Mostra reúne obras de usuários do serviço de Saúde Mental em Arujá
Atualmente a equipe do CAPS desenvolve oficinas terapêuticas de artes plásticas, crochê, pintura em tecido, meditação e relaxamento, lãs e linhas / Foto: Divulgação

O Ambulatório de Saúde Mental de Arujá promove entre esta terça e sexta-feira (15 e 18) a 8ª Mostra de Oficinas Terapêuticas, que reúne trabalhos de arte feitos pelos usuários do serviço. Com o tema “Cuidar sim, aprisionar jamais”, a exposição pode ser conferida na rua Prestes Mais, 76, na Vila Riman, das 8 às 16 horas.

O evento realizado anualmente comemora a Luta Antimanicomial no Brasil e é aberto ao público em geral. Quem comparecer poderá conferir pinturas, desenhos, crochê, artes plásticas, bonecas de pano e outras obras.

“Na Mostra nós reunimos tudo aquilo que trabalhamos com os usuários no dia a dia das oficinas terapêuticas, algo muito diferente do que se viu no Brasil em décadas passadas, quando existiu uma política de exclusão destas pessoas”, afirma a psicóloga e coordenadora de Saúde Mental e do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS II) de Arujá, Zenaide Alves.

Atualmente a equipe do CAPS desenvolve oficinas terapêuticas de artes plásticas, crochê, pintura em tecido, meditação e relaxamento, lãs e linhas. O serviço é da Secretaria Municipal de Saúde. Outras informações sobre o serviço e a Mostra podem ser obtidas no telefone 4655 1550.