Muito ruim? Secretário ‘indicado por Inha’ é criticado por vereadores e pelo governo
Um grupo de vereadores de Ferraz reuniram-se com o secretário de Saúde, Aloísio Lopes Priuli/ Foto: Divulgação
Prefeitura de Guararema Mirante

Nesta semana um grupo de vereadores reuniu-se com o secretário de Saúde de Ferraz, Aloísio Lopes Priuli.

Participaram do encontro os vereadores Alvaro Costa Vieira (PSL), o Kaká, Antonio Marcos Atanazio (MDB), o Marcos BR, Renato Ramos de Souza (PPS), o Renatinho Se Ligue e Claudio Roberto Squizato (PSB).

De acordo com informações transmitidas pela mesa diretiva do Legislativo, o secretário e os vereadores ‘conversaram’ sobre os vários, graves e aparentemente crônicos problemas do sistema de saúde em Ferraz.

Os temas relacionados à estrutura física da maioria das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), entre elas, as das Vilas Jamil e Santo Antônio.

A primeira apresenta infiltrações e vazamentos e, por isso, o prédio alugado na rua Moreira Neto necessita passar por reforma urgente. Já a segunda sofre com a onda de vandalismo, ou seja, com a falta de segurança.

O maior drama entretanto seria com a situação da UBS Antônio Nhan, no Jardim Luiz Mauro, que também responde pela Estratégia da Saúde da Família (ESF). Hoje, o prédio está fechado para reforma e o atendimento ocorre num espaço provisório alocado na rua Senador José Ermírio de Moraes, 270, no Cidade Kemel. O que chama a atenção é o fato de que nem na informação oficial da Câmara sobre essa reunião, constam detalhes sobre como os problemas serão resolvidos.

Fontes ouvidas pela reportagem do Oi Diário observaram que o novo secretário de Saúde teria sido indicado ao prefeito Zé Biruta pelo presidente da Câmara, o Inha.

Ainda de acordo com informações do governo e de vereadores, o novo secretário não estaria à altura dos desafios que precisam ser resolvidos na saúde em Ferraz. Com a palavra o secretário, o presidente da Câmara e o governo Biruta.