Oi revela com exclusividade os problemas do centro de Suzano. Revitalização se torna cada vez mais urgente
O secretário de Planejamento Urbano, Elvis Vieira, revelou que a Prefeitura está buscando recursos do governo federal para iniciar a revitalização do centro comercial da cidade/ Foto: Glaucia Paulino/Oi Diário

Em respostas aos questionamentos do Jornal Oi o governo de Suzano revelou as primeiras informações técnicas de estudos desenvolvidos ao longo de 2018 sobre os principais problemas (e possíveis soluções) que afetam o centro comercial da cidade.

Por meio da Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação, a Prefeitura fez o levantamento de dados na área central, sendo que para isso foram utilizados dois métodos:

1 – Físico (medições de calçadas, dimensionamentos, distância entre postes, levantamento do mobiliário urbano, tipo de comércios, fachadas, etc…);

2 – Sensitivo (metodologia “Safári Urbano”, usada por Nova York na Times Square e a “Leitura Urbana” a partir da caminhabilidade).

No total, 208 pessoas foram entrevistas, entre usuários, moradores, comerciantes e pessoas que trabalham na área central.

Por meio da Secretaria de Comunicação do governo, o secretário Elvis Vieira, destacou que mais de 80%  dos entrevistados entendem que as calçadas estão em estado ruim e que precisam ser alargadas – a dimensão das calçadas de hoje não teria capacidade para suportar o fluxo de pessoas que o centro comercial atrai pra cá.

“Para pessoas que passam pelo centro, o automóvel é um problema, incomodam os pedestres – talvez por causa das calçadas estreitas, que as pessoas acabam andando pela rua para não diminuir o ritmo de caminhada. Mais de 70% concordam em implantar o projeto ‘Cidade Limpa’ que estabelece regras para fachadas e melhorias para a qualidade urbana”.

“Mais de 50% concordam que deve haver outros tipos de mobilidades no centro – como a bicicleta, por exemplo. O levantamento foi feito tanto na rua Gal. Francisco Glicério quanto na Benjamin Constant e os resultados foram semelhantes. Na Benjamin foi incluída uma questão a mais, sobre a presença dos ônibus: a maioria respondeu que os coletivos não atrapalham o comércio por ali e que o corredor de ônibus poderia permanecer na via, sem problemas”, explicou o secretário.

No ano passado, em entrevista ao Jornal Oi, Vieira revelou que a Prefeitura está buscando recursos do governo federal (provavelmente por meio de um financiamento) para iniciar a revitalização do centro comercial da cidade e a pesquisa cujos primeiros dados estão sendo levados ao público nesta reportagem deverão servir de referência para os investimentos que a área central da cidade precisa faz muito tempo.

Ainda de acordo com o secretário Elvis Vieira, os próximos passos do trabalho de levantamento dos problemas e apresentação de soluções já estão definidos.

“A pasta vai fazer novas reuniões com a ACE (Associação Comercial e Empresarial de Suzano) e um questionário curto será desenvolvido para ficar à disposição no site da Prefeitura e da ACE, para que os comerciantes façam suas sugestões e propostas para o centro. Estes dados serão avaliados para o desenvolvimento do projeto da Requalificação do Centro”, explicou.