‘Minas Gerais também está dominada’? Estado registra 89 ônibus incendiados em 34 cidades
Coletivo 8207 foi queimado na noite desta quinta-feira em BH / Foto: Reprodução/TV Globo
Vai Encarar ?

A Polícia Militar já contabiliza 89 ataques a ônibus, em 34 cidades desde o dia 3 de junho. Os mais recentes ocorreram na noite de quinta-feira no bairro Maria Gorete, em Belo Horizonte, às 23h13, e em Passa Quatro, no sul de Minas, às 19h30. Desde o dia 6, foram registrados 29 ônibus incendiados.

Até quinta-feira, 51 pessoas foram presas e 22 adolescentes, apreendidos, por suspeitas de envolvimento com os ataques. O procedimento adotado pelos criminosos nos ataques de ontem foi similar aos dos anteriores, com os bandidos.

De acordo com o governador Fernando Pimentel, os atentados foram feitos por “facções criminosas”, em resposta ao fato de Minas Gerais ter “um dos sistemas penitenciários mais rigorosos do país”.

Procurada pela Agência Brasil, a Secretaria de Administração Prisional informou que as forças de segurança de Minas estão trabalhando “diuturnamente”, de forma integrada, contando inclusive com a colaboração da Polícia Federal, além da própria administração prisional, de forças estaduais, da Secretaria de Segurança Pública e do Gabinete Militar do Governador.

Policiais militares estão à paisana em ônibus e pontos de ônibus para conter ações e identificar suspeitos. Além disso, o policiamento foi reforçado em cidades que já passaram por ações de segurança ou que tiveram demandas oriundas de informação da inteligência do sistema de segurança.