Setembro Amarelo
A depressão é uma doença muito séria e, está sendo considerada o mal do século/ Foto: Divulgação

O mês de setembro é considerado o mês mundial da prevenção ao suicídio, ou também chamado de Setembro Amarelo. Esse período do ano da uma atenção especial para os problemas psicológicos, principalmente para a depressão, principal responsável por suicídio.

A depressão é uma doença muito séria e, está sendo considerada o mal do século. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), a taxa de suicídios na população de 15 a 29 anos chegou a 5,6 por 100 mil habitantes somente no Brasil, isso desconsiderando os casos de tentativas falhas que não estão nas estatísticas.

No mundo inteiro uma pessoa comete suicídio a cada 40 segundos, no Brasil, a cada 45 minutos. Esses números são alarmantes, no nosso país, o suicídio ocupa atualmente a quarta posição no ranking de causas mais comuns de mortes de jovens.

O tema ainda é um tabu, principalmente por não ser muito falado nas mídias tradicionais. Isso não ocorre por vontade dos meios, mas sim por uma recomendação da OMS. De acordo com estudos, pessoas que estão em situação de risco, quando entram em contato com casos reais de suicídio, se sentem encorajadas a fazê-lo.

A série da Netflix thirteen reasons why tratou de forma bem explicita o tema, e posteriormente a sua estreia, o número de pesquisas na internet sobre como cometer suicídio aumentou consideravelmente, porém, também influenciou em um crescimento na busca por ajuda, deixando claro que a busca por ajuda médica deve ser realizada, bem como explicitando canais de ouvidorias e chats que ajudam pessoas com pensamentos suicidas.

Infelizmente é um tema muito delicado, devendo ser abordado com cautela, mas nunca esquecido. Se você conhece alguém que apresenta comportamentos estranhos, como tristeza persistente, postagens relacionadas a suicídio ou depressão profunda nas redes, fadiga, perda de interesse em atividades antes apreciadas, alteração de sono, irritabilidade, entre outras questões, não a deixe desamparada. Se mostre presente e aconselhe sempre a busca por um profissional qualificado.

Para aconselhamentos ligue para o número 188 gratuitamente, ou entre diretamente no chat online do Centro de Valorização da Vida.