Programa da GCM visa ao combate de drogas na juventude
As ações são feitas por membros da corporação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Cidadã que concluíram curso ministrado pela Guarda Civil de Guarulhos/ Foto: Divulgação

Combater o uso de drogas, orientar sobre danos à saúde e como a prática influencia os índices criminais são focos do Grupo Unido na Ação de Resistência às Drogas (Guard), programa da Guarda Civil Municipal de Arujá implantado oficialmente nessa terça-feira, 9, com palestras para aproximadamente 300 estudantes da Escola Técnica Estadual (Etec) Professora Luzia Maria Machado, no Centro Residencial.

As ações são feitas por membros da corporação da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Cidadã que concluíram curso ministrado pela Guarda Civil de Guarulhos, gratuitamente.

Durante as palestras, que agora partirão para escolas estaduais da cidade, são apresentados vídeos e dados estatísticos que apontam o aumento do uso de drogas na adolescência e início da vida adulta, exemplos de vítimas de acidentes de trânsito que tiveram danos permanentes e graves ocasionados após a combinação de direção com a ingestão de bebidas alcoólicas, bem como as reações que as drogas causam no corpo humano.

Chamam a atenção, por exemplo, os fatos de que um em cada cinco jovens do 9º ano do ensino fundamental já ficou embriagado ou experimentou ao menos uma dose de álcool.

“O objetivo do programa é justamente mostrar aos jovens que o consumo é prejudicial em qualquer idade e que o contato com as drogas está começando cada vez mais cedo. Os nossos guardas estão muito empenhados e temos certeza que vamos causar impacto nas escolas que visitaremos”, afirma o comandante da guarda arujaense, José Carlos da Silva.