Prefeitura de Mogi das Cruzes

As ações sociais desenvolvidas ao longo dos cinco anos de sua instalação em Suzano levaram a Faculdade Piaget a ser reconhecida com o título de “Empresa Cidadã”. A instituição de ensino superior recebeu homenagem em sessão solene na Câmara de Suzano.

O autor da homenagem é o vereador Rogério Gomes do Nascimento (PRP), o Rogério da Van, que, em seu discurso, destacou os trabalhos realizados pela faculdade em prol da comunidade e que extrapolam a área acadêmica e, assim, alcançam um grande número de pessoas.

O prefeito de Suzano, Rodrigo Ashiuchi (PR), que prestigiou a solenidade, classificou a homenagem como justo reconhecimento às ações da instituição em Suzano. Ele também destacou a parceria do poder público municipal com a faculdade em várias frentes, como estudantes dos cursos de Saúde que estagiam na Santa Casa, e com isso oferecem um importante suporte, e parcerias em diversas áreas, como esportiva, educacional e social. “A Piaget é uma grande parceira da cidade de Suzano”, frisou.

Depois de receber a placa com o título de “Empresa Cidadã”, a presidente da UniPiaget Brasil, mantenedora da Piaget, Lucia Marques Pereira, e o diretor-geral da instituição, Marcus Vinicius Heberst Rodrigues, fizeram questão de contar a história da faculdade no município, do início do projeto, em 2007, até os dias atuais.

“Chegar até aqui não foi fácil. Este foi um dos projetos mais difíceis. Passamos por muitas injustiças. Mas, contra tudo e contra todos, não desistimos e hoje somos grandes vencedores”, revelou a presidente. A Piaget de Suzano é a única instalada no Brasil pelo Instituto Piaget de Portugal, que tem outras unidades universitárias em funcionamento em países de Língua Portuguesa e mais de 20 mil alunos formados em 38 anos de história.
Marcus Rodrigues também lembrou os obstáculos no início das atividades acadêmicas, mas destacou o potencial da instituição e a concretização do projeto, que neste ano de 2018 completa apenas 5 anos de funcionamento, com o reconhecimento dos cursos pelo Ministério da Educação, a formatura e entrega de diplomas das primeiras turmas, a ampliação de sete para 14 opções de graduação e a inserção cada vez maior da Piaget na comunidade por meio de ações sociais e prestação de serviços.