Prefeito Rodrigo Ashiuchi vai homenagear PM que evitou assalto em frente a uma escola
Para Ashiuchi, o ato da PM foi de muita coragem, principalmente por ter conseguido proteger as pessoas que estavam no local / Foto: Divulgação

O ex-prefeito Marcelo Candido tentou ainda em seu primeiro mandato 2005/2009 aprovar a revisão do Plano Diretor de Suzano. Não conseguiu por causa da atuação raivosa e irresponsável da oposição na Câmara, nos meios de comunicação e setores da sociedade.

Entre 2013 e 2016 o ex-prefeito Paulo Tokuzumi (PSDB) teria gasto cerca de R$ 1 milhão com estudos para a revisão do Plano que acabou não sendo finalizado. Isso quer dizer que a cidade sofreu por mais de dez anos sem revisar o Plano Diretor em razão do excesso de politicagem e de incompetência.

Por esse e por outros motivos a aprovação do Plano Diretor de Suzano, na Câmara de Vereadores, representa um momento histórico para o presente e o futuro de Suzano.

 

Aprovação da Câmara para o Plano Diretor de Suzano

Em sessão extraordinária acompanhada pela reportagem do Oi, a Câmara aprovou por unanimidade o projeto elaborado pelo governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR).

A revisão do Plano Diretor foi coordenada pelo secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Elvis José Vieira, que acompanhou os trabalhos dos vereadores nessa terça-feira.

O Plano Diretor é o instrumento básico da política de desenvolvimento do município e parte do processo de planejamento da cidade, com a finalidade de orientar a atuação do poder público e da iniciativa privada na construção dos espaços urbano e rural e na oferta dos serviços públicos essenciais, de forma a assegurar melhores condições de vida para a população.

Ao Jornal Oi, o secretário Elvis disse que aprovação do projeto do Plano Diretor deve entrar para a história da cidade. O prefeito Ashiuchi, em conversa com o Oi, afirmou que a data é realmente histórica pois reforça o compromisso do seu governo e das principais lideranças políticas de Suzano com o futuro da cidade.

Ashiuchi destacou a importância das cobranças do Jornal Oi para que a revisão do Plano Diretor fosse finalizada e aprovada ainda em 2017.

 


CLIQUE AQUI PARA VER NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS NOTÍCIAS DE SUZANO