O prefeito de Poá, Gian Lopes e a primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Poá, Andressa Lopes, assinaram na manhã do ultimo sábado, 16, três convênios para oferecer na cidade cursos de Moda, Construção Civil e Padaria Artesanal. A cerimônia para assinatura dos documentos foi realizada em São Vicente (SP) e contou com a presença da presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, Lu Alckmin.
1001
Segundo o prefeito Gian Lopes, é uma felicidade muito grande e um momento de celebração para Poá a parceria com o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, que vai oferecer diferentes cursos de qualificação profissional no município. “Estamos constantemente buscando ações e projetos que ajudem o poaense na geração de renda e que possibilite na entrada no mercado de trabalho. Oferecer oportunidades é nosso grande objetivo e esta nova parceria é importantíssima neste sentido”, disse.
A primeira dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Poá, Andressa Lopes, comentou que os cursos terão início em breve na cidade. “Estamos felizes com esses novos cursos de qualificação profissional e geração de renda. São conhecimentos que possibilitarão a muitos poaenses o aperfeiçoamento e a inserção no mercado de trabalho. Essa é uma ação que veio em boa hora”.
Cursos
A Escola de Moda é um projeto de qualificação profissional e capacitação de agentes multiplicadores. São oferecidos os cursos de Corte e Costura e Modelagem, que são destinados às pessoas com mais de 16 anos, preferencialmente desempregadas, não sendo exigida escolaridade mínima.
Já a Escola de Construção Civil é um projeto direcionado para a capacitação ou requalificação profissional. As atividades desenvolvidas atendem a vários segmentos e comunidades carentes, possibilitando a formação para inclusão no mercado de trabalho. O curso oferecido é de edificação. São destinados às pessoas com mais de 18 anos, não sendo necessária escolaridade mínima.
A Padaria Artesanal qualifica profissionais e capacita agentes multiplicadores na produção de pães, feitos com vegetais e frutas. É destinada às pessoas com mais de 16 anos, não sendo exigida escolaridade mínima.