Sites da prefeitura e da Câmara ‘escondem’ do povo as denúncias e processos contra o prefeito Jarbas
Parece que a direção da Câmara e o próprio governo tentam esconder da população todas as lambanças praticadas pelo prefeito Jarbas/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Mogi das Cruzes

Por causa das ‘lambanças promovidas e protagonizadas’ pelo prefeito Jarbas Ezequiel (PV) a prefeitura e a cidade de Biritiba Mirim sofrem com uma crise política e administrativa sem precedentes.

O prefeito já foi afastado do cargo duas vezes (uma pela Justiça e outra pelos vereadores), mas mesmo assim o prof. Jarbas continua no cargo. Por outro lado, a Câmara de vereadores instalou duas Comissões Processantes (CPs): uma para investigar o possível pagamento de mesada pelo prefeito a três vereadores e outra para apurar o suposto recebimento de propina pelos vereadores.

Essas duas CPs com duração máxima de 30 dias poderão resultar no afastamento em definitivo tanto do prefeito quanto dos três vereadores, sendo que esses vereadores foram afastados pela própria Câmara no mês passado e, ao contrário do prefeito Jarbas, não conseguiram na Justiça o direito de continuar no poder.

Apesar de todos esses problemas políticos e administrativos que estão paralisando um governo que, desde o seu início, é extremamente mal avaliado pela população, os sites oficiais da prefeitura e da Câmara não apresentam nenhuma informação sobre as últimas decisões que envolvem o prefeito, o governo e a Câmara.

Parece que a direção da Câmara e o próprio governo tentam esconder da população (que paga impostos e ajuda o Executivo e o Legislativo a manterem seus sites no ar) todas as lambanças praticadas pelo prefeito e as consequências nefastas da paralisação do governo para a cidade e ao povo.

Tanto o governo do prof. Jarbas quanto a mesa diretiva da Câmara poderão se manifestar sobre o assunto nas próximas horas.