Na volta de Shamell, Mogi/Helbor bate Franca e vence quarta seguida
A noite marcou o retorno do ala Shamell Stallworth às quadras, agora vestindo a camisa 8, com incríveis 24 pontos/ Foto: Antonio Penedo/Mogi-Helbor

O Mogi das Cruzes/Helbor conquistou uma importante vitória em cima do Franca na noite dessa quinta-feira, 16, no Ginásio Municipal “Professor Hugo Ramos”. Com placar de 93 a 81, os mogianos tiveram a quarta vitória seguida no Campeonato Paulista.

No sábado, 18, o Mogi das Cruzes/Helbor enfrenta o Corinthians às 19 horas e na segunda, 20, às 20 horas, o Pinheiros. As duas partidas serão em casa. Veja venda de ingressos abaixo.

A noite marcou o retorno do ala Shamell Stallworth às quadras, agora vestindo a camisa 8, com incríveis 24 pontos. Além do destaque para o norte-americano, que foi aplaudido pela torcida presente no Hugão, JP Batista foi o cestinha da partida com 25 pontos e oito rebotes, Fabricio Russo marcou 13 pontos e Arhur Pecos quase fez um triplo-duplo, com 11 pontos, 11 assistências e oito rebotes.

“Foi um jogo de equipes grandes, que buscaram o resultado do jogo. O primeiro tempo foi um jogo que não teve dono e o segundo a gente conseguiu caracterizar mais e usar o fator quadra. Começaram a aparecer algumas qualidades individuais e isso foi determinante para uma vitória maiúscula que nos coloca para a briga do primeiro e do segundo lugar”, resumiu o treinador Guerrinha.

“Foi a melhor coisa quando eu entrei no jogo e a torcida bateu palma. Deu mais motivação para jogar mais. Foi uma ótima partida para as duas equipes, mas JP jogando desse jeito, deixa o meu trabalho e o de todo mundo fácil. Mais uma vitória para a gente, o que é mais importante, que deixa a gente mais próximo da briga pelos três melhores do Paulista. Foi maravilhoso por estar em casa e a galera gritou muito, empurrando a gente para mais uma vitória”, comemorou Shamell.

Para o craque da noite, com eficiência de 32 em quadra, a atuação individual não é o mais importante. “Fico feliz, mas todo jogador vai dizer que não joga pela estatística e eu sou desse tipo. Eu tenho que dar mérito aos meus companheiros e à comissão técnica que confiam no meu trabalho. Já tenho mais de uma década de carreira e estou tendo um início excepcional aqui em Mogi. Fico feliz em poder contribuir. Meu objetivo em quadra é esse e estou sendo dominante no garrafão, com percentual alto dentro de quadra. Vamos continuar trabalhando para manter o Mogi lá em cima”.

Ingressos

Os ingressos para o duelo contra o Corinthians (sábado) e contra o Pinheiros (segunda), ambos no Hugão, estão à venda no quiosque do time no Mogi Shopping e pelo site www.totalticket.com.br/mogi a R$ 10 para quem for com a qualquer camisa do Mogi das Cruzes/Helbor, estudante, professor, idoso, deficiente e funcionários das empresas patrocinadoras e da prefeitura de Mogi das Cruzes. O valor normal do bilhete é R$ 20.