Renatinho convoca secretários e cobra resultados. Zé Biruta continua sendo ‘protegido’
Segundo Renatinho, autor da convocação, quando questionados a respeito de problemas pontuais da cidade, alguns secretários transferiam a responsabilidade para outras pastas/ Foto: Soraia Alves
Prefeitura de Mogi das Cruzes

Na última quarta-feira, 10, foi realizada uma audiência com os secretários das principais pastas do governo Zé Biruta. A convocação, que foi requerida pelo vereador Renato Ramos de Souza, o Renatinho Se Ligue (PPS), durou o dia inteiro e foi marcada por cobranças do parlamentar.

Estiveram presentes os secretários de assuntos jurídicos, Bruno Daniel da Silva; Fazenda, Silvana Francinete da Silva; Educação, Valéria Eloy Kovac; Obras, Antonio Carlos dos Santos; saúde, Aluísio Lopes Priuli; Governo, Lucas Pimenta Berpatagnolli, além dos representantes de pastas que não possuem secretários, como Serviços Urbanos, representada pelo diretor João Paulo Rodrigues e Segurança, representada pelo comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Cleverson Ramos.

Segundo Renatinho, autor da convocação, quando questionados a respeito de problemas pontuais da cidade, alguns secretários transferiam a responsabilidade para outras pastas.

“Nós convocamos todos juntos para que se essa transferência ocorresse, o outro responsável respondesse de imediato como se encontrava determinado processo em sua pasta, somente desse modo saberíamos de fato, a situação de alguns problemas que são jogados constantemente de um para o outro”, relatou o parlamentar.

Durante a audiência, foram tratadas questões polêmicas na cidade, como o contrato da coleta de lixo e a licitação do transporte público, entretanto, o questionamento principal girou em torno dos processos de compra em diversos setores, que vão desde equipamentos de segurança para funcionários á compra de viaturas para a GCM.

Os secretários esclarecem que algumas situações já se encontram no final do processo e, logo deverão ser adquiridos, bem como a respeito da previsão de compras futuras, como o uniforme escolar, que está previsto para o primeiro semestre de 2019, e vem sendo cobrado por Renatinho antes mesmo de assumir o cargo.

De acordo com Renatinho, a convocação foi deveras importante, pois, esclareceu algumas situações que estavam em branco por algum tempo. “Os secretários se dispuseram a cumprir diversas situações que estão sendo cobradas desde o início do mandato. Aguardaremos que as soluções apareçam, entretanto, se nada for resolvido não há problema algum em convoca-los novamente” finalizou o parlamentar.