Parceria PDT e PSB: Candido deverá ficar com vaga para o Senado e já nem se fala mais na candidatura para deputado federal
A hipótese de o ex-prefeito de Suzano ser o vice de França foi destacada na semana passada quando o PSB e PDT firmaram uma parceria para a eleição ao governo do Estado de SP/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Suzano

De acordo com informações publicadas em veículos de comunicação de São Paulo e avaliações feitas reservadamente pelo próprio Marcelo Candido, a possibilidade de ele ser indicado para ser o candidato a vice-governador de Márcio França (PSB) é bastante remota.
A hipótese de o ex-prefeito de Suzano ser o vice de França foi destacada na semana passada quando o PSB e PDT firmaram uma parceria para a eleição ao governo do Estado de SP.

Naquela oportunidade, o comando do PDT revelou que pretendia indicar o vice (e entre os nomes destacou-se o de Marcelo Candido) ou queria uma vaga (e nome seria também o de Candido) para o Senado.

Nos últimos dias a possibilidade de Candido concorrer ao Senado e não a vice-governador ganhou mais força principalmente porque tanto o PR (dos deputados Marcio Alvino e André do Prado) quanto o PDT de Campos Machado já teriam sugerido nomes para o cargo de vice de Márcio França.

A confirmação sobre o cargo que Candido poderá disputar deverá ser confirmada até o início da semana que vem. No caso de o ex-prefeito de Suzano disputar o Senado, os principais adversários serão Eduardo Suplicy (PT), que teria uma das duas vagas que o Estado de SP tem direito já garantida, Marta Suplicy (MDB), Mara Gabrieli (PSDB) e outros nomes de peso da política paulista, para a segunda cadeira de São Paulo ao Senado.

Eleição para deputado foi descartada?

Independente da confirmação (ou não) da participação de Candido na eleição deste ano ao Senado ou para vice-governador, o que chama a atenção nessa reta final para a definição dos candidatos para a votação deste ano é que a eventual candidatura de Marcelo Candido para deputado federal pelo PDT (e este era o plano A de Candido até o semestre passado) aparenta estar 100% descartada.

A grande pergunta que será respondida até a semana que em é: no caso de as possíveis candidaturas para o Senado ou vice-governador não vingarem, o ex-prefeito de Suzano confirmará sua candidatura à deputado federal?

O fato é que a sua futura (ex) candidatura a federal envolve muita coisa e no caso de uma ‘provável desistência’ muitos de seus adversários em Suzano (especialmente o deputado Marcio Alvino que concorrerá à reeleição pelo PR) deverão fazer festa. Se é que não estão fazendo. A conferir.

Irmão do ex-prefeito concorrerá a deputado estadual

Certo mesmo é a candidatura do irmão do ex-prefeito de Suzano, José Márcio Candido, de 50 anos, ao cargo de deputado estadual pelo PDT.

Nessa segunda-feira, Marcio Candido participou do programa “Vai Encarar?” (realizado no estúdio do Jornal Oi) e falou de suas ideias e projetos. Essa será a primeira vez que Márcio Candido disputará uma eleição para um cargo político/partidário e terá como adversários (em Suzano) os atuais deputados que disputarão a reeleição – Estevam Galvão (DEM), André do Prado (PR)- e Lilian Diniz (PV) e Rodrigo Assis (PC do B) que concorrerão pela primeira vez.