Tricologia: tratamento capilar avança em novas tecnologias com laser

0
215

Tricologia vem do grego thricos (cabelos) logos (estudo). É um ramo da ciência que estuda os cabelos e o couro cabeludo. A prática da Tricologia engloba o trabalho de diferentes profissionais, como médicos, terapeutas capilares, farmacêuticos, biólogos entre outros.

Cada qual trabalhando dentro de seus conhecimentos e limitações da área de atuação. “A atuação médica na Tricologia, cabe a este profissional diagnosticar alterações e doenças capilares e do couro cabeludo, solicitar e realizar exames, prescrever medicamentos, indicar e realizar procedimentos médicos para a melhora da doença, bem como para a prevenção de sua evolução e também promover a saúde e beleza dos fios” afirma a médica Thálita Rodrigues.

Para diagnosticar as alterações dos fios e do couro cabeludo, hoje há instrumentos de alta tecnologia como lupas e o tricoscopio, aparelho que nos mostra o couro cabeludo e os fios em um grande aumento, nos permitindo a avaliação dos sinais clínicos que correspondem as queixas dos pacientes como inflamações, descamações, rarefações, perdas capilares, além da quebra dos fios, auxiliando o diagnóstico e consequentemente a instituição da terapêutica ideal. Vale ressaltar que é de extrema importância a avaliação criteriosa do paciente como um todo, do seu couro cabeludo e do seu cabelo por um profissional devidamente habilitado.

Além das técnicas já consagradas como a terapia capilar com óleos essenciais, a mesoterapia, o microagulhamento com dry delivery e o LED, o uso de lasers de baixa e de alta potência, hoje são os tratamentos mais empregados com estudos que comprovam sua efetividade no tratamento de diversas patologias do couro cabeludo e também na promoção de fios mais saudáveis. O laser de baixa potência tem efeito biomodulador, estimula a raiz do cabelo e o folículo piloso, já o laser fracionado de alta potência, age por mecanismo de estimulação do folículo piloso.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO