Saúde promove Semana de Mobilização Social contra o Aedes aegypti em Mogi
O objetivo é envolver toda a sociedade em torno da necessidade de eliminação de focos do mosquito/Foto: Divulgação/PMMC

A Secretaria Municipal de Saúde de Mogi das Cruzes realiza, entre os dias 11 (hoje) e 16 de fevereiro, uma programação de atividades dentro da Semana Estadual de Mobilização Social contra o Aedes aegypti. O objetivo é envolver toda a sociedade em torno da necessidade de eliminação de focos do mosquito.

Para isso, a Secretaria Municipal de Saúde intensificará as atividades educativas e de controle do mosquito com ações variadas. Hoje, 11, às 9 horas, seria realizado mais um treinamento de brigadistas que atuam em unidades municipais, no auditório da Câmara Municipal.

Durante a semana, o Núcleo de Prevenção e Controle das Arboviroses antecipará as vistorias nos imóveis especiais e dará sequência à última área da Avaliação de Densidade Larvária (ADL).

“Vamos reforçar as orientações destacando a importância do combate permanente ao mosquito. A principal providência, que deve ser adotada por todos, é evitar o acúmulo de objetos em casas, quintais ou terrenos”, explica o secretário municipal de Saúde, Francisco Bezerra, ressaltando que os cuidados precisam ser redobrados neste período de altas temperaturas e chuvas intensas.

A dengue é uma doença aguda febril que pode ser causada por quatro tipos de vírus e é transmitida pela picada do Aedes Aegypti, mosquito que também pode transmitir outras doenças como chikungunya e zika.

Outro importante alerta é para a necessidade de prevenção à febre amarela, com a oferta de vacina para todos os mogianos que ainda não foram imunizados. Até o final de fevereiro, a Secretaria de Saúde oferece a vacinação contra febre amarela no período noturno, em dias e horários alternados, para facilitar o acesso e garantir a imunização antecedendo o feriado de Carnaval.