Professores e historiadores de Mogi debatem conteúdo do Museu Virtual da Educação

0
25

O secretário municipal de Cultura de Mogi das Cruzes, Mateus Sartori, reuniu-se, na tarde de sexta-feira com profissionais da área do patrimônio, professores e historiadores da cidade, para discutir a composição do conteúdo que será futuramente exposto no Museu Virtual da Educação.

O Muve será instalado no casarão histórico da rua Coronel Souza Franco, no centro da cidade e o prédio passa no momento por obras de restauro. A consulta, que deve abranger outros profissionais, bem como outras áreas de atuação, visa a construção coletiva de um material que seja atrativo principalmente para crianças e jovens em idade escolar, que serão o público-alvo do museu.

Por isso, além da parte teórica, também é preciso pensar em como tornar a apresentação do material lúdica e atrativa. A proposta é contar a história e a evolução da cidade sob os mais diversos aspectos, como histórico, arqueológico, hidrográfico, ambiental, incluindo informações também de múltiplas áreas, como cultura, esporte, agricultura, entre outras. Além de Sartori, participaram do encontro a arquiteta e presidente do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural, Artístico e Paisagístico de Mogi das Cruzes (Comphap), Ana Sandim, o historiador Glauco Ricciele, o bibliotecário Auro Malaquias e o arquiteto e servidor da Secretaria de Cultura, Ubirajara Nunes. Todos deram sugestões sobre temas a serem abordados e também falaram sobre referências que podem ser utilizadas como base. Após a reunião, realizada no Casarão do Carmo, todos fizeram uma vistoria no casarão, para poderem visualizar melhor como funcionará o espaço interno do futuro museu. Trata-se de uma obra complexa e minuciosa, já que o objetivo é preservar e recuperar aspectos e elementos históricos da construção.
O Muve será um museu interativo e virtual. Logo, ele vai apresentar o seu conteúdo por meio de equipamentos tecnológicos. Os equipamentos a serem adquiridos e instalados, bem como os tipos de tecnologia a serem empregados, também estão em fase de discussão. Na mesma área onde será o Muve, foi construído um anexo, para onde será transferido o Arquivo Histórico Municipal Historiador Isaac Grinberg.

COMPARTILHAR

DEIXE SEU COMENTÁRIO