O vice-presidente do PSD Estadual, Marco Bertaiolli, esteve em Brasília, nessa quarta-feira, 21, para uma reunião no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

O encontro contou com a presença de 27 prefeitos que têm interesse em participar do Programa Internet Para Todos, assim como já ocorreu na Região do Alto Tietê, inclusive Mogi das Cruzes. “Foi explicado o passo a passo para a adesão deste programa, que é fundamental para os municípios.

O ministro Gilberto Kassab, com este projeto, oferece um salto de qualidade e eficiência às administrações e às cidades mais distantes, com menos infraestrutura”. Os municípios interessados devem fazer a adesão através de um ofício até o próximo dia 28 e encaminhar o documento para o Ministério com um endereço eletrônico para que recebam a senha e acessem o site para a adesão.

Os primeiros convênios para implantação do programa devem ser assinados com as prefeituras em março, o que permitirá que as antenas para conexão à internet sejam instaladas a partir de maio. A expectativa é que as empresas tenham condições de instalar até 200 antenas por dia.

O objetivo é ampliar e democratizar o acesso dentro das cidades através da conexão de banda larga, mais rápida e eficaz, cobrindo inclusive as chamadas “áreas de sombras”. A iniciativa é do governo federal e visa levar conectividade a localidades brasileiras por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), lançado ao espaço em maio de 2017.

Com R$ 3 bilhões em investimentos, o SGDC tem capacidade para cobrir todo o território brasileiro e ficará em operação por 18 anos. “A internet é uma realidade cada vez mais presente e os municípios precisam estar conectados, garantindo, inclusive, uma maior eficiência de acessos e serviços para a população”, destaca Bertaiolli, que tem participado de diversas reuniões em todo o Estado. “Dentro do partido, temos a função de dinamizar as administrações, discutindo e buscando recursos”, salienta o coordenador.

Nessa quarta-feira Junji Abe foi empossado  como deputado federal em Brasília, mas não aparece na foto e nem é citado no balanço da reunião de Kassab com Bertaiolli que é pré-candidato a deputado federal por Mogi.