O Jornal Oi questionou nessa segunda-feira, 26, a Prefeitura de Suzano sobre o início dos preparativos para a Special Olympcs.

O evento vai acontecer entre os dias 20, 21 e 22 de abril e o objetivo do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) é que Suzano faça a maior seletiva olímpica inclusiva já realizada em uma cidade do Brasil. Estarão em Suzano, atletas com deficiência intelectual de São Paulo e de outros sete estados (Ceará, Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco).

No início da noite dessa segunda o governo informou que a “Secretaria de Esportes e Lazer realiza no início desta semana a manutenção da pista de atletismo no Estádio Francisco Marques Figueira, Suzanão, com pó de pedra para que ela esteja adequada à realização dos jogos. Depois da conclusão desta etapa, o mutirão vai organizar o Complexo Poliesportivo Paulo Portela, revitalizando o espaço. Não há despesa para a gestão, pois está sendo utilizada mão de obra própria e também a colaboração do voluntariado do evento. São cinco locais de competições: Parque Max Feffer (vôlei de areia); Estádio Francisco Marques Figueira, o Suzanão (atletismo); Aceas (tênis e tênis de mesa); piscina do Complexo Poliesportivo Paulo Portela (natação); Sesi (bocha, futsal, judô, entre outras modalidades)”, ressaltou o governo.