Prefeitura de Mogi

Uma vistoria prevista para esta quinta-feira, 26, às 10 horas, deverá decidir sobre a liberação da rodovia Mogi-Bertioga para o trânsito de veículos.

A definição foi tomada na manhã dessa quarta-feira, 25, em São Paulo, durante uma reunião do secretário estadual de Logística e Transportes, Mário Mondolfo, com o prefeito Marcus Melo (PSDB), que também teve a presença do deputado estadual Marcos Damásio e de vereadores. “Nosso pedido é para a liberação imediata da rodovia Mogi-Bertioga, desde que haja certeza absoluta que não há nenhum risco para os motoristas. Combinamos uma vistoria no local onde aconteceu o deslizamento e onde está sendo construído o muro para que seja feita uma análise com o Departamento de Estradas de Rodagem, o Instituto Geológico e a Defesa Civil do Estado para verificar a possibilidade de liberação já para este final de semana”, disse Marcus Melo.

O prefeito lembrou que o fechamento da rodovia, que está interditada há cerca de duas semanas por causa da queda de barreira e pedras, vem trazendo problemas para a região, principalmente para os moradores, comerciantes e estudantes que necessitam se locomover entre Mogi das Cruzes e o litoral.

O secretário estadual destacou que o DER vem realizando obras para a retirada do material que desceu para a pista e o que ficou solto na serra, além de ações para contenção da encosta. Neste caso, o trecho está recebendo a reconstrução do muro de gabião que protege a rodovia.

“O DER continua trabalhando para a liberação das pistas, as obras estão bastante adiantadas e dependendo do resultado destas vistorias vamos liberar o tráfego, voltando a frisar que só vamos liberar o tráfego quando a gente tiver risco zero de ocorrer qualquer tipo de problema lá”, afirmou Moldolfo. Leia mais ao lado.