esgoto (Semae), pelo risco de entupir tubulações e bombas, bem como tem prejudicado o tratamento da água levada aos mogianos”, ressaltou o vereador, no documento apresentado ao Plenário.

Segundo estimativa do DAEE, devem ser retirados mais de 25 mil metros cúbicos de vegetação superficial, enraizada em uma extensão de 17 quilômetros. A Moção será enviada ao secretário estadual de Meio Ambiente, Eduardo Trani, e ao prefeito Marcus Melo (PSDB).