Público fica encantado com a Arena. Na inauguração os suzanenses cantaram o hino da cidade como nunca
Quem foi conhecer a Arena Suzano ficou impressionado com a estrutura. São cerca de 10 mil metros quadrados de área e capacidade para 4 mil pessoas sentadas/ Foto: Irineu Junior/Secop Suzano

O público que compareceu na noite de quinta-feira à cerimônia de inauguração da Arena Suzano, no Parque Max Feffer, elogiou a iniciativa da administração municipal de concluir uma obra que começou há mais de duas décadas e entregar oficialmente à população. Se a estrutura já chamava a atenção do lado de fora, quem testemunhou no local o evento marcante também se surpreendeu com o interior imponente do ginásio.

As milhares de pessoas que estiveram nas arquibancadas e no entorno da quadra assistiram a diversas apresentações de música, dança, taikô e, claro, a principal atração da noite, o Jogo dos Campeões, com grandes nomes do vôlei dos anos 1990 e 2000 e os atletas da equipe sub-19 atual.

Foram 23 anos de espera. Muitos cresceram vendo a estrutura da Arena Suzano abandonada e já tinham perdido as esperanças de viver o dia em que seria inaugurada. “O sentimento é de uma grande vitória. Imagine quantas gestões passaram e somente agora conseguiram inaugurar o que até então muita gente chamava de ‘Coliseu de Suzano’. A cidade está crescendo e vai crescer ainda mais”, comemora Yago Luna, que tem a mesma idade do período que o ginásio levou para ser construído.

Agora, o apelido pejorativo ficou para trás e o local se transformou em um espaço que já cria muitas expectativas nos suzanenses. Vanessa Pereira dos Santos é mãe de três filhos e um deles pratica esportes. “Quando criança, meu filho jogava no Portelão (Complexo Poliesportivo Paulo Portela). Hoje, na categoria adulto, ele procura um time e agora acredito que isso seja possível, não só para ele, mas para a juventude como um todo. E também será importante para a população como área de lazer”, acredita ela.

Para Bruno Martim Silva, a Arena Suzano também terá um grande papel social. “Acho que o Esporte, como na minha vida e na de outros, também acaba tirando as pessoas das ruas. Vai auxiliar as comunidades carentes com um espaço desse mais próximo e acessível a todos”, disse o estudante, que também espera conferir grandes shows no local.

O ginásio fica nas dependências do Parque Max Feffer e já é considerado referência no Estado de São Paulo pela Confederação Brasileira de Voleibol por suas características técnicas. São cerca de 10 mil metros quadrados de área e capacidade para 4 mil pessoas sentadas. Além disso, é o único ginásio do Brasil com iluminação totalmente de LED.

Quem foi conhecer a Arena Suzano ficou impressionado com a estrutura. “Tudo aqui está maravilhoso, perfeito para receber grandes jogos, não só nacionais, mas em nível mundial”, opina Cláudio Teixeira Gonçalves.

“Essa obra é de épocas passadas e parecia que nada mais aconteceria no local. Agora a gente vê que Suzano está se renovando. Estou muito feliz. Vim com toda a minha família porque era um dia muito especial e tudo o que assistimos foi perfeito”, diz Ângela Maria Muller Roque, que mora há 17 anos em Suzano.

Também chamou a atenção a empolgação dos suzanenses na hora em que o hino da cidade foi executado durante a cerimônia de inauguração da Arena. Praticamente em nenhum outro momento os suzanenses cantaram com tanta empolgação o hino da cidade. Prova de que, efetivamente, a Arena tem potencial para resgatar a autoestima (tão prejudicada) dos suzanenses.