Notável inclusão
Estamos formando mais uma turma do Chefs Notáveis, um projeto que visa a inclusão de deficientes por meio do ensino da gastronomia/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Suzano Refis

Nesta semana tenho novo encontro com uma iniciativa que me enche de orgulho e me revigora. Estamos formando mais uma turma do Chefs Notáveis, um projeto que visa a inclusão de deficientes por meio do ensino da gastronomia.

Esta já é a quarta turma formada desde o início do projeto, o que me faz refletir sobre o significado dessa ação e o quanto evoluímos. De acordo com o IBGE, 6,2% da população brasileira apresenta algum tipo de deficiência.

Como sabemos, essas pessoas enfrentam muitos obstáculos ao longo da vida, desde depender de terceiros para tarefas básicas, até a luta por seus direitos e também a dificuldade de inserção no mercado de trabalho.

O projeto Chefs Notáveis vem com a proposta de virar esse jogo e mostrar a incrível capacidade que essas pessoas têm. É emocionante poder dar uma contribuição nesse sentido e ver como se eles se dedicam, se descobrem e vibram com o aprendizado recebido.

Para além do conhecimento técnico, eles passam a fazer parte de um grupo, trocam experiências, compartilham histórias de vida e se superam a cada aula. É um processo de autoconhecimento e do desabrochar de vocações, que transforma, forma e, como todo bem plantado, se multiplica.

Plantamos essa semente no início de 2017 e agora, com muita satisfação, assistimos ela dar frutos.

Está aí mais um belo exemplo de ação que não me permite cansar de meu ofício diário, pois me faz abrir os olhos pela manhã e ter a certeza de que estamos no caminho certo.