Mogi comemora o fim das baldeações na CPTM: “Doria cumpriu o que prometeu em menos de 100 dias”, destaca Marcus Melo
Ao lado do prefeito Marcus Melo e de autoridades, o governador esteve na estação central do município para falar do fim das transferências entre trens que prejudicava diariamente mais de 100 mil usuários da CPTM na região do Alto Tietê/Foto: Ney Sarmento
Prefeitura de Mogi das Cruzes

O governador João Doria (PSDB) acabou de uma vez por todas, nesta terça-feira, 9, com as baldeações para os passageiros da linha 11 – Coral da CPTM.

A partir de agora, todos os trens farão o percurso direto entre as estações Estudantes e Luz, sem a necessidade da troca de composição em Guaianases.

Ao lado do prefeito Marcus Melo e de autoridades, o governador esteve na estação central do município para falar do fim das transferências entre trens que prejudicava diariamente mais de 100 mil usuários da CPTM na região do Alto Tietê.

“Com este ato, nós acabamos com a baldeação. Trabalhadores, estudantes e usuários que sofreram ao longo de mais de uma década, agora vão ter uma linha direta, expressa, sem baldeação. Era um compromisso de campanha e, mais do que tudo, um compromisso do Governo de São Paulo, da prefeitura de Mogi das Cruzes e daqueles que representam esta região de fazer aquilo que é necessário. Hoje, estamos completando 99 dias de governo e cumprimos o nosso compromisso”, afirmou Doria, que também anunciou a entrega de três novos trens.

O fim da baldeação em Guaianases atende uma antiga reivindicação de Mogi das Cruzes, que lutava há cerca de 20 anos para ter o Expresso Leste em todos os horários atendendo a cidade. O trecho da Linha 11 entre as estações Estudantes e Guaianases transporta cerca de 200 mil passageiros / dia.

“O atendimento do Expresso Leste em todos os horários é uma conquista para a cidade. É um momento de agradecer ao governador João Doria, que cumpriu o seu compromisso com a cidade em menos de 100 dias. Este é um serviço que permite ao trabalhador que se desloque no seu dia a dia com mais conforto e rapidez”, destacou Marcus Melo.

Em outubro de 2017 e em agosto de 2018, o prefeito já havia cobrado da CPTM sobre a ampliação do Expresso Leste e melhorias nas estações de Mogi das Cruzes, em reuniões na sede da companhia, em São Paulo.

Já em 17 de janeiro, o fim da baldeação foi discutido em uma reunião entre o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, o prefeito Marcus Melo, o deputado federal Marco Bertaiolli e o presidente da Câmara Municipal, Sadao Sakai.

Em 4 de fevereiro, a CPTM começou a oferecer viagens diretas de segunda a sexta-feira, das 9 às 15 horas, e aos sábados e domingos em toda a operação. Este trabalho é completado nesta terça-feira, com o atendimento em todos os horários.

Estação 

Durante o evento, o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, falou também sobre as obras da nova Estação Mogi das Cruzes da CPTM. O projeto faz parte das ações de requalificação da região da praça Sacadura Cabral.

“Todas as estações passaram pelo reconhecimento em seus projetos, seja de acessibilidade, seja de melhorias e incorporações. O governador nos deu a orientação para que fizéssemos a busca por recursos da iniciativa privada e estamos apresentando, inclusive, a estação aqui de Mogi das Cruzes para que possamos fazer a melhoria, a requalificação e, é claro, entregar uma estação de embarque e desembarque com melhor qualidade ao passageiro”, afirmou Baldy.

A prefeitura está iniciando as obras de requalificação do entorno, que compreendem melhorias nas praças Sacadura Cabral e Oswaldo Cruz, além da construção de uma nova praça no outro lado da linha férrea. O investimento é de R$ 3,9 milhões e já estão sendo realizados os estudos finais para o início das obras.

“A Estação Mogi das Cruzes é também uma demanda da cidade, que buscamos. Temos certeza que o Governo do Estado está buscando meios para viabilizar as obras para que possamos oferecer ainda mais qualidade para os mogianos que utilizam os trens”, disse Marcus Melo.

Também participaram da cerimônia, o presidente da CPTM, Pedro Tegon Moro, o deputado federal Marco Bertaiolli, os deputados estaduais Estevam Galvão, Marcos Damásio, André do Prado e Rodrigo Gambale, além de vereadores, prefeitos da região e outras autoridades.