Cerca de 3,8 mil alunos da rede municipal voltaram às aulas nessa quarta-feira, 7, nas 23 escolas municipais. No primeiro dia letivo de 2018, os professores receberam os alunos com os novos materiais escolares compostos por mochilas, cadernos, estojos, lápis e canetas e os livros do Sistema de Ensino Poliedro.

Durante o período de férias escolares a Secretaria Municipal de Educação promoveu reformas de adaptação e conservação de prédios de algumas escolas de ensino municipal. Além disso, algumas unidades passaram por uma reestruturação no atendimento. O objetivo das mudanças é de melhorar a estrutura oferecida aos alunos e profissionais.

Entre as reformas realizadas, a Escola Municipal “José Donizete de Paiva”, no Guanabara, recebeu comunicação visual padrão da rede municipal de ensino, que tem o objetivo de contribuir para a integração do ambiente aos conteúdos programáticos, estimular a criatividade dos alunos e reafirmar valores de pluralidade cultural e respeito à diversidade, além de contar com pequenos reparos.

Já a Escola Municipal “Maria da Conceição Magalhães”, do Jardim Luiza, além de receber a comunicação visual padrão, passou por obras de adaptação para formato de Educação Infantil e desde o dia 29 de janeiro passou a receber os alunos de 0 a 5 anos da localidade (Jardim Luiza) e do Guanabara.

“Foram adequações necessárias para manutenção dos prédios e atendimento com qualidade aos nossos alunos, seguindo o padrão da rede municipal. Fizemos todas as intervenções durante o período de férias justamente para não atrapalhar a rotina escolar. A reestruturação na rede também foi motivada pelo melhor atendimento. Agora os alunos iniciam mais um ano letivo com toda estrutura e qualidade de ensino que precisam”, disse o prefeito Adriano Leite (PR), que acompanhou o primeiro dia de aula em algumas unidades.