Ao longo do mês de março, a Secretaria de Saúde realiza a Campanha de Mobilização e Comunicação para a vacinação do Adolescente contra HPV e Meningite. O objetivo é reforçar as indicações já estabelecidas na rotina de vacinação. A vacinação de adolescentes proporciona proteção direta, impedindo o deslocamento do risco de doença para os grupos etários.

A orientação do setor de Vigilância Epidemiológica de Guararema é para que os pais ou responsáveis que possuam filhos entre 9 e 14 anos (meninas) e de 11 a 14 anos (meninos) com carteira vacinal desatualizada devem procurar a UBS mais próxima de seu bairro, munido com o documento de identidade do adolescente e a carteira de vacinação. Desta forma, o jovem receberá as vacinas contra HPV e Meningite e as demais que forem necessárias, conforme a situação vacinal.

 

Vacina contra o HPV

A vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) é indicada para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

Tem como função prevenir o câncer do colo do útero, os cânceres de pênis, cânceres de boca, orofaringe, bem como verrugas genitais em ambos os sexos.

 

Vacina contra a Meningite

A vacina de proteção à meningite é indicada para os adolescentes de 11 a 14 anos. Evidências apontam para a necessidade da administração de doses de reforço com as vacinas meningocócicas conjugadas na adolescência para garantir a proteção nessa fase da vida.

Nos adolescentes, as vacinas meningocócicas demonstram associar-se a uma robusta resposta imune, com persistência de títulos de anticorpos protetores por um prolongado período, garantindo assim, a proteção de significativa proporção desses adolescentes vacinados até a idade adulta, com diminuição das taxas de incidência da doença em condições endêmicas.