‘Autoridades’ ignoram o povo de Ferraz