Prefeitura de Suzano Refis

O governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) inaugurou nesse domingo, 25, o Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) “Alberto Sousa Candido”, no Gardênia Azul, bairro da região Norte de Suzano. De acordo com informações da Secretaria de Comunicação do governo suzanense, mais de 500 pessoas participaram da cerimônia de entrega do espaço público que começou a ser construído ainda na gestão do ex-prefeito Marcelo Candido.

 

O novo equipamento que foi instalado na periferia de Suzano com recursos do governo federal, já está em funcionamento e tem a expectativa de atender cerca de sete mil famílias, contemplando, assim, um total de 30 mil suzanenses da região Norte da cidade. Durante a solenidade de entrega, os presentes puderam participar, entre 9 e 16 horas, de apresentações musicais, atividades circenses e de dança, cinema, incentivo à leitura, plantio de mudas de árvores, parque de brinquedos infláveis, atividades esportivas, orientações e muito mais.

 

Além do prefeito Rodrigo Ashiuchi, da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Larissa Ashiuchi, e do vice-prefeito Walmir Pinto, também estiveram presentes os deputados Marcio Alvino (federal) e André do Prado (estadual), o secretário nacional de Infraestrutura do Ministério da Cultura, Alfredo Bertini, vereadores, secretários municipais, líderes religiosos e membros da sociedade civil organizada.

 

O projeto, que teve início em 2012, recebeu investimento de R$ 2 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) e com a conclusão, o espaço começa a oferecer aulas gratuitas de dança, teatro, informática, vôlei, futebol e capoeira para 400 alunos, por meio do Programa de Esportes e Lazer na Cidade (Pelc), além de colocar à disposição da comunidade pista de caminhada, quadra poliesportiva e de areia, sala com computadores e cineteatro.

 

O local oferece ainda um Centro de Referência de Assistência Social (Cras), que está disponível das 8 às 17 horas em dias úteis, e uma biblioteca, que funciona de terça-feira a sábado, também das 8 às 17 horas, com um acervo de 2 mil títulos. A previsão é de que o número de livros seja ampliado para 10 mil até dezembro de 2018.

 

Segundo o secretário de Cultura suzanense, Geraldo Garippo, o CEU vai contar com uma programação diversificada. “Mensalmente, ofereceremos cinema, espetáculos de dança e teatro, saraus, exposições, entre outras intervenções culturais. Tudo será gratuito e deverá contemplar todas as idades. Queremos um espaço multiuso e que seja referência na cidade”, afirmou.

 

Ashiuchi diz que a entrega do Centro de Artes e Esportes faz parte da reconstrução de Suzano

Para o prefeito de Suzano, o CEU representa o trabalho da atual gestão, que tem o compromisso de reconstruir o município e, consequentemente, na entrega de equipamentos públicos importantes para utilização das famílias suzanenses. “Quando decidi entrar para o Poder Executivo, sabia dos problemas que nossa cidade enfrentava, porém, garanti que retomaria obras importantes, como a do CEU, além da entrega das escolas municipais do Jardim Europa e do Miguel Badra, da reforma do 2º Distrito Policial, no Boa Vista, da reforma da Unidade Básica de Saúde do Jardim Revista e da revitalização da avenida Francisco Marengo, só para citar algumas ações. Ainda há muito o que fazer, mas sei que, com a ajuda de todos, colocaremos Suzano de volta nos trilhos do desenvolvimento”, concluiu.

 

Localizado na rua Teruo Nishikawa, 570, no Jardim Gardênia Azul, o CEU está aberto todos os dias da semana: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 20 horas, e aos sábados, domingos e feriados, entre 8 e 18 horas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 4742-9334.

 

Secretários prestigiam o evento

Também participaram da inauguração nesse domingo os secretários municipais Itamar Viana (Planejamento e Finanças); Luís Cláudio Rocha Guillaumon (Saúde); Leandro Bassini (Educação); Marcelo Prado (Comunicação Pública); Rosenil Barros Órfao (Governo); Cintia Renata Lira (Administração); Fátimo Aparecido Rodrigues (Assistência e Desenvolvimento Social); Ari Serafim Barbosa (Manutenção e Serviços Urbanos); José Alves Pinheiro Neto (Transporte e Mobilidade Urbana); e Carlos Watanabe (Meio Ambiente); além do chefe de Gabinete, Afrânio Evaristo da Silva; do assessor especial da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã, Jefferson Ferreira dos Santos; e do controlador-geral do Município, Murilo Inocencio.

 

Do Poder Legislativo, marcaram presença o presidente da Câmara, Leandro Alves de Faria, o vice-presidente, Rogério Gomes do Nascimento, e os vereadores André Marcos de Abreu, Edimilson Tavares de Assis, Neusa dos Santos de Oliveira, Gerice Lione, José Silva de Oliveira e Joaquim Rosa.

 

Atual gestão desenvolve um pacote inédito de ações para a região Norte

Conforme o prefeito Ashiuchi destacou durante o evento de inauguração do CEU do Jardim Gardênia, diversas obras e projetos estão em andamento em benefício da região Norte de Suzano. Com mais de uma dezena de bairros e ao menos 80 mil moradores, essa parte da cidade, historicamente, sempre foi esquecida pela Prefeitura. Ashiuchi quer colocar um ponto final ao descaso do Poder Público para com a região Norte. Até o final deste mês, a Prefeitura quer finalizar a obra de revitalização do Centro Cultural Nelson da Cruz, no Sesc, distrito do Boa Vista.

 

O objetivo é proporcionar maior comodidade e mais serviços à população. As melhorias no local tiveram início no final de 2017. O imóvel, onde funcionam também o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e uma base da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos de Suzano, também passou por modificações para melhor acomodar ambas as partes e atender adequadamente a cada necessidade dos servidores municipais.

 

Foram feitas reformas no telhado e no sistema de escoamento de água, pintura externa da fachada, troca de vidraças e instalação de grades para proteção, poda de árvores, capinação de gramados no entorno, melhorias na rede elétrica e renovação da iluminação. Também houve remanejamento interno, o que acarretou em mais um ambiente para atividades.

 

A depredação, causada pela ação de vândalos no Centro Cultural Boa Vista ao longo dos anos e que não contou com a devida manutenção em gestões passadas, acabou ocasionando o redirecionamento de oficinas culturais e atividades diversas para entidades parceiras na região Norte.

 

Com a entrega do imóvel, prevista para o final do março, será possível reunir novamente a comunidade no local. Até o final deste mandato (2020) do prefeito Ashiuchi a região do Boa Vista, Dona Benta, Jardim Europa e outros bairros deverão estar em um novo patamar no que se refere a prestação de serviços públicos pelo governo e qualidade de vida dos moradores.