Guararema vai promover a 5ª Feira do Estudante nesta quarta
O evento será das 8 às 15 horas, na Escola Profissionalizante “Prefeito Sebastião Alvino de Souza” / Foto: Divulgação
Prefeitura de Mogi das Cruzes

A prefeitura de Guararema e o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD) realizam a Campanha Setembro Verde. A campanha visa colaborar com a formação das lutas pela cidadania, participação social e igualdade de condições, auxiliando a luta pela ampliação de direitos, por uma sociedade mais justa.

Inspirada pelo dia 21 de setembro, considerado desde 1982 o dia Nacional da Luta das Pessoas com Deficiência, o qual a cor verde da esperança tem o significado de dias melhores para o Brasil e principalmente para as pessoas com deficiência.

A data foi escolhida por sua proximidade com a primavera e por ser considerada, também, o Dia da Árvore, o que nos remete a pensar que uma sociedade acessível e inclusiva, sustentável em todos os aspectos.

A campanha inicia com a Capacitação “Inclusão da Pessoa com Deficiência”, com Vander Leonardo de Morais. Formado em Psicologia, Vander tem experiência em segmentos sociais e durante o seu encontro tem o objetivo de transformar uma visão assistencialista e excludente em um modelo que permita as pessoas desenvolverem seus potenciais humanos e exercer uma vida plena em seus direitos civis.

Os encontros acontecem nos dias 17 e 18 de setembro, das 8 às 12 horas, na Escola Profissionalizante “Prefeito Sebastião Alvino de Souza”.

Já no dia 21, às 10 horas, inicia a Exposição “CRAS na Arte-Inclusão”, com os trabalhos desenvolvidos durante as oficinas de arte-inclusão.

O evento também contará com uma apresentação de dança do ventre, com a professora Eveliny e as alunas Beatriz Estrela Nunes e Karine Souza Mariano. A exposição e apresentação acontecem na Estação Literária “Profª Maria de Lourdes Évora Camargo”, rua 19 de Setembro, 233, no Centro.

Para encerrar o movimento Setembro Verde, a Trupe da Inclusão apresenta o espetáculo “E se fosse você?”. O objetivo da montagem é mostrar, de forma lúdica, como é o universo da pessoa com deficiência.

O enredo é norteado por histórias engraçadas e esclarecedoras baseadas em situações reais vivenciadas não só pelo público em destaque, como por todos que convivem com pessoas que apresentam alguma deficiência. A peça acontece no dia 21 de setembro (sexta-feira), às 18 horas, no auditório da Estação Literária.