Poá: obra segue parada, mas governo diz que o piscinão já está em ‘operação’

0
37

Quem passa pela avenida que margeia a obra (interminável) do piscinão em Poá fica com a clara impressão de que obra de mais de R$ 50 milhões está totalmente abandonada. E faz pelo menos seis meses que não se vê qualquer tipo de movimentação no canteiro da obra projetada para combater as enchentes na área central de Poá, por meio da retenção temporária das águas do Córrego Itaim. Diante do cenário de abandono e da promessa não cumprida (de terminar a obra em 2017) pelo governo do prefeito Gian Lopes (PR) a reportagem do Oi questionou a prefeitura (no final de janeiro) sobre um cronograma para retomada e finalização das obras. O governo diz que as obras deverão ser retomadas nas próximas semanas. A conferir.

Jornal Oi – Qual é o cronograma do governo de Poá para retomada, execução e finalização das obras do piscinão? Quanto já foi investido na obra? Quanto ainda será necessário investir para que a obra seja finalizada?

Governo de Poá: Após o prefeito Gian Lopes e o governador Geraldo Alckmin assinarem, no Palácio dos Bandeirantes, a autorização para a liberação de cerca de R$ 4,149 milhões do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (Fumefi), que irá beneficiar às obras do reservatório de contenção de enchentes (piscinão), em fase de construção em Poá, o próximo passo agora é:

A administração municipal emitiu uma ordem de serviço, baseada na planilha e na verba destinada pelo Fumefi, que contemplará a concretagem total do fundo e das laterais do piscinão.

Já nas próximas semanas, passando o período chuvoso, terá início este trabalho de concretagem e serão feitas as medições necessárias.

Reforçando que todas as bombas do reservatório de água voltaram a funcionar. Ao mesmo tempo foi realizada a configuração do sistema automático do controle de nível do piscinão e do Córrego Itaim através de sensores. Com isso o acionamento das bombas passa a ser automático, não necessitando um de um operador local. Na prática, o piscinão já está em operação.

COMPARTILHAR