Nardinho no Café na Redação
Era grande a expectativa em torno da participação de Nardinho no programa em razão das críticas feitas à gestão do esporte pelo ex-técnico do time de vôlei, Ricardo Najavas/ Foto: Glaucia Paulino/Oi Diário
Prefeitura de Mogi das Cruzes

O secretário de Esportes e Lazer de Suzano, Arnaldo Marin Junior, o Nardinho, participou nesta quarta-feira, 13, do “Café na Redação”, programa de entrevistas ao vivo do Jornal Oi. Era grande a expectativa em torno da participação de Nardinho no programa realizado no estúdio do Oi em razão das avaliações, considerações e críticas feitas à gestão do esporte em Suzano pelo ex-técnico do time de vôlei na cidade, Ricardo Najavas.

O técnico supercampeão esteve no “Café na Redação” na semana passada e, entre outras coisas, afirmou que secretários municipais (no caso o secretário de Esportes) tem ou deveriam ter tempo de validade e indicou que o prazo de validade de Nardinho já teria vencido.

Na entrevista que teve duração de aproximadamente 90 minutos o atual secretário de Esportes de Suzano correspondeu às expectativas do público que participou ativamente da conversa por meio do envio de perguntas e comentários.
Nardinho foi bastante elogiado pelos internautas que participaram da entrevista ao vivo e praticamente não recebeu críticas.

O chefe da pasta de Esportes de Suzano que participa da vida pública e política da cidade (como vereador e secretário municipal desde 1982) respondeu todos os questionamentos, defendeu o potencial de trabalho e os resultados do governo do prefeito Rodrigo Ashiuchi (PR) e assegurou que a Secretaria de Esportes tem trabalhado intensamente desde o início do ano passado.

A vontade política do atual prefeito

Arnaldo Marin Junior foi questionado sobre a afirmação de Navajas que sem a participação efetiva do prefeito, a cidade de Suzano não conseguirá os patrocínios (da iniciativa privada) de que precisa para retomar o projeto do vôlei que nos anos de 1990 levou o nome de Suzano para todo Brasil e para o mundo: “Sem vontade política do prefeito, a Arena Multiuso (que será inaugurada nos próximos 30 dias) não bastará para que a cidade volte a ter uma equipe de vôlei (ou de outra modalidade) de alto rendimento”, disse Navajas no “Café da Redação” realizado na quinta-feira, 7. Nardinho garantiu que o prefeito Ashiuchi já trabalha na busca de patrocínios para a nova equipe de vôlei de Suzano: “Essa (retomar o esporte de alto rendimento na cidade) é uma das metas do prefeito Ashiuchi que tem trabalhado muito para tornar a cidade de Suzano melhor.

Ele mantém guardado a sete chaves os contatos que tem mantido para viabilizar o projeto do vôlei e, a inauguração da Arena Multiuso terá papel decisivo nesse trabalho de captação que o prefeito está coordenando. Com a Arena inaugurada, o poder de argumentação do prefeito e o potencial da cidade vão se multiplicar e o meu sentimento é de que Suzano voltará a ser uma referência no esporte”, argumentou Nardinho que detalhou os diversos projetos que estão em andamento em sua pasta.

Afinal, quem acabou com o vôlei na cidade?

Nardinho também não fugiu do questionamento sobre quem seria o responsável pelo fim do projeto do vôlei em Suzano.

Nardinho recorreu as informações e revelações feitas pelo próprio Navajas. Na semana passada, ao participar do “Café na Redação”, Navajas revelou o seu arrependimento ao não ter dado continuidade ao projeto do vôlei de Suzano no ano (2005) em que o ex-prefeito Marcelo Candido assumiu o comando da Prefeitura. Nardinho lembrou que na entrevista da semana passada o técnico Navajas admitiu que foi por uma decisão dele que o vôlei terminou em Suzano.

Na entrevista do dia 7, Navajas destacou que o ex-prefeito Candido queria continuar investindo no vôlei (ao contrário do que setores da imprensa e do meio esportivo suzanense sustentaram por muitos anos), mas que a Prefeitura investiria cerca de 15% menos que o valor que era investido até o final de 2004. Navajas manifestou o seu arrependimento por não ter concordado em reduzir o investimento (da Prefeitura) e garantir a continuidade do projeto.

Para Nardinho, as revelações feitas por Navajas no “Café da Redação” não deixam dúvidas sobre quem ‘acabou’ com o vôlei em Suzano. Por conta da importância das informações e esclarecimentos prestados por Nardinho, o Oi da mesma forma que fez com a entrevista especial de Navajas, vai produzir diversas reportagens a partir da entrevista ao vivo do secretário. A íntegra da entrevista pode ser conferida no site e no Facebook do Oi Diário.