Secretário acompanha reparos (maquiagem?) em postos de saúde de Ferraz
A equipe da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos também estava no local providenciando a limpeza / Foto: Aurélio Alves
Prefeitura de Guararema Mirante

O secretário de Saúde de Ferraz de Vasconcelos, Eduardo Di Lascio, acompanhou nessa terça-feira, 19, a troca de lâmpadas que ocorreu no Pronto Atendimento Infantil (PAI), no Parque São Francisco, e na Unidade Básica de Saúde (UBS) “Mário Squizato”, na Vila das Nações. Além disso, o titular recebeu demandas dos funcionários e deu respaldo de reclamações e dúvidas.

No PAI, nove lâmpadas e dois reatores foram trocados. O secretário conversou com os funcionários e revelou que há estudos para reforma ou mudança de prédio. Segundo Di Lascio, a troca de lâmpadas é só o primeiro passo para o que deve ser feito em relação ao PAI. “O prefeito Zé Biruta (José Carlos Fernandes Chacon) pediu para que nós fôssemos até as unidades para ver o que está faltando e dar a condição mínima de trabalho para os servidores, e começamos aqui pelo PAI. Mas não vamos parar. Sabemos da necessidade da população e vamos continuar com nossos estudos para melhorar este serviço”, afirmou.

Já na UBS “Mário Squizato”, oito lâmpadas foram trocadas. A equipe da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos também estava no local providenciando a limpeza. Em conversa com os servidores, o secretário Eduardo disse que já está cuidando dos horários de médicos, para que nenhuma unidade fique sem atendimento por algum momento. “A escala dos médicos, entre outras questões, não são grandes coisas a serem feitas, mas precisam ser feitas. Não queremos prejudicar a população de qualquer maneira, por isso começaremos a rever alguns pontos”, disse Di Lascio.

Ainda segundo o titular da Saúde ferrazense, outros planos estão sendo retomados e planejados pela Secretaria, como por exemplo, a reforma ou mudança de prédio da UBS do Jardim Bela Vista, a reforma da UBS da Cidade Kemel, e outras questões que devem ser tratadas nas UBS’s da Vila Santo Antônio e Vila Margarida, e no Centro de Fisioterapia do município. “Muitas coisas têm que ser agilizadas. Não podemos sentar e ignorar os problemas da saúde em Ferraz. Já retomamos vários processos e procedimentos para melhorar o atendimento a população e as condições de trabalho dos servidores, por isso os moradores podem ter certeza que estamos fazendo o impossível para que tudo melhore”, ressaltou Eduardo Di Lascio.