Sabesp promete investir mais de R$ 1 bilhão!

0
158

Mas vai ganhar quanto em 30 anos?

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou nesta quinta-feira, 28, a renovação do contrato de prestação de serviços de saneamento entre a Sabesp e o município de Itaquaquecetuba, que tem mais de 320 mil habitantes.

O contrato será válido pelos próximos 30 anos, período em que a companhia vai investir R$ 1,118 bilhão em obras e melhorias nas áreas de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto.
Além dos recursos originários da renovação do contrato, Alckmin anunciou uma liberação extra para o município. “Serão destinados à cidade mais R$ 69 milhões, que serão usados em obras correlatas às obras de saneamento. A Prefeitura executará os serviços e a fatura será paga pela Sabesp”, explicou o governador.

Do montante total dos investimentos, a maior parte será aplicada em esgotamento sanitário. Na implantação de tubulações e unidades de bombeamento de esgoto até as estações de tratamento serão investidos R$ 801,4 milhões, beneficiando a população com mais saúde e qualidade de vida, além da revitalização dos rios da região, inclusive o Tietê. Fazem parte das obras a instalação de estações elevatórias, linhas de recalque, coletores, interceptores, redes e ligações.

Já o fornecimento de água potável receberá investimento de R$ 317,4 milhões, em obras de captação, adução e tratamento de água bruta, reservação e instalação de redes e ligações. A empresa atua em Itaquaquecetuba desde 1976. Naquele ano, foi firmado um acordo de concessão, que estava vencido e agora será substituído pelo contrato. O plano de investimentos da companhia no município projeta tanto o atendimento aos moradores quanto o crescimento populacional, estimando 450 mil pessoas beneficiadas daqui a 30 anos.

Governador diz que todo o esgoto da cidade será tratado nos próximos anos

Questionado pelo Jornal Oi sobre o tempo que a Sabesp levará para tratar todo o esgoto produzido em Itaquá (e que atualmente é descartado em grande parte sem qualquer tratamento no rio Tietê), o governador do Estado afirmou que não serão necessários os 30 anos de vigência do novo contrato para que o tratamento do esgoto seja universalizado.

Alckmin assegurou bem antes do final do contrato (que vai até 2047) que todo o esgoto da cidade deverá ser tratado pela Sabesp. Na semana passada, no dia do rio Tietê, o Oi denunciou a situação precária do rio nas cidades dessa região – em especial em Itaquá onde existem as agravantes de centenas de casas construídas na margem do corpo d’água.

Alckmin libera R$ 10,3 milhões do Fumefi para obras de infraestrutura

Além de assinar o novo contrato/convênio da Sabesp, o governador do Estado assinou nesta quinta-feira, seis convênios com a prefeitura de Itaquaquecetuba para obras de infraestrutura urbana, no total de R$ 10,3 milhões de investimentos. “São mais de R$ 10 milhões para recapeamento e ainda teremos mais R$ 4,5 milhões, que vamos assinar ainda este ano”, anunciou Alckmin.

Deste valor, R$ 4,9 milhões serão investidos no projeto de recapeamento da avenida Ítalo Adami (trecho I), entre a estrada de Santa Isabel e a rua Uruguaiana. A avenida é uma das principais ligações entre Itaquaquecetuba e as cidades de Poá, Suzano, Ferraz de Vasconcelos e Mogi das Cruzes, além do Rodoanel Mário Covas.

Mamoru afirma que liberação de recursos é resultado de muito trabalho

Para o recapeamento parcial das ruas Ferraz de Vasconcelos e Taubaté serão investidos R$ 2,2 milhões. As obras de reconstrução e recapeamento asfáltico perfazem um total de 11.882,68 m² e contarão, também, com recuperação de guias e sarjetas, recuperação de bocas de lobo duplas, entre outros.

Com investimentos de R$ 1,14 milhão, o projeto da avenida Brasil terá obras de recapeamento e drenagem. Já o recapeamento e drenagem da estrada do Campo Limpo – Trecho I, receberá R$ 1,1 milhão. Também receberão recursos as ruas Francisco Otaviano e João Cabral de Melo Neto, no valor de R$ 608,2 mil para recapeamento; e a rua 30 de outubro, de R$ 328,3 mil para complementação da pavimentação. O prefeito Mamoru Nakashima (PSDB) comemorou muito a liberação dos recursos.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO