Prefeitura de Mogi das Cruzes

O prefeito de Itaquá, Mamoru Nakashima (PSDB), foi reeleito em outubro de 2016 e desde que assumiu para o segundo mandato (em janeiro de 2017) insiste que uma das prioridades deste ‘novo’ mandato é melhorar a qualidade do transporte coletivo e isso só poderia acontecer com a realização de uma concorrência pública.

De acordo com Mamoru o contrato entre a prefeitura a empresa CS Brasil (renovado-prorrogado em 2008) era/é favorável a empresa pois não permite que a prefeitura exija melhorias significativas na prestação do serviço.

Ainda de acordo com o prefeito reeleito o serviço prestado pela CS Brasil seria precário e somente a partir de uma nova licitação poderia mudar o atual cenário que é desfavorável aos usuários.

Neste início de 2018 a reportagem do Oi cobrou do governo de Mamoru o andamento do estudo prometido no ano passado para definir o melhor modelo de serviço de transporte público a ser licitado.

Confira abaixo (na integra) as perguntas do Oi e respostas do governo que, desde o final de 2017, tomou a iniciativa de ‘reforçar a fiscalização’ aos serviços prestados pela CS Brasil. Os vereadores, que em sua maioria seguem as determinações do prefeito e do governo, também anunciaram a disposição de fiscalizar o transporte coletivo municipal em Itaquá, denunciar os problemas e cobrar melhorias.

Jornal Oi: O estudo anunciado pelo prefeito para definir os critérios e regras para a concorrência pública do transporte coletivo em Itaquá já foi contratado? Já foi executado? Já foi finalizado? Quais os resultados parciais ou finais desse estudo? Qual empresa fez o estudo? Qual o custo?
Governo de Itaquá: O estudo já está sendo realizado pela equipe de engenharia de tráfego da Secretaria Municipal de Transportes da própria Prefeitura.

Jornal Oi: Se esse estudo ainda não foi contratado ou não foi realizado, qual é o cronograma do governo para a execução e finalização desse estudo?
Governo de Itaquá: Esse estudo deve ser concluído até junho.

Jornal Oi: Qual é o cronograma do governo de Itaquá a partir do dia 1º de fevereiro para a abertura da concorrência no transporte público?
Governo de Itaquá: A licitação deve ser aberta no segundo semestre de 2018.

Jornal Oi: Até qual data vai o contrato com a CS Brasil? Qual é hoje o valor da tarifa? Qual foi o pedido de reajuste da tarifa? O prefeito atendeu ou vai atender quando o pedido da empresa para reajustar?
Governo de Itaquá: O contrato termina em dezembro de 2018, a tarifa hoje é de R$ 4,10 e solicitado R$ 4,73. O prefeito considera o valor inviável e não há acordo.

Jornal Oi: Em 2017 quantas pessoas foram transportadas nas linhas municipais do transporte em Itaquá? Quantos foram pagantes e quantos não foram gratuitos?
Governo de Itaquá: Em torno de 1,5 milhões de passageiros por mês.