A visita do governador Márcio França (PSB) a cidade de Suzano, nesta quinta-feira, a partir das 13h30 tem um significado muito grande para as principais lideranças políticas da região e também para o governador.

Não é à toa que a recepção ao novo governador será nas instalações da Associação Cultural Suzanense – Bunkyo.

Foi neste mesmo local que no início do mês de outubro de 2017, em uma iniciativa bastante corajosa e ousada, o prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), e os deputados do PR, André do Prado (estadual) e Marcio Alvino (federal), promoveram o evento chamado Encontro de Lideranças.

Mais de 600 lideranças políticas, empresariais e da sociedade civil participaram da reunião onde o então vice-governador e ainda secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, foi o convidado principal. Já naquele momento (outubro de 2017) a maioria dos prefeitos da região do Alto Tietê e os deputados André do Prado e Marcio Alvino manifestaram total confiança no trabalho e especialmente no projeto político de Márcio França que assumiria (conforme acabou acontecendo) o comando do governo do Estado seis meses depois.

Desde aquele evento realizado no auditório do Bunkyo em Suzano, os prefeitos e deputados do PR, afirmaram e reafirmaram várias vezes (inclusive ao Jornal Oi) que Márcio França era um político de palavra (raro, portanto) e que tinha se comprometido em fazer os investimentos que as cidades do Alto Tietê precisam.

André do Prado, Marcio Alvino e o prefeito Rodrigo Ashiuchi (que em janeiro deste ano foi eleito presidente do Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê – Condemat) ressaltaram em diversas oportunidades que Márcio França tinha uma grande sensibilidade política e social e que merecia receber todo o apoio das lideranças políticas e da sociedade civil da região do Alto Tietê – tanto para o período em que ele ficaria à frente do governo do Estado de São Paulo (de abril a dezembro deste ano) quanto para a disputa do governo paulista que está marcada para outubro de 2018.

Na página ao lado, o Oi destaca os maiores desafios que Márcio França terá de enfrentar para melhorar a qualidade de vida de quem mora e trabalha nas cidades do Alto Tietê e ao que tudo indica o novo governador, já a partir desta quinta-feira, começará a justificar e honrar toda a confiança que as principais lideranças políticas da região lhe confiaram.
Para muita gente, foi em Suzano, no início de outubro de 2017, em um final de tarde muito chuvoso, que uma grande, inédita e duradoura parceria entre a região do Alto Tietê e o governo de SP (leia-se Márcio França) começou.
Sendo que a parte mais importante (os investimentos do Estado da região) estão apenas começando.