O Jornal Oi não pratica Fake News. O Oi combate as Fakes, mas respeita a crítica do governador Doria
O Jornal Oi, editado pelo grupo Focoh, foi o único da região a homenagear o ainda candidato ao governo do Estado de São Paulo, João Doria, por ocasião da festa de aniversário de nove anos do grupo/ Foto: Glaucia Paulino/Oi Diário
Prefeitura de Mogi das Cruzes

A direção do Jornal Oi foi surpreendida com um selo de Fake News em uma reportagem publicada/postada no site do jornal sobre a decisão do novo governo do Estado de suspender convênios firmados no final de 2018, pela gestão do ex-governador Márcio França (PSB) com as prefeituras de Arujá, Itaquá e Poá.

Num primeiro momento a redação do Oi avaliou que o tal selo teria sido ‘aplicado’ por alguma página de rede social do Alto Tietê praticante do chamado ‘jornalismo de guerra’, com a única intenção de denegrir a imagem do Jornal Oi. Principalmente porque este jornal combate ferozmente as Fakes e especialmente os produtores e disseminadores de informações falsas e mentirosas.

Consideramos inicialmente que algum ‘concorrente’ poderia ter usado a elegante manifestação do governador João Doria (PSDB) onde ele explica (em suas redes sociais) de forma técnica e objetiva os motivos que levaram o seu governo a suspender os convênios assinados no apagar das luzes da gestão de Márcio França para atacar o Oi.

Depois houve a confirmação de que o selo de Fake News que aparece na mensagem postada pelo governador teria sido colocado pelo próprio Estado. Enfim, o que precisa ficar bem claro nessa situação é que o Jornal Oi não pratica Fake News. O Jornal Oi tem horror as Fake News. O Jornal Oi combate as Fake News.

Compreendemos a indignação do governador Doria

Mas por outro lado à reportagem do Jornal Oi entende e respeita a crítica (manifestada por meio do selo) do novo governador do Estado de São Paulo, especialmente no que se refere ao título da reportagem que efetivamente pode levar os leitores a considerar a possiblidade de que a suspensão dos convênios tenha sido feita de forma abusiva ou irregular.

No título da reportagem foi utilizada a palavra ‘Canetada’. A redação do Oi admite que mesmo estando entre aspas o termo canetada pode ter promovido avaliações negativas contra a iniciativa do novo governo do Estado.

Importante ressaltar que o termo forte utilizado no título da reportagem teve como objetivo único chamar a atenção do público para a leitura do texto, mas concordamos que a palavra mesmo entre aspas pode ter causado danos ao governo.

E por esse motivo a direção do Jornal Oi, de pronto, pede desculpas ao governador João Doria e a sua equipe em razão dos possíveis transtornos causados. Fica desde já o compromisso deste jornal de ter mais cautela na hora de destacar (manchetar) os assuntos relacionados ao novo governo do Estado.

Os convênios assinados por França tiveram objetivo eleitoral  

Por outro, a redação do Jornal Oi sabe perfeitamente que independente do benefício que os convênios poderiam proporcionar aos moradores das cidades de Itaquá, Poá e Arujá, tais acordos entre a gestão de Márcio França e as prefeituras em questão tiveram objetivo meramente eleitoral e começaram a ser amarrados ainda no primeiro semestre de 2018 quando em visitas à região do Alto Tietê o ainda vice-governador França condicionou a liberação de recursos a essa região mediante o apoio dos prefeitos (no caso a maioria deles) ligados ao consórcio de municípios.

Márcio França assumiu o comando do governo em abril do ano passado depois que o então governador Geraldo Alckmin deixou o cargo para concorrer à Presidência.

A direção do Oi acredita no projeto de Doria para SP, tanto que o homenageou antes da eleição

Portanto a decisão técnica do novo governador não dá margens a questionamentos. Fundamental ainda destacar que o Oi acredita em Doria e em seu projeto para fazer São Paulo deixar de pensar pequeno e se transformar na potência que efetivamente o Estado pode e deve ser.

E essa crença do Oi no potencial do novo governador não tem nada a ver com discurso, com retórica ou com Fake News.

O Jornal Oi, editado pelo grupo Focoh, foi o único da região do Alto Tietê a homenagear o ainda candidato ao governo do Estado de São Paulo, João Doria, por ocasião da festa de aniversário de nove anos do grupo Focoh realizada em setembro de 2018 (conforme revela a foto que ilustra essa reportagem).

Com tudo devidamente esclarecido vamos em frente, com muito trabalho, respeito, transparência, comprometimento, foco no sucesso e sem Fake News.