Sistema de monitoramento pode fortalecer combate à criminalidade

0
174
Sistema de monitoramento fortalece política de segurança pública em Arujá
Sistema de monitoramento fortalece política de segurança pública em Arujá

Com 30 câmeras espalhadas em diversos pontos da cidade, a Central Integrada de Monitoramento Eletrônico tem contribuído para o trabalho de combate à criminalidade e prevenir de segurança pública e pode ter uma eficácia ainda maior a partir da colaboração de moradores com o registro de denúncias de atitudes suspeitas.

É o que afirma o comandante da Guarda Municipal, José Carlos da Silva, que considera o sistema de monitoramento “um importante instrumento de combate à criminalidade e acompanhamento de ocorrências e suspeitas notificadas pelos moradores ou flagradas pelos próprios guardas”.

Para relatar ações de natureza criminosa, a população pode entrar em contato com a Guarda Municipal. Caso o incidente ocorra em local monitorado, o sistema irá somar ao trabalho de combate e prevenção à violência. Os telefones disponíveis são: 4653 4972 e 153 (emergência).

Contudo, o comandante deixa claro que a corporação ajuda no acompanhamento de ações suspeitas por meio do monitoramento. As câmeras estão instaladas na região central da cidade e em locais com grande circulação de pessoas, como o bairro Parque Rodrigo Barreto, que possui equipamentos em alguns pontos.

“A melhora na questão da segurança pública é um dos maiores pedidos da população. Nosso sistema de monitoramento vai de encontro com o que a população deseja: mais segurança e eficiência contra a criminalidade. Com a colaboração de todos, vamos conseguir avançar muito mais”, destacou o secretário de Governo e Serviços Leandro Larini, que em visita à Central Integrada conheceu os novos equipamentos, bem como o seu funcionamento.

Ocorrências

No mês passado, uma câmera instalada na Avenida dos Expedicionários foi fundamental para evitar o furto a uma joalheria localizada no centro da cidade. Graças ao equipamento, toda a ação do suspeito pôde ser acompanhada pela Central de Monitoramento. Na ocasião, três homens foram presos.

De acordo com o guarda Josué Melo da Silva, além desse ocorrido, as câmeras já ajudaram em outros casos, envolvendo furto, assalto a ônibus e acidentes entre veículos. “Através do sistema, podemos detectar e registrar ocorrências e rapidamente tomar as medidas providenciais”, disse.

Ao participar de uma reunião do Conselho Municipal de Segurança (Conseg) em março, o prefeito José Luiz Monteiro abordou o aperfeiçoamento do sistema de monitoramento como uma das ações a serem adotadas pela atual administração. Segundo o comandante Silva, a Guarda tem realizado estudos junto à Prefeitura para ampliar o serviço com novas instalações.​


CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK


 

DEIXE SEU COMENTÁRIO