O prefeito Marcus Melo (PSDB) participou, no final da tarde dessa quarta-feira, 22, de uma audiência com o ministro dos Esporte, Leonardo Picianni.

Durante o encontro, foram discutidos investimentos federais para Mogi das Cruzes, com o desenvolvimento de programas como o Segundo Tempo e Seleções do Futuro, que buscam o incentivo à prática esportiva.

A audiência foi agendada com a participação do deputado federal Baleia Rossi e também contou com a presença do vereador Mauro Araújo, ambos do PMDB. “A reunião foi bastante positiva. A prática de esporte é importante para a formação dos nossos jovens e também auxilia na melhoria da saúde e qualidade de vida para adultos e idosos. Temos vários projetos que vão beneficiar os mogianos e contamos com a participação do Governo Federal para colocá-los em prática”, destacou Marcus Melo.

Entre os assuntos discutidos está a implementação do programa Segundo Tempo em Mogi das Cruzes. A proposta desenvolvida pela prefeitura foi classificada na primeira colocação no estado de São Paulo.

O investimento para o programa seria de R$ 733 mil, sendo R$ 718,5 mil provenientes do Ministério do Esporte e o restante em contrapartida municipal.

Pela proposta, o programa teria sete núcleos, que trabalharão com modalidades como futsal, capoeira e atletismo. As atividades seriam implantadas na Praça da Juventude, Vila Jundiaí, Vila Cintra, Jundiapeba, Jardim Piatã, Jardim Margarida e Jardim Aeroporto. A capacidade de atendimento será de 700 crianças e jovens, com idades entre 7 e 17 anos.

De acordo com a proposta, o programa terá duração de dois anos, sendo um prazo de seis meses para sua implementação. Também foi discutida a vinda para Mogi das Cruzes do programa Seleções do Futuro, voltado ao incentivo à prática de futebol.

O projeto prevê a implantação de cinco núcleos de treinamento de base, voltados a crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, alunos da rede pública de ensino. A proposta prevê investimento de R$ 834 mil, entre recursos federais e contrapartida municipal.

 

Regularização de repasses para a Pelc é cobrada pelo prefeito

 

O prefeito de Mogi também aproveitou a audiência para agradecer ao ministro a regularização dos repasses para o Programa de Esporte e Lazer da Cidade (Pelc).

O Governo Federal já fez pagamento da parcela que faltava da execução do programa, no valor de cerca de R$ 900 mil. Durante este ano, a prefeitura chegou a arcar com os custos com recursos próprios.

O Pelc é uma parceria entre a prefeitura mogiana e o Ministério do Esporte. Ao todo, em Mogi, são dez núcleos e sete subnúcleos em diversas regiões da cidade.

Cada unidade tem capacidade para atender até 400 pessoas, totalizando 4.000 participantes. Os repasses do governo federal estariam atrasados.

 

Centro de Iniciação ao Esporte será construído no Parque Leon Feffer

 

A prefeitura e o Ministério dos Esportes também trabalham para a implantação de um Centro de Iniciação ao Esporte, que será construído no Parque Leon Feffer, em Braz Cubas.

O processo de licitação está em andamento, na administração municipal. O investimento previsto para a obra é de R$ 5,4 milhões, sendo R$ 3,8 milhões provenientes de repasse federal e R$ 1,6 milhão de contrapartida do município. O objetivo é que o espaço estimule a formação de novos atletas.

 


 

CLIQUE AQUI PARA SEGUIR NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS NOTÍCIAS SOBRE MOGI DAS CRUZES