Projeto ‘Memória Viva’ homenageará ícones do carnaval suzanense nesta quarta-feira
A iniciativa foi lançada pelo atual vice-prefeito, Walmir Pinto, na época secretário de Cultura, em 2008/Foto: Irineu Junior/Secop Suzano
Prefeitura de Mogi das Cruzes

O palco do Teatro Municipal Dr. Armando de Ré (rua General Francisco Glicério, 1.354 – Centro) recebe nesta quarta-feira, 17, a partir das 19 horas, mais uma homenagem do projeto da Secretaria Municipal de Cultura “Memória Viva”, com destaque para personalidades do carnaval suzanense.

A participação é aberta ao público e gratuita, sem necessidade de convite.

A iniciativa foi lançada pelo atual vice-prefeito, Walmir Pinto, na época secretário de Cultura, em 2008.

E busca homenagear personalidades que contribuem no desenvolvimento da cidade, atuando nas mais diversas áreas – como agricultura, saúde, educação, artes, imprensa, comércio, indústria, entre outras.

Nesta edição, foi levado em conta, para além do que os homenageados foram em vida, a contribuição para a valorização do carnaval na cidade.

Como exemplo, Dirlei Briones Spada, que, além de funcionária pública da Prefeitura de Suzano, foi também uma importante porta-bandeira da Escola de Samba Tigre do Vale. Faleceu em 7 de abril de 2016, aos 70 anos.

Outro homenageado é integrante do bloco de carnaval até hoje existente, “Viúvas Virgens”, Amércio Pinheiro Xavier.

Além desses, o fundador do Instituto Suzanense das Agremiações do Samba (Suzansamba), Issao Nishikawa (in memoriam), e Getulio Moreira de Souza (in memoriam), o Gegê, que dá o nome a um importante bloco de carnaval.

Para essas personalidades haverá relato em vídeo, exposição de fotos, entre outras ações. O “Memória Viva” não deixará de fora também outras escolas de samba e blocos carnavalescos que ajudaram a construir a festa em Suzano. Essas receberão uma placa de “menção de honra”.