Série de reportagens do Oi denuncia ‘a contribuição’ do prefeito Zé Biruta com a destruição de Ferraz
O Oi Diário em uma série de reportagens denuncia a falta de compromisso do governo Biruta na cidade de Ferraz/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Guararema Mirante

Tem gerado grande repercussão a série de reportagens elaboradas pelo Jornal Oi para denunciar a falta de compromisso do governo do prefeito Zé Biruta com o presente e o futuro de Ferraz de Vasconcelos.

Na primeira reportagem o Oi Diário denunciou, com riqueza de informações, detalhes e imagens, a destruição do prédio da Escola Técnica Estadual (Etec) que ficava na Vila Jamil.
O prédio foi construído em 2007 na primeira gestão do ex-prefeito Jorge Abissamra e nos últimos dez meses foi totalmente destruído por vândalos e marginais, sendo que o atual prefeito não ‘moveu uma palha’ para impedir a destruição de um patrimônio da prefeitura, da cidade e do povo.

A segunda reportagem destaca a vocação do atual governo de Ferraz em ser omisso.
Essa omissão é escancarada a partir da decisão do prefeito e de seus secretários de não permitir que equipamentos de ginástica e brinquedos que estão instalados no Centro de Convenções fantasma da cidade sejam transferidos para outros locais e fiquem à disposição da população.

Aparentemente sem coragem e sem capacidade para resolver o problema do Centro de Convenções o atual governo de Ferraz decidiu ‘interditar’ todo o entorno do prédio que segue abandonado. A interdição impede que os ferrazenses tenham acesso aos brinquedos e equipamentos de ginástica que estão instalados no entorno do prédio fantasma.
A reportagem do Oi constatou que sem uso e sem manutenção os equipamentos estão apodrecendo.

A expectativa é que após a postagem da videorreportagem onde o abandono de todo o Centro de Convenções é denunciado, a população e o Ministério Público exijam do prefeito a liberação de acesso aos equipamentos e brinquedos ou a imediata transferência para outro local das peças que aparecem na reportagem. Veja as duas primeiras reportagens sobre a destruição de Ferraz na página do Facebook do Oi Diário.